O Antagonista

A promessa dos EUA a Israel sobre armas

avatar
Felipe Moura Brasil
4 minutos de leitura 19.06.2024 10:10 comentários
Mundo

A promessa dos EUA a Israel sobre armas

“Deem-nos as ferramentas e terminaremos o trabalho”, cobrou Netanyahu

avatar
Felipe Moura Brasil
4 minutos de leitura 19.06.2024 10:10 comentários 0
A promessa dos EUA a Israel sobre armas
Foto: Divulgação/redes sociais

O embaixador dos EUA em Israel, Jack Lew, garantiu a Benjamin Netanyahu na terça-feira, 18 de junho, “que as munições e armas a que o primeiro-ministro se referiu estão em processo de entrega a Israel”.

“O primeiro-ministro Netanyahu disse que espera que isso aconteça e instruiu as equipes israelenses a trabalharem com os seus homólogos americanos para esse fim”, informou o gabinete do governante israelense nesta quarta, 19, no X, antigo Twitter.

O que Netanyahu cobra dos EUA?

Na terça, 18, Netanyahu publicou um vídeo com o seguinte recado:

“Quando o Secretário [de Estado dos EUA, Anthony] Blinken esteve recentemente aqui em Israel, tivemos uma conversa franca. Eu disse que apreciava profundamente o apoio que os EUA têm dado a Israel desde o início da guerra.

Mas também disse algo mais. Eu disse que é inconcebível que, nos últimos meses, o governo [de Joe Biden] tenha retido armas e munições para Israel. Israel, o aliado mais próximo de América, lutando pela sua própria vida, lutando contra o Irã e nossos outros inimigos comuns.

O secretário Blinken me garantiu que o governo está trabalhando dia e noite para remover esses gargalos. Certamente espero que seja esse o caso. Deve ser o caso.

Durante a Segunda Guerra Mundial, [o então primeiro-ministro do Reino Unido, Winston] Churchill disse aos Estados Unidos: ‘Deem-nos as ferramentas, faremos o trabalho.’ E eu digo: deem-nos as ferramentas e terminaremos o trabalho, muito mais rápido.”

O que dizem os EUA sobre a entrega de armas a Israel?

Blinken alegou na terça-feira que a única pausa estava relacionada à entrega de bombas pesadas desde maio.

“Nós continuamos a revisar uma remessa sobre a qual o presidente [dos EUA, Joe] Biden falou, em relação a bombas de 2.000 libras, em razão de nossas preocupações com seu uso em uma área densamente povoada como Rafah”, disse o secretário durante coletiva de imprensa. “Isso continua sob revisão. Mas todo o resto está se movendo como normalmente faria.”

O que diz oposição a Netanyahu sobre armas dos EUA?

Até a oposição a Netanyahu celebra a ajuda americana. Benny Gantz, que deixou o gabinete de guerra no dia 9 após desentendimentos com o primeiro-ministro sobre decisões estratégicas, publicou uma foto de seu encontro nesta quarta, 19, com uma “delegação bipartidária do Congresso” americano, liderada pelo parlamentar democrata Steny Houer, representante do 5º distrito de Maryland.

“Transmiti a eles o meu profundo apreço pelos EUA e pelo seu apoio a Israel, especialmente desde 7 de outubro, com o fornecimento contínuo de armas, o pacote crucial de ajuda que o Congresso aprovou recentemente e o seu profundo compromisso em trazer para casa os reféns ainda brutalmente detidos em Gaza. Pedi a eles que expressassem o meu apreço ao governo americano”, registrou Gantz.

Forças de Defesa de Israel prolongam pausas táticas

Enquanto isso, as Forças de Defesa de Israel vêm expondo nas redes sociais seus esforços humanitários no sul da Faixa de Gaza.

“Mais de 1.400 caminhões de ajuda humanitária continuam aguardando recolhimento pelas organizações internacionais e pela ONU no lado de Gaza da passagem de Kerem Shalom.

Prolongamos, para fins humanitários, o horário das pausas táticas diárias ao longo da estrada Salah al-Din, durante o qual caminhões de organizações internacionais e da ONU podem coletar a ajuda.

Estas medidas somam-se ao esforço aprimorado para transportar caminhões egípcios de Rafah para Gaza, através da passagem de Kerem Shalom, após verificações de segurança”, diz a nota das FDI, publicada na terça, 18, no X.

Mais Lidas

1

Astro de Hollywood cancela turnê após "piada" sobre atentado a Trump

Visualizar notícia
2

"Tiros mostram qual é a alternativa à democracia constitucional"

Visualizar notícia
3

PT não acredita que Trump sofreu um atentado?

Visualizar notícia
4

Exclusivo: Após lobby, clã Bolsonaro cria ‘startup’ para explorar grafeno

Visualizar notícia
5

A receita para denunciar desafetos do STF

Visualizar notícia
6

Janones promete seguir "chafurdando na lama"

Visualizar notícia
7

China bane maior aplicativo católico do mundo

Visualizar notícia
8

Mercado repercute Lula e Trump

Visualizar notícia
9

Human Rights Watch finalmente reconhece centenas de crimes de guerra do Hamas

Visualizar notícia
10

Temperaturas vão subir em pleno inverno

Visualizar notícia

Tags relacionadas

Antony Blinken Benjamin Netanyahu EUA Faixa de Gaza Israel
< Notícia Anterior

Indígena mata sobrinho de 9 anos e é preso no Maranhão

19.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Vandalismo em agências de BH causa pânico e mistério

19.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Felipe Moura Brasil

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Chefe de segurança de Corina Machado é detido pela ditadura

Chefe de segurança de Corina Machado é detido pela ditadura

17.07.2024 13:17 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Serviço Secreto identificou o atirador três horas antes do atentado

Serviço Secreto identificou o atirador três horas antes do atentado

Alexandre Borges
17.07.2024 12:59 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Courtney Henning se apaixona novamente pela literatura brasileira

Courtney Henning se apaixona novamente pela literatura brasileira

17.07.2024 12:52 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: As razões para Musk mudar o X e a SpaceX para o Texas

Crusoé: As razões para Musk mudar o X e a SpaceX para o Texas

17.07.2024 12:39 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.