Governo tenta acordo para manter veto a emendas parlamentares Governo tenta acordo para manter veto a emendas parlamentares
O Antagonista

Governo ainda tenta acordo para manter veto a emendas parlamentares

avatar
Wesley Oliveira
3 minutos de leitura 18.04.2024 13:50 comentários
Brasil

Governo ainda tenta acordo para manter veto a emendas parlamentares

A sessão conjunta de deputados e senadores está marcada para a próxima quarta-feira, 24

avatar
Wesley Oliveira
3 minutos de leitura 18.04.2024 13:50 comentários 0
Governo ainda tenta acordo para manter veto a emendas parlamentares
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O líder do governo no Congresso, Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), afirmou nesta quinta-feira, 18, que ainda busca a costura de um acordo para manter o veto do presidente Lula (PT) aos R$ 5,6 bilhões das emendas parlamentares. A sessão conjunta de deputados e senadores está marcada para a próxima quarta-feira, 24.

“Alguns vetos temos o debate avançado para a construção de um acordo. É o tema dos vetos relativos à LDO [Lei de Diretrizes Orçamentárias] e à lei orçamentária [que trata das emendas]”, assumiu Randolfe.

A expectativa é de que parte do montante seja vetado e que ao menos R$ 3,6 bilhões de recursos sejam liberado aos parlamentares. O argumento é o de que é esse o valor que será injetado no Orçamento com a volta do DPVAT e que poderia ser remanejado por Lula.

A volta do seguro obrigatório já foi aprovada pela Câmara dos Deputados e está pendente de análise no Senado. O plano é que os senadores aprovem a proposta na quarta-feira, antes da sessão do Congresso, como uma forma de garantia ao acordo.

Derrota ao veto do PL das saidinhas

Apesar do acordo para manter o veto de parte das emendas parlamentares, o governo deve sofrer uma derrota no caso do trecho vetado ao projeto de lei das saidinhas. Ao sancionar o texto na semana passada, o chefe do Executivo restabeleceu a possibilidade de saída de presos do semiaberto para visitar familiares.

Deputados e senadores, no entanto, afirmam que esse era o principal ponto da proposta aprovada por ampla maioria na Câmara e no Senado.

Lula, ao vetar a lei que colocava fim à saidinha dos presos nos feriados, ignora as vítimas e a segurança da sociedade, e confirma o porquê foi o candidato favorito nos presídios. Vou trabalhar com meus pares para derrubar o veto”, afirmou o senador Sergio Moro (União-PR).

veto de Lula ao trecho do projeto atendeu a um pedido do ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, que era contrário ao PL das saidinhas. De acordo com o ministro, a proibição da visita dos presos do semiaberto às famílias contraria princípios da Constituição.

Antes da sanção presidencial, o presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), já havia sinalizado que “há uma opção do Congresso Nacional relativamente a essas saídas temporárias”.

No Senado, foram 62 votos a favor e apenas dois contrários ao texto. Já na Câmara a provação aconteceu em votação simbólica, dado o tamanho do apoio ao projeto.

Mundo

Triton: o novo submarino que vai levar dois milionários ao Titanic

29.05.2024 21:30 3 minutos de leitura
Visualizar

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

Visualizar

Robô frequenta escola no lugar de menino doente. Veja vídeo

Visualizar

Jaguatirica morre atropelada na SP-123

Visualizar

Chegou o imposto ‘do bem’

Visualizar

Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

Visualizar

Tags relacionadas

a Congresso Nacional acordo orçamento derrubada de veto emendas de bancada Randolfe Rodrigues saidinhas
< Notícia Anterior

PF investiga desvio de emendas em prefeitura de irmã de ministro

18.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Onde assistir Olympique de Marseille x Benfica: confira detalhes da partida

18.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wesley Oliveira

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

29.05.2024 21:25 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Jaguatirica morre atropelada na SP-123

Jaguatirica morre atropelada na SP-123

29.05.2024 20:58 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

29.05.2024 20:54 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Boulos, o mais rejeitado em São Paulo

Boulos, o mais rejeitado em São Paulo

29.05.2024 20:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.