O Antagonista

Processo sobre Transparência Internacional foi instaurado por ex-presidente do PT

avatar
Wilson Lima
2 minutos de leitura 06.02.2024 18:14 comentários
Brasil

Processo sobre Transparência Internacional foi instaurado por ex-presidente do PT

Ação é datada de 28 de fevereiro de 2021 e tramitou no Superior Tribunal de Justiça; depois seguiu para o STF

avatar
Wilson Lima
2 minutos de leitura 06.02.2024 18:14 comentários 0
Processo sobre Transparência Internacional foi instaurado por ex-presidente do PT
Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

A ação judicial que resultou em um pedido de providências contra a ONG Transparência Internacional assinado pelo ministro do STF Dias Toffoli foi impetrada, ainda em 2021, por Rui Falcão, ex-presidente do PT e um dos principais aliados do presidente Lula.

Em 28 de fevereiro de 2021, Rui Falcão apresentou uma petição ao Superior Tribunal de Justiça com base em notícias publicadas pela Agência Pública sobre uma suposta apropriação indevida de recursos recuperados da Lava Jato. Essa suposta apropriação já foi desmentida, inclusive, pelo próprio MPF.

A denúncia de Rui Falcão foi baseada também a partir de uma troca de mensagens por e-mail entre o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot e representantes da Transparência Internacional nas quais a entidade solicitava ajuda para custear projetos para enfrentar a corrupção.

Uma terceira prova citada por Falcão foram mensagens roubadas de integrantes da Lava Jato.

“Os valores referentes ao Fundão da Lava Jato foram realocados por decisão do Colendo Supremo Tribunal Federal, porém ficou claro o propósito da TI de atuar, com consentimento de integrantes do MPF, na gestão de recursos nacionais bilionários oriundos de acordos de leniência”, argumentou o petista na petição.

Até o ano passado, o caso tramitou no Superior Tribunal de Justiça. O ministro Humberto Martins, no entanto, remeteu o caso para o STF sob a justificativa de que esse processo tem relação direta com uma outra ação: o que trata da anulação dos acordos de leniência no âmbito da Lava Jato.

“Mostra-se adequada e prudente a remessa dos autos ao Ministro Dias Toffoli, relator da Reclamação n. 43.007/DF, que poderá analisar todos os argumentos deduzidos nas duas manifestações do Ministério Público Federal”, afirmou o ministro Humberto Martins, em decisão proferida em 30 de novembro do ano passado.

Como mostramos ontem, Toffoli determinou expedição de documentos, autorizou Tribunal de Contas da União (TCU) e Controladoria-Geral da União (CGU) a requerê-los e intimou J&F a manifestar-se nos autos.

“Tal providência faz-se necessária especialmente para investigar eventual apropriação indevida de recursos públicos por parte da Transparência Internacional e seus respectivos responsáveis, sejam pessoas públicas ou privadas”, escreveu o ministro.

Esportes

Craque Neto detona responsável pela eliminação do Corinthians: "maior culpado"

04.03.2024 23:00 2 minutos de leitura
Visualizar

Vasco acerta contratação do atacante Clayton Silva, de Portugal

Visualizar

Cuca concede primeira entrevista oficial como técnico do Athletico

Visualizar

Rafael Cardoso pede desculpas em caso de agressão contra idoso

Visualizar

Os brasileiros sabem da roubalheira

Visualizar

Amigo de Robinho é multado por tumultuar andamento do processo

Visualizar

< Notícia Anterior

Papo Antagonista: A suprema retaliação

06.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

PEC que limita candidatura de militares vai ao plenário do Senado

06.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wilson Lima

Wilson Lima é jornalista formado pela Universidade Federal do Maranhão. Trabalhou em veículos como Agência Estado, Portal iG, Congresso em Foco, Gazeta do Povo e IstoÉ. Acompanha o poder em Brasília desde 2012, tendo participado das coberturas do julgamento do mensalão, da operação Lava Jato e do impeachment de Dilma Rousseff. Em 2019, revelou a compra de lagostas por ministros do STF.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Rafael Cardoso pede desculpas em caso de agressão contra idoso

Rafael Cardoso pede desculpas em caso de agressão contra idoso

04.03.2024 21:41 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
iFood contesta fala de ministro de Lula: “Não é verdadeira”

iFood contesta fala de ministro de Lula: “Não é verdadeira”

04.03.2024 21:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Cabo da PM de Goiás é preso após atirar contra carro de policial no DF

Cabo da PM de Goiás é preso após atirar contra carro de policial no DF

04.03.2024 20:57 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Hamas está “honrado” com falas de Lula, diz líder do grupo terrorista

Hamas está “honrado” com falas de Lula, diz líder do grupo terrorista

04.03.2024 20:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.