Mão invisível do governo cada vez mais fundo no bolso do brasileiro Mão invisível do governo cada vez mais fundo no bolso do brasileiro
O Antagonista

Mão invisível do governo cada vez mais fundo no bolso do brasileiro

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 21.05.2024 11:14 comentários
Economia

Mão invisível do governo cada vez mais fundo no bolso do brasileiro

Arrecadação cresceu 8,33% nos quatro primeiros meses deste ano na comparação com janeiro a abril de 2023, já descontada a inflação do período

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 21.05.2024 11:14 comentários 0
Mão invisível do governo cada vez mais fundo no bolso do brasileiro
Foto: Ricardo Stuckert / PR

O governo arrecadou quase um trilhão de reais até abril deste ano. De acordo com a análise da arrecadação federal divulgada nesta manhã pela Receita Federal, a arrecadação atingiu 892,23 bilhões de reais nos quatro primeiros meses do ano, uma alta de 8,33% em comparação com o mesmo período do ano passado descontada a inflação. O resultado é um recorde da série histórica. E valores nominais, isto é, desconsiderando-se a inflação o avanço foi de 12,85%.

Somente no mês de abril, o contribuinte brasileiro entregou ao governo 228,87 bilhões de reais, outro recorde para o mês desde 1995. O valor também corresponde a uma alta real, isto é, corrigido pela inflação, de 8,26% na comparação com abril do ano passado.

Entre as principais linhas da arrecadação administrada pela Receita Federal destacam-se o crescimento da Cofins e do Pis/Pasep, que cresceu 19,77% nos quatro meses do ano até abril – saindo de 1414 bilhões de reais para 169,3 bilhões de reais com a retomada da tributação sobre os combustíveis. E a queda da contribuição do IRPJ/CSLL no volume arrecadado, que encolheu 1,08% na comparação com o ano passado, saindo de 211,8 bilhões de reais no ano anterior para 209,5 bilhões de reais agora.

Outro destaque da arrecadação no mês de abril foi o crescimento real de 27,46% com Imposto sobre Importação e IPI-Vinculado à Importação que somaram pouco mais de 8 bilhões de reais. De acordo com o relatório da Receita Federal o desempenho é fruto do aumento real de 14,02% no valor em dólar (volume) das importações, de 2,18% na taxa média de câmbio, de 15,70% na alíquota média efetiva do Imposto sobre Importação e de 7,77% na alíquota média efetiva do IPI-Vinculado.

Os números vieram em linha com as expectativa de mercado. Economistas ouvidos pela Bloomberg esperavam 229,955 bilhões de reais para abril.

Brasil

Banco Central compartilha meme pela responsabilidade fiscal

25.06.2024 19:06 4 minutos de leitura
Visualizar

Polícia descobre acampamento de drogas em Angra e apreende 720 cápsulas de cocaina!

Visualizar

Medalha de Pelé da copa de 1962 será leiloada

Visualizar

Será que o PT realmente defende terroristas?

Visualizar

Presidente do Fluminense comenta a dolorosa saída de Fernando Diniz

Visualizar

Cenário externo pressiona dólar e juros futuros

Visualizar

Tags relacionadas

arrecadação federal impostos Receita Federal
< Notícia Anterior

CPI da Braskem aprova relatório com 14 pedidos de indiciamentos

21.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Tragédia em Paraty: Professor americano morre arrastado pela água

21.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Cenário externo pressiona dólar e juros futuros

Cenário externo pressiona dólar e juros futuros

25.06.2024 18:32 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Frasle anuncia compra da Kuo Refaciones por R$ 2,1 bi

Frasle anuncia compra da Kuo Refaciones por R$ 2,1 bi

25.06.2024 17:18 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Vem aí o sistema de meta de inflação contínua

Vem aí o sistema de meta de inflação contínua

25.06.2024 16:44 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Governo adia Plano Safra; Frente do Agro não perdoa

Governo adia Plano Safra; Frente do Agro não perdoa

25.06.2024 14:55 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.