O Antagonista

Uma pulga desempregada atrás da orelha com o IBGE de Pochmann

avatar
Otávio Augusto
2 minutos de leitura 31.01.2024 10:30 comentários
Economia

Uma pulga desempregada atrás da orelha com o IBGE de Pochmann

Taxa de desemprego ficou em 7,4% no trimestre encerrado em dezembro de 2023, de acordo com o IBGE, mas o esperado era 7,6%

avatar
Otávio Augusto
2 minutos de leitura 31.01.2024 10:30 comentários 6
Uma pulga desempregada atrás da orelha com o IBGE de Pochmann
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), comandado por Marcio Pochmann, divulgou a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua).

A taxa de desemprego ficou em 7,4% no trimestre encerrado em dezembro de 2023. O esperado era 7,6%, contra a taxa anterior de 7,5%.

Com as recentes controvérsias de Pochmann, a aparente boa notícia deixou uma pulga atrás da orelha.

A mais recente confusão envolve a inflação. A divulgação do resultado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA 15) em janeiro foi antecipado em uma hora na última sexta-feira (26). O dado vazou às 8h, antes do horário oficial das 9h.

O IBGE justificou que um problema técnico adiantou o processo.

“O IBGE relata que, diante de um problema técnico computacional de horários em seus equipamentos servidores, este processo, que é automático, acabou sendo adiantado em uma hora”, afirmou o instituto na ocasião.

Era Pochmann

O IBGE é comandado desde agosto por Pochmann, indicado pelo presidente Lula.

A escolha gerou severas críticas de analistas que enxergam no economista um perfil intervencionista demais para a função de presidente do IBGE.

A indicação — muito mais uma imposição de Lula — causou desconforto no governo e incomodou os ministros Fernando Haddad (Fazenda) e Simone Tebet (Planejamento e Orçamento).

Nos bastidores, eles consideram Pochmann um ideólogo radical e temem que isso atrapalhe a política econômica do governo.

Antes de ingressar no órgão, o economista esteve à frente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) de 2007 a 2012.

O ideólogo desenvolvimentista critica o que chama de “deformas” trabalhista e previdenciária, o “receituário neoliberal” do Banco Central e a “privatização neoliberal” da Eletrobras — quatro fatores de melhora da nota de crédito do Brasil.

O presidente do instituto é um defensor do aumento de gastos públicos, com esse histórico, turbinou a preocupação não só em relação à responsabilidade fiscal, mas também à manipulação de dados.

Leia mais:

Marcio Pochmann, um radical até entre os heterodoxos

Meu heterodoxo favorito

Esportes

Corinthians é eliminado do Paulistão após vitória da Inter de Limeira

02.03.2024 23:06 2 minutos de leitura
Visualizar

Navalny: o sopro de liberdade que desafia Putin

Catarina Rochamonte Visualizar

Confira os adversários de Grêmio e Inter nas quartas de final do Gauchão

Visualizar

Augusto Melo confirma que dívida do Corinthians com Rojas é de R$ 8 milhões

Visualizar

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Visualizar

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

Visualizar

Tags relacionadas

governo Lula IBGE Márcio Pochmann Pnad Contínua
< Notícia Anterior

STF julga revisão da vida toda do INSS: aposentados podem ter salário aumentado

31.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Índice de corrupção: Gilmar acha que não é bem assim

31.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Otávio Augusto

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (6)

Heitor M Picchioni

2024-01-31 14:06:25

Está claro que o objetivo do “criativo pupilo do establishment” Pochmann, é fazer a inflação e o desemprego ficarem pela metade bem como o emprego dobrar,não importa os números. Basta saber fazer conta de divisão e multiplicação, ex: inflação e desempregos de 10% viram 5%, geração de empregos de 5% vira 10% e assim por diante. Exemplifiquei em números, para melhor compreensão dos mortadelas.


Marian

2024-01-31 12:00:38

Os fatos falam por si. A realidade é cuspida na nossa cara todos os dias.


Jurandir Santana

2024-01-31 11:57:46

Só mais um que não dá pra acreditar


AEC

2024-01-31 11:31:38

Só vemos uma coleção de mentiras,!


saul simoes junior

2024-01-31 11:01:19

Alguém acredita nos índices do IBGE com Lula/Pochmann? Está igual ao gráfico do Sauro!


EUD

2024-01-31 10:55:15

Quem For Do Agrado De lula, Boa Coisa, Não Deverá Ser !!!!!!!!!


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Calendário PIS/PASEP 2024: saiba quem tem direito e como consultar o benefício

Calendário PIS/PASEP 2024: saiba quem tem direito e como consultar o benefício

02.03.2024 12:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Aberto Concurso Público da NOVACAP com 480 vagas em diversas áreas!

Aberto Concurso Público da NOVACAP com 480 vagas em diversas áreas!

02.03.2024 11:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
PIS/Pasep: saiba como ter direito e como receber o abono salarial

PIS/Pasep: saiba como ter direito e como receber o abono salarial

02.03.2024 11:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Simples Nacional: Mais de 650 mil Micro e Pequenas Empresas Incluídas em 2024

Simples Nacional: Mais de 650 mil Micro e Pequenas Empresas Incluídas em 2024

02.03.2024 11:00 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.