O Antagonista

A cumplicidade de Gonet com o ‘liberou-geral’ de Toffoli

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 05.02.2024 09:54 comentários
Brasil

A cumplicidade de Gonet com o ‘liberou-geral’ de Toffoli

Integrantes do MPF avaliam que a inação de Gonet abriu caminho para Toffoli passar a boiada e estender o benefício a Novonor, antiga Odebrecht

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 05.02.2024 09:54 comentários 0
A cumplicidade de Gonet com o ‘liberou-geral’ de Toffoli
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Integrantes do Ministério Público Federal avaliam que a inação do procurador-geral da República, Paulo Gonet (foto), em relação à decisão do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), que suspendeu as multas atribuídas à J&F no acordo de leniência firmado com o MPF, abriu caminho para o magistrado passar a boiada e estender o benefício a Novonor, antiga Odebrecht.

Segundo O Globo, eles acreditam que Gonet deveria ter agido imediatamente para contestar a decisão de Toffoli que suspendeu o pagamento de 10,3 bilhões de reais estipulado no acordo da empresa dos irmãos Wesley e Joesley Batista com o MPF.

“A hesitação de Gonet em tomar alguma medida provoca um efeito cascata: o questionamento dos acordos já vigentes, o descrédito do instituto da leniência e o desencorajamento dos colegas procuradores por conta da insegurança jurídica”, afirmou um membro da PGR ao jornal.

As decisões de Toffoli e a cumplicidade de Gonet provocaram um forte descontentamento entre procuradores que atuam no combate à corrupção no país.

“O sistema criminal voltou a só alcançar os PPP: pretos, pardos e pobres. Gonet deveria ter entrado no recesso com suspensão de liminar perante o Barroso (presidente do STF), seria a única chance de barrar essa violação da lei promovida por Toffoli”, disse outro membro da PGR.

De acordo com o jornal, Gonet disse a interlocutores que irá recorrer da decisão do ministro do STF no caso J&F, sem informar quando.

Toffoli passa a boiada

O ministro Dias Toffoli (foto), do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu os pagamentos do acordo de leniência firmado pela Novonor, antiga Odebrecht, com a Operação Lava Jato no valor de 3,8 bilhões de reais. 

Com a correção monetária atualizada pela Selic, o valor da multa poderia chegar a 8,5 bilhões de reais ao final dos 23 anos previstos para o pagamento.

A empreiteira pediu a extensão dos benefícios que foram concedidos por Toffoli à J&F, dos irmãos Wesley e Joesley Batista, em dezembro de 2023, quando o magistrado suspendeu a multa de 10,3 bilhões de reais aplicada no âmbito da Operação Greenfield.

Pedido atendido durante o recesso do Judiciário

Ao atender o pedido da Novonor, antiga Odebrecht, e suspender o pagamento da multa determinada no acordo de leniência firmado com os procuradores da Lava Jato, o ministro Dias Toffoli, do STF, interrompeu o último dia de recesso da Corte para aplicar a decisão.

O gabinete do ministro tinha 1.426 processos no acervo, mas apenas esse ganhou atenção especial.

Leia também:

Decisão de Toffoli faz parte de “pacotão” da impunidade, diz Deltan

Odebrecht recebeu do Estado dezenas de bilhões a mais que valor da multa aliviada

Esportes

Com dois de Romero, Corinthians vence o Cianorte e avança na Copa do Brasil

23.02.2024 07:00 2 minutos de leitura
Visualizar

Saque do Abono PIS/Pasep 2024: 1,7 milhão de trabalhadores já podem sacar

Visualizar

Caixa Econômica Federal oferece 5 mil vagas para níveis médio e superior: Inscreva-se agora!

Visualizar

Bolsa Família: antecipa repasse para municípios em estado de calamidade pública

Visualizar

Bolsa Família: confira o cronograma de pagamento para Março de 2024

Visualizar

Bolsa Família: pagamento liberado para 23 de fevereiro

Visualizar

Tags relacionadas

Dias Toffoli Odebrecht Paulo Gonet PGR
< Notícia Anterior

Após perder Supercopa, Palmeiras prepara anúncio de reforços

05.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

São Paulo amplia hegemonia sobre Palmeiras em jogos mata-mata

05.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (10)

Paulo silva

2024-02-05 18:56:52

Nada espero deste capacho e comparsa de Gilmar Mendes. Ele foi colocado lá para proteger bandidos e validar decisão destes togas sujas capachos de poderosos.


LEDI MACHADO DOS SANTOS

2024-02-05 15:22:19

Gonet&STF, farinha do mesmo saco!


Carlos Renato Cardoso Da Costa

2024-02-05 15:01:15

O sócio do Gilmar, aliado do Toffoli já destruição da lava jato foi negligente na sua função em prejuízo do estado brasileiro e em favor da contínua destruição do legado da operação. Estou chocado!


Antônio Carcos Zamith Junior

2024-02-05 14:59:07

Pau-mandado do tucano sujo Gilmar Mendes. Aras era do bolo fez igual


Alexandre Ataliba Do Couto Resende

2024-02-05 13:19:00

Não se pode esperar nada de diferente de um sócio do Gilmar.


Felipe Bugno

2024-02-05 11:50:37

Que surpesa (nenhuma).


Joao

2024-02-05 10:57:14

Gonet, estrume pior que Aras.


Nelson Pereira Cacheta

2024-02-05 10:29:23

Nossa! Mais um PGR a ocupar o cargo com in.competencia.


Ana Amaral

2024-02-05 10:28:50

O curioso é que nem mais surpreende . Sai um não faz nada e entra outro. Só que o atual é do lado do “ o amor venceu”. E nem disfarçam …


Annie

2024-02-05 10:24:34

Quem manda é o rei sol estão obedendecendo como serviçais.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Saque do Abono PIS/Pasep 2024: 1,7 milhão de trabalhadores já podem sacar

Saque do Abono PIS/Pasep 2024: 1,7 milhão de trabalhadores já podem sacar

23.02.2024 06:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Caixa Econômica Federal oferece 5 mil vagas para níveis médio e superior: Inscreva-se agora!

Caixa Econômica Federal oferece 5 mil vagas para níveis médio e superior: Inscreva-se agora!

23.02.2024 06:25 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Bolsa Família: antecipa repasse para municípios em estado de calamidade pública

Bolsa Família: antecipa repasse para municípios em estado de calamidade pública

23.02.2024 06:00 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Bolsa Família: confira o cronograma de pagamento para Março de 2024

Bolsa Família: confira o cronograma de pagamento para Março de 2024

23.02.2024 05:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.