Cuca a Gleisi: “Conhece bem os efeitos de uma descondenação” Cuca a Gleisi: “Conhece bem os efeitos de uma descondenação”
O Antagonista

Cuca a Gleisi: “Conhece bem os efeitos de uma descondenação”

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 05.03.2024 08:09 comentários
Brasil

Cuca a Gleisi: “Conhece bem os efeitos de uma descondenação”

Após notificação, deputada editou post pelo Dia das Mulheres que dizia que o treinador foi condenado por estupro e tinha de pagar por crime

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 05.03.2024 08:09 comentários 5
Cuca a Gleisi: “Conhece bem os efeitos de uma descondenação”
Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR, foto) editou o texto de um post publicado por ocasião do Dia Internacional das Mulheres após ser interpelada extrajudicialmente pelo treinador Cuca. O técnico de futebol, que alude à anulação das condenações de Lula na Lava Jato na notificação, voltou ao noticiário ao ser contratado pelo Athetico.

No texto, Gleisi dizia que o treinador foi condenado por estupro e tinha de pagar por seu crime. Mas a condenação foi anulada recentemente. A juíza Bettina Bochsler acatou a argumentação da defesa de Cuca, que afirmou que o técnico foi condenado à revelia, sem representação legal adequada, e que merecia ter a chance de um novo julgamento. O Ministério Público suíço concordou com essa alegação, mas ressaltou que o crime já estava prescrito, sugerindo, assim, a anulação da pena e o encerramento do processo.

Na notificação apresentada a Gleisi, Cuca, cujo nome de batismo é Alex Stival, pede a retirada do post “em no máximo 2:00hs”. “O post contém diversas informações completamente inverídicas e equivocadas que podem induzir a erro seus seguidores”, diz a notificação assinada por Cuca e sua advogada, Ana Beatriz Saguas.

“Estarrecedor”

Gleisi dizia no post que “é estarrecedor, na semana da mulher, saber que o Athletico Paranaense irá contratar Cuca, o homem que estuprou uma criança de 13 anos e que nunca pagou por isso”. A defesa do treinador rebateu:

“O treinador Cuca não foi condenado, pois teve seu julgamento anulado pela Corte na Suíça, por diversas irregularidades ocorridas em 1989 que culminou (sic) num ‘veredito injusto’ já que foi julgado à revelia e sem a presença de um advogado no dia do seu julgamento”, diz a notificação. “Assim cabe afirmar com toda convicção que esse caso da Suíça não guarda nenhuma semelhança com o caso do Daniel Alves ou do Robinho”‘

“Descondenado”

A notificação alega ainda que Cuca não pode ser chamado de estuprador, “pois a condenação anulada foi por coação e não por estupro”. “Também não é correto falar que o treinador Cuca deve ‘pagar por seu crime’, pois ao ser descondenado não subsiste nenhuma pena a ser cumprida”, diz a nota.

“A Justiça Suíça estabeleceu uma condição de inocente. Aliás, V. Exa. conhece bem os efeitos de uma descondenação”, finaliza a notificação, aludindo à anulação das condenações de Lula na Lava Jato e ameaçando “medidas judiciais cabíveis na área civil e criminal com o ingresso de queixa crime por crimes de calúnia, difamação e injúria”.

Edição

Gleisi atendeu as demandas da notificação e modulou seu discurso. “Em razão de Interpelação Extra-Judicial que recebi do treinador Cuca, afirmando que fiz considerações inverídicas quanto sua condenação, já que não foi condenado, quanto a prática criminosa e semelhança com casos de Daniel Alves e Robinho (documento abaixo), deletei o post anterior e o reescrevo a seguir”, anunciou a deputada.

O texto ficou assim após a edição: “É estarrecedor, na semana da mulher, saber que o Athletico Paranaense irá contratar Cuca, o homem que foi acusado pela Justiça Suíça por manter relações sexuais com uma criança de 13 anos, crime previsto no art. 187 do Código Penal Suíço. Esta situação nos faz relembrar dos recentes casos de Robinho e Daniel Alves. Embora sua condenação tenha sido anulada recentemente, consta no processo a afirmação de que havia sêmen de Cuca no corpo da vítima! Nos preocupa muito essa situação, pq o futebol serve de inspiração e referência para tantas crianças. Temos um longo caminho pela frente até que os homens também estejam comprometidos com o enfrentamento à violência contra a mulher. Vamos à luta! No dia 8 de março estaremos nas ruas!”

Esportes

Santos anuncia mudança na data da estreia na série B

16.04.2024 21:00 2 minutos de leitura
Visualizar

Barroso contra a “perversidade” de Salomão no CNJ

Visualizar

Justiça reconduz ao cargo presidente de conselho da Petrobras

Visualizar

Reino Unido avança em legislação para proibir tabaco

Visualizar

Geadas previstas para os próximos dias no Sul do Brasil

Visualizar

Estádio do Flamengo: sede da Gávea pode ajudar no financiamento

Visualizar

Tags relacionadas

Athletico-PR Cuca futebol Gleisi Hoffmann Suíça violência sexual
< Notícia Anterior

Novas oportunidades de Concursos Públicos: Vagas em diversas funções com salários atrativos

05.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Suspeito de integrar facção criminosa é preso em Paraíba do Sul

05.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (5)

JOSIAS FERNANDES DE AVILA

2024-03-05 10:52:51

Crazy Hoffmann, sempre crazy!


FRANCISCO QUEIROZ

2024-03-05 10:09:50

Site instável, não consigo ler nada.


Marcia Elizabeth Brunetti

2024-03-05 08:43:31

Kkkk. A Gleisi achou um motivo para ir às ruas. Mais um descondenado !


EUD

2024-03-05 08:38:17

Pra Ela, Não Interessa O Tema, Ela Quer Brigar, Quer Xingar, Quer Aparecer E Causar. Fale Sôbre O Título De MÉRITO TERRORISTA Oferecido Pelo HAMAS !!!!


Daniel Vieira

2024-03-05 08:28:16

É ruim não entender o que é certo e errado, né Gleisi?


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Barroso contra a “perversidade” de Salomão no CNJ

Barroso contra a “perversidade” de Salomão no CNJ

16.04.2024 20:53 8 minutos de leitura
Visualizar notícia
Justiça reconduz ao cargo presidente de conselho da Petrobras

Justiça reconduz ao cargo presidente de conselho da Petrobras

16.04.2024 20:40 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Geadas previstas para os próximos dias no Sul do Brasil

Geadas previstas para os próximos dias no Sul do Brasil

16.04.2024 20:36 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
CNJ forma maioria para derrubar afastamento de ex-juíza da Lava Jato

CNJ forma maioria para derrubar afastamento de ex-juíza da Lava Jato

16.04.2024 20:18 6 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.