Lula e Dino discutem indulto de Natal no Planalto Lula e Dino discutem indulto de Natal no Planalto
O Antagonista

Lula e Dino discutem indulto de Natal no Planalto

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 22.12.2023 11:16 comentários
Brasil

Lula e Dino discutem indulto de Natal no Planalto

Primeiro indulto de Natal do terceiro mandato de Lula vai deixar de fora os condenados pelo 8 de janeiro...

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 22.12.2023 11:16 comentários 0
Lula e Dino discutem indulto de Natal no Planalto
Foto: Adriano Machado/O Antagonista

O ministro da Justiça, Flávio Dino, se reuniu na manhã desta sexta-feira, 22, com o presidente Lula (PT) para discutirem o teor do primeiro indulto de Natal do terceiro mandato do petista. O secretário para Assuntos Jurídicos da Presidência, Wellington César Lima, também participa do encontro no Palácio do Planalto.

O principal impasse é se o perdão concedido pelo presidente vai alcançar multas de condenados —e se o valor, como previsto em minuta, pode ultrapassar R$ 20 mil para quem não tiver condição financeira de quitá-la. O indulto de Natal é dado para pessoas condenadas que cumprem pena em presídios.

O decreto de indulto foi elaborado pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP) e agora será revisado pelo ministro da Justiça e pela Casa Civil.

Pelo documento, os réus sentenciados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por participar da invasão das sedes dos Três Poderes no 8 de janeiro serão ignorados pelo petista. Até o momento, o STF já condenou 30 dos participantes dos ataques, a penas que variam de três a 17 anos de prisão.

Como funciona o indulto de Natal?

Para ser beneficiado pelo indulto, o preso precisa atender aos critérios estabelecidos e ter seu pedido de libertação solicitado por advogados ou defensores públicos à Justiça.

O indulto coletivo será concedido a condenados que tenham cumprido um quarto da pena, se não reincidentes, ou um terço, se reincidentes, desde que a pena seja de até oito anos de prisão.

No caso de condenados com penas entre oito e doze anos, o indulto será concedido se o preso tiver cumprido um terço da pena, se não reincidente, ou metade, se reincidente, desde que o crime não tenha sido praticado com violência. As condições para conseguir o indulto serão mais brandas para presos a partir de 60 anos.

Uma novidade neste ano é que mulheres condenadas a penas superiores a oito anos de prisão poderão ser libertadas se tiverem filhos menores de 12 anos ou filhos com doenças crônicas ou deficiências, de qualquer idade.

Para receber o benefício, a presa precisa ter cumprido um quinto da pena, se não for reincidente, ou um quarto da pena, se for reincidente. Homens na mesma condição receberão o indulto se tiverem cumprido um quarto da pena, se não reincidente, ou um terço, se reincidente.

Além disso, o indulto deste ano contemplará presos deficientes físicos, que estejam dentro do espectro autista severo e que tenham doença crônica que impossibilite o cumprimento da pena em estabelecimento prisional. O texto do decreto também prevê a comutação da pena a indígenas que estejam presos.

É importante destacar que o indulto não trará tratamento mais benéfico a policiais e profissionais de segurança pública, como ocorreu durante a gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro.

O texto do indulto costuma ser aprovado com antecedência pelo CNPCP. No entanto, neste ano, o documento foi aprovado em uma sessão noturna, gerando críticas por parte dos integrantes do conselho devido à disponibilização tardia da minuta.

 

Mundo

Crusoé: Milei exonera chefe de gabinete

Caio Mattos, Da Cidade do México
27.05.2024 22:34 2 minutos de leitura
Visualizar

Adolescente suspeito de matar família é encontrado morto em SP

Visualizar

Advogado é assassinado com 23 tiros em frente ao fórum de Ibirité

Visualizar

Família come carne de urso e sofre ataque de vermes nos EUA

Visualizar

Operação em Roraima prende sobrinhos do governador com 145kg de skunk

Visualizar

A ganância no caso Marielle

Visualizar

Tags relacionadas

8 de janeiro Flávio Dino indulto induto de Natal presidente Lula
< Notícia Anterior

Transparência Internacional refuta “assédio judicial” da J&F

22.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Após limitar rotativo, Campos Neto tem reunião com a Febraban

22.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

O Antagonista é um dos principais sites jornalísticos de informação e análise sobre política do Brasil. Sua equipe é composta por jornalistas profissionais, empenhados na divulgação de fatos de interesse público devidamente verificados e no combate às fake news.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Adolescente suspeito de matar família é encontrado morto em SP

Adolescente suspeito de matar família é encontrado morto em SP

27.05.2024 22:16 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Advogado é assassinado com 23 tiros em frente ao fórum de Ibirité

Advogado é assassinado com 23 tiros em frente ao fórum de Ibirité

27.05.2024 21:32 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Operação em Roraima prende sobrinhos do governador com 145kg de skunk

Operação em Roraima prende sobrinhos do governador com 145kg de skunk

27.05.2024 21:17 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Leptospirose no RS aumenta para 5 o número de mortos e 124 casos

Leptospirose no RS aumenta para 5 o número de mortos e 124 casos

27.05.2024 20:55 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.