Ex-traficantes em defesa da 'saidinha' na Alerj Ex-traficantes em defesa da 'saidinha' na Alerj
O Antagonista

Ex-traficantes em defesa da ‘saidinha’ na Alerj

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 29.04.2024 09:08 comentários
Brasil

Ex-traficantes em defesa da ‘saidinha’ na Alerj

O deputado estadual do Rio de Janeiro Carlos Minc (PSB) planeja realizar na sexta-feira, 3, uma audiência pública com ex-traficantes sobre o tema

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 29.04.2024 09:08 comentários 0
Ex-traficantes em defesa da ‘saidinha’ na Alerj
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O deputado estadual do Rio de Janeiro Carlos Minc (PSB, foto) planeja realizar na sexta-feira, 3, uma audiência pública na Assembleia Legislativa do estado (Alerj) com três ex-traficantes para discutir as saídas temporárias de presos, mais conhecidas como ‘saidinhas’.

Segundo a Folha de S.Paulo, o ex-ministro do Meio Ambiente planeja mostrar como as ‘saidinhas’ são importantes para a reinserção dos criminosos na sociedade.

“O fim das ‘saidinhas’ vai cortar uma das principais portas da ressocialização. É como se houvesse uma prisão perpétua”, disse o deputado ao jornal.

Minc convidou para participar da audiência pública os ex-traficantes Alexandre Mendes, o Polegar, Amabilio Gomes Filho, o MB, e Nei da Conceição Cruz, o Nei Falcão, todos condenados por tráfico.

O PL das ‘saidinhas‘ e o veto de Lula

O presidente Lula sancionou, em 11 de abril, o PL das ‘saidinhas’, com vetos. O petista barrou o trecho do projeto que impediria os presos do regime semiaberto, que possuem bom comportamento, de saírem para visitar suas famílias em datas especiais.

No Senado, foram 62 votos a favor e apenas dois contrários ao texto. Já na Câmara a provação aconteceu em votação simbólica, dado o tamanho do apoio ao projeto.

Antes do veto presidencial, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), já havia sinalizado que “há uma opção do Congresso Nacional relativamente a essas saídas temporárias”. Ao sancionar o texto na última quinta-feira, 11, o chefe do Executivo restabeleceu a possibilidade de saída de presos do semiaberto para visitar familiares.

Veto

veto de Lula ao trecho do projeto atendeu a um pedido do ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, que era contrário ao PL das ‘saidinhas’. De acordo com o ministro, a proibição da visita dos presos do semiaberto às famílias contraria princípios da Constituição.

“Nós entendemos que a proibição de visita às famílias dos presos que já se encontram no regime semiaberto atenta contra valores fundamentais da Constituição, contra o princípio da dignidade da pessoa humana”, afirmou.

Mundo

Aos 60 anos, Alejandra Rodríguez brilha no Miss Universo Argentina 2024

25.05.2024 23:00 3 minutos de leitura
Visualizar

Zhongnanhai: A Casa Branca chinesa

Visualizar

Leptospirose no RS: 4 mortes e 76 casos confirmados

Visualizar

Corredor humanitário do RS atinge 7 Km de congestionamento

Visualizar

Toni Kroos se despede do Santiago Bernabéu com o Real Madrid

Visualizar

Em último jogo de Mbappe, PSG vence a copa da França

Visualizar

Tags relacionadas

Alerj Carlos Minc PL das saidinhas saidinhas
< Notícia Anterior

Concurso em Paraíso do Norte: Vagas até R$16 mil! Inscreva-se

29.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Lula também não gosta dos petistas do Congresso?

29.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Leptospirose no RS: 4 mortes e 76 casos confirmados

Leptospirose no RS: 4 mortes e 76 casos confirmados

25.05.2024 22:15 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Corredor humanitário do RS atinge 7 Km de congestionamento

Corredor humanitário do RS atinge 7 Km de congestionamento

25.05.2024 21:40 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Chuvas no RS: Número de morto sobe para 166

Chuvas no RS: Número de morto sobe para 166

25.05.2024 20:55 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Anitta responde a moção de repúdio ironizando e criticando os deputados

Anitta responde a moção de repúdio ironizando e criticando os deputados

25.05.2024 20:36 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.