O Antagonista

Crusoé: “‘Não há plano B’, adverte presidente argentino Javier Milei”

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 29.01.2024 13:47 comentários
Mundo

Crusoé: “‘Não há plano B’, adverte presidente argentino Javier Milei”

Em entrevista a jornal americano, presidente argentino disse que plano de dolarizar a economia está a caminho e que primeiros sinais são animadores — mas que sofrimento social deve se estender

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 29.01.2024 13:47 comentários 0
Crusoé: “‘Não há plano B’, adverte presidente argentino Javier Milei”
Javier Milei, em entrevista ao Wall Street Journal. Foto: Reprodução

O presidente argentino Javier Milei (foto) está confiante que seu plano econômico para salvar a economia da Argentina da insolvência irá funcionar. Até porque não há outra saída, argumentou em entrevista ao jornal The Wall Street Journal.

“Tiene un plan B?”, questiona a editora-chefe do jornal, Emma Tucker, ao presidente. “No, no hay plan B”, ele responde, antes de concluir: “Não há plano B para fazer as coisas bem. Ou se faz as coisas bem, ou se faz as coisas bem. Se se faz as coisas pela metade ou negociar, essa é a história da Argentina, e é onde estamos. Nossos valores-chave não são negociáveis.”

Em um vídeo de oito minutos com trechos da conversa, o presidente libertário diz que, em 45 dias de governo, já pode ver sinais promissores de recuperação econômica — motivados, ele garante, pela correção de rumo.

“A realidade e que começamos a ver as formas de como estão indo os dados e a inflação, nós mesmos estamos surpresos com a velocidade que estamos alcançando resultados”, asseverou.

Ele, no entanto, prevê que a dificuldade social causada pelas suas medidas de choque ainda serão sentidas por algum tempo. “Esse processo pode durar cerca de dois anos. E é certo que uma luz de alerta diz que é difícil aguentar [medidas de austeridade] por mais de um ano”, disse.

Milei garantiu que deve prosseguir com o plano de dolarizar a economia do país — que já opera informalmente com a moeda. “No último mês compramos 5 bilhões de dólares e a base monetária da Argentina é de cerca de 8 bilhões de dólares, cerca de 7,5 bilhões de dólares”, calculou. “Com isso, dá para dizer que se limparmos todos os passivos remunerados do Banco Central, estaríamos em condição de dolarizar por muito pouco dinheiro.”

Leia mais aqui; assine Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Brasil

INSS: cobranças abusivas em consignados, CGU revela falhas no controle de juros

26.02.2024 05:30 2 minutos de leitura
Visualizar

Revisão da Vida Toda: STF avança em análise para aposentadorias

Visualizar

Jogando bem, Corinthians perde para Ponte Preta e se complica

Visualizar

Cromossomo Y Está desaparecendo

Visualizar

Conheça a última área a ser mapeada nos EUA por ser inacessível

Visualizar

Estudo revela que povos tradicionais possuem a mesma felicidade de países ricos

Visualizar

Tags relacionadas

Argentina Crusoé Javier Milei
< Notícia Anterior

Adolescente morre afogado na Grande Florianópolis após temporal

29.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Secretário de Haddad acredita em “déficit zero” em 2024

29.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Marian

2024-01-29 13:54:11

Força Milei! Na torcida.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Cromossomo Y Está desaparecendo

Cromossomo Y Está desaparecendo

25.02.2024 22:00 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Conheça a última área a ser mapeada nos EUA por ser inacessível

Conheça a última área a ser mapeada nos EUA por ser inacessível

25.02.2024 21:45 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Estudo revela que povos tradicionais possuem a mesma felicidade de países ricos

Estudo revela que povos tradicionais possuem a mesma felicidade de países ricos

25.02.2024 21:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
O resurgimento do Lago Manly no deserto do vale da morte

O resurgimento do Lago Manly no deserto do vale da morte

25.02.2024 20:45 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.