Pela segunda semana, CCJ adia votação do PL do novo DPVAT Pela segunda semana, CCJ adia votação do PL do novo DPVAT
O Antagonista

Pela segunda semana, CCJ adia votação do PL do novo DPVAT

avatar
Wesley Oliveira
3 minutos de leitura 30.04.2024 11:08 comentários
Brasil

Pela segunda semana, CCJ adia votação do PL do novo DPVAT

Senador Davi Alcolumbre (União-AP) concedeu vista de uma semana para que o integrantes do colegiado analisem o relatório do senador Jaques Wagner (PT-BA)

avatar
Wesley Oliveira
3 minutos de leitura 30.04.2024 11:08 comentários 0
Pela segunda semana, CCJ adia votação do PL do novo DPVAT
Senador Davi Alcolumbre, presidente da CCJ | Foto: Pedro França/Agência Senado

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Davi Alcolumbre (União-AP), adiou nesta terça-feira, 30 a votação do projeto que determina a volta da cobrança do DPVAT. O senador concedeu vista de uma semana para que o integrantes do colegiado analisem o relatório do senador Jaques Wagner (PT-BA).

O projeto prevê a retomada do seguro para cobrir indenizações a vítimas de acidentes de trânsito, agora com nome de Seguro Obrigatório para Proteção de Vítimas de Acidentes de Trânsito (SPVAT). Como mostramos, proposta vai garantir a entrada de R$ 15,7 bilhões no caixa do governo ainda neste ano.

Para viabilizar a votação, o Palácio do Planalto fechou um acordo que vai transferir R$ 3,6 bilhões do montante arrecadado para as emendas parlamentares. O texto já foi aprovado pela Câmara dos Deputados.

“Eu, para evitar esse problema de questões regimentais, que acabou que deu uma embaralhada geral nessas decisões de tira e coloca, tira e coloca [urgência], eu vou conceder vista pelo prazo regimental como se nós não estivéssemos em regime de urgência constitucional, que aí eu atendo todo mundo”, afirmou Alcolumbre.

O que é o novo DPVAT?

O DPVAT foi extinto em 2021, no governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), quando a cobrança das indenizações foi zerada e os pagamentos, feitos com o saldo dos anos anteriores. Porém, a reserva acabou em novembro de 2023, quando o repasse das indenizações foi suspenso para quem sofreu consequências de acidentes a partir do dia 15 de novembro de 2023.

Segundo o governo, o projeto do novo DPVAT visa garantir a verba necessária para a continuação de novas indenizações por morte, invalidez permanente e reembolso reabilitação profissional após invalidez parcial e serviços funerários.

O novo modelo restringe ressarcimento por assistências médicas e suplementares, inclusive fisioterapia, medicamentos, equipamentos ortopédicos, órteses e próteses. Nesse caso, só haverá reembolso se o tratamento não estiver disponível pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na cidade onde mora a vítima do acidente.

O valor da indenização será definido pelo Conselho Nacional de Seguros Privados e, para receber, o beneficiário deverá apresentar documentos que comprovem o acidente e os danos sofridos. Depois disso, o operador do seguro terá até 30 dias para efetuar o pagamento. O valor será corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação, caso ultrapasse esse prazo. 

Esportes

Onde assistir Criciúma x Bahia: confira detalhes da partida

23.05.2024 12:20 2 minutos de leitura
Visualizar

Segurança impede ataque durante revezamento da tocha em Bordeaux

Visualizar

Crusoé: Mileipalooza

Visualizar

Onde assistir Cagliari x Fiorentina: confira detalhes da partida

Visualizar

13º antecipado para aposentados: impulso na economia

Visualizar

Meio-Dia em Brasília: Após Moro, Deltan tem chances de ir ao Senado?

Visualizar

Tags relacionadas

CCJ do Senado Davi Alcolumbre DPVAT Jaques Wagner seguro
< Notícia Anterior

Concurso TRF 2 aberto: saiba tudo sobre as oportunidades

30.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Meio-Dia em Brasília: Haddad continua lendo livros

30.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wesley Oliveira

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

13º antecipado para aposentados: impulso na economia

13º antecipado para aposentados: impulso na economia

23.05.2024 12:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Um outro projeto de trem para São Paulo

Um outro projeto de trem para São Paulo

23.05.2024 11:42 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Concurso ISS na Prefeitura de Itaobim: salário inicial de R$ 1.412

Concurso ISS na Prefeitura de Itaobim: salário inicial de R$ 1.412

23.05.2024 11:37 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Semana do MEI 2024: capacitação e sucesso com Sebrae

Semana do MEI 2024: capacitação e sucesso com Sebrae

23.05.2024 11:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.