O Antagonista

Hamas rejeitou libertação de reféns, diz gabinete de Netanyahu

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 12.06.2024 15:04 comentários
Mundo

Hamas rejeitou libertação de reféns, diz gabinete de Netanyahu

Em função da recusa do Hamas e dos confrontos com o Hezbollah na fronteira com o Líbano, o governo israelense faz uma avaliação de segurança

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 12.06.2024 15:04 comentários 0
Hamas rejeitou libertação de reféns, diz gabinete de Netanyahu
Foto: Reprodução/X

O gabinete do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta quarta-feira, 12, que o Hamas rejeitou a libertação de reféns mantidos em Gaza.

“À luz dos acontecimentos no norte e da resposta negativa do Hamas em relação à libertação dos reféns”, o governo israelense faz uma avaliação de segurança nesta quarta.

Após as Forças de Defesa israelenses confirmarem que eliminaram Sami Taleb Abdullah, um alto comandante do grupo terrorista libanês, foram disparados cerca de 215 foguetes contra o norte de Israel.

Hamas faz “alterações” na proposta israelense

Na terça, 11, o Hamas encaminhou ao Catar e ao Egito sua resposta formal à proposta de cessar-fogo vinculada a libertação de reféns feita por Israel 12 dias antes, propondo “alterações”. Os dois países repassaram as modificações aos Estados Unidos.

Em declaração conjunta com a Jihad Islâmica Palestina, o Hamas afirmou que a resposta incluía “emendas que confirmam o cessar-fogo, a retirada, a reconstrução e a troca [de reféns]” por prisioneiros.

Segundo o portal Times of Israel, os terroristas alteraram “todos os parâmetros principais e mais significativos” da proposta.

Na semana passada, autoridades árabes disseram ao portal que possíveis mudanças, como as realizadas, seriam uma forma de o grupo terrorista rejeitar a proposta israelense em meio ao crescente apoio global para um acordo.

Blinken critica resposta do Hamas

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, criticou a resposta do Hamas à proposta de acordo pela liberação de reféns de Israel.

Segundo Blinken, algumas das mudanças propostas feitas pelo grupo terrorista não são “viáveis”.

“O Hamas propôs inúmeras mudanças à proposta que estava sobre a mesa. Algumas das mudanças são viáveis, outras não”, disse Blinken.

Em Doha, onde concedeu uma coletiva de imprensa ao lado do primeiro-ministro do Catar, Mohammed bin Abdulrahman Al Thani, o secretário americano sugeriu que o Hamas será responsável por prolongar a guerra se mantiver as demandas realizadas.

Mais Lidas

1

Washington Post pede desistência de Biden: “Ele precisa enfrentar a realidade”

Visualizar notícia
2

Trump desafia Biden a fazer exame cognitivo

Visualizar notícia
3

Economista alemão critica ajuda financeira de Lula e Bolsonaro a Putin

Visualizar notícia
4

Bolsonaro mantém agenda com Ramagem no Rio

Visualizar notícia
5

Prefeito de Curitiba critica Bolsonaro em cerimônia de homenagem a Doria

Visualizar notícia

Tags relacionadas

Antony Blinken Benjamin Netanyahu Hamas Israel
< Notícia Anterior

Lucas Alario aproveita oportunidade no Inter após se recuperar de lesão

12.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Lula não tem pressa em sanear seu ministério

12.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Indianos são resgatados na Itália em situação análoga à escravidão

Indianos são resgatados na Itália em situação análoga à escravidão

13.07.2024 18:29 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Economista alemão critica ajuda financeira de Lula e Bolsonaro a Putin

Economista alemão critica ajuda financeira de Lula e Bolsonaro a Putin

Felipe Moura Brasil
13.07.2024 17:55 5 minutos de leitura
Visualizar notícia
Alec Baldwin absolvido em caso de homicídio no set de 'Rust'

Alec Baldwin absolvido em caso de homicídio no set de 'Rust'

13.07.2024 17:32 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Coreia do Sul implementa armas a laser contra Coreia do Norte

Coreia do Sul implementa armas a laser contra Coreia do Norte

13.07.2024 17:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.