O Antagonista

Direita lidera primeiro turno das eleições legislativas na França

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 30.06.2024 15:48 comentários
Mundo

Direita lidera primeiro turno das eleições legislativas na França

Bloco centrista de Emmanuel Macron foi o grande derrotado; Macron pediu ampla aliança entre “candidatos republicanos e democráticos”

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 30.06.2024 15:48 comentários 0
Direita lidera primeiro turno das eleições legislativas na França
Reprodução/Instagram

O partido francês Rassemblement Nacional (RN) liderou o primeiro turno das eleições legislativas deste domingo, 30. A legenda de Marine Le Pen e seus aliados conquistaram cerca de 34% dos votos, segundo as primeiras projeções.

O bloco que reúne vários partidos de esquerda, dominado pelo extremista Jean-Luc Mélenchon, ficou em segundo lugar, com 28,1%.  Já o bloco centrista do presidente da França, Emmanuel Macron, foi o grande derrotado, com 20,3%.

Diante do resultado, Macron pediu uma ampla aliança entre “candidatos republicanos e democráticos” para o segundo turno das eleições, que acontece em 7 de julho. 

Marine Le Pen espera maioria absoluta

Marine Le Pen pediu aos franceses que deem a maioria absoluta na próxima votação.

Nada está ganho. Precisamos de uma maioria absoluta para que Jordan Bardella seja nomeado primeiro-ministro”, afirmou.

Se o RN conquistar a vitória após o segundo turno da votação, em 7 de julho, a expectativa é de que Jordan Bardella, de 28 anos, —que divide a liderança do partido com Marine Le Pen— seja nomeado primeiro-ministro.

“Somos o único baluarte republicano e patriótico contra a aliança dos piores”, afirmou Bardella após os resultados das primeiras projeções.

“A extrema esquerda propõe desarmar a polícia, abrir as comportas da imigração, abolir as leis contra a ocupação e a luta contra o separatismo islâmico”, acrescentou.

Como mostramos, essa foi a eleição com a menor abstenção dos últimos 40 anos na França. 67,5% dos eleitores compareceram às urnas, contra 47,5% na eleição legislativa anterior, em 2022.

A eleição antecipada foi convocada depois de o partido de Le Pen ter registrado uma vitória histórica nas eleições para o Parlamento Europeu, no início de junho. A legenda do atual presidente, o Renascimento, ficou em segundo lugar, com apenas 14,6% dos votos, menos da metade dos 31,4% do RN.

Leia também:

Luc Ferry e Michel Onfray contra extrema esquerda antissemita

Coabitação política: Macron governará com o partido de Le Pen?

Mais Lidas

1

Agora até Tolkien é "extrema-direita"

Visualizar notícia
2

Musk: "Obrigado, Alex Soros, por revelar quem será o próximo fantoche"

Visualizar notícia
3

Contingenciamento: o golpe está aí, cai quem quer

Visualizar notícia
4

O "reizinho" do governo Lula

Visualizar notícia
5

"JD Vance, não Kamala Harris, representa o sonho americano"

Visualizar notícia
6

"Joe Biden desiste da candidatura, mas não da Casa Branca. E agora?"

Visualizar notícia
7

Por que o Amapá recebe tanta emenda parlamentar?

Visualizar notícia
8

Netanyahu volta aos EUA em busca de apoio contra o terror

Visualizar notícia
9

Democratas sacrificaram Biden para buscar também a maioria no Congresso

Visualizar notícia
10

Roteiro Antagonista: Recesso a todo vapor

Visualizar notícia

< Notícia Anterior

Entenda o que é o AVC e como prevenir

30.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Eurocopa: Inglaterra vence Eslováquia e vai para as quartas

30.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

O Antagonista é um dos principais sites jornalísticos de informação e análise sobre política do Brasil. Sua equipe é composta por jornalistas profissionais, empenhados na divulgação de fatos de interesse público devidamente verificados e no combate às fake news.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

A fé dos candidatos presidenciais da Venezuela

A fé dos candidatos presidenciais da Venezuela

Alexandre Borges
22.07.2024 09:57 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Kremlin reage ao abandono da reeleição de Biden

Kremlin reage ao abandono da reeleição de Biden

22.07.2024 09:42 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
O Brasil será inabitável em 50 anos?

O Brasil será inabitável em 50 anos?

22.07.2024 09:03 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Boeing tem novo prejuízo com o Air Force One

Boeing tem novo prejuízo com o Air Force One

22.07.2024 08:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.