O Antagonista

Funcionários de boate são ouvidos no julgamento de Daniel Alves

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 06.02.2024 12:49 comentários
Esportes

Funcionários de boate são ouvidos no julgamento de Daniel Alves

De acordo com depoimento do gerente da boate, Daniel Alves parecia estar embriagado ou sob efeito de outra substância

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 06.02.2024 12:49 comentários 0
Funcionários de boate são ouvidos no julgamento de Daniel Alves
Foto: Reprodução/Instagram Daniel Alves

No segundo dia do julgamento de Daniel Alves, funcionários da boate Sutton, em Barcelona, são ouvidos como testemunhas. O jogador é acusado de estuprar uma jovem na casa noturna em 30 de dezembro de 2022.

De acordo com informações do jornal espanhol La Vanguardia, um dos funcionários afirmou em depoimento que Daniel Alves não estava agindo normalmente naquela noite e que foi difícil convencer a vítima a denunciar o suposto abuso e ativar o protocolo de agressão.

Ainda durante o julgamento, está previsto que a esposa do lateral, Joana Sanz, seja ouvida em juízo.

O que diz o gerente da boate?

Segundo o gerente da boate Sutton, Daniel Alves não estava em seu estado normal naquela noite. O depoente afirmou que o jogador aparentava ter consumido álcool ou algum outro tipo de substância. A defesa buscará convencer os magistrados de que Alves estava sob efeito do álcool e, portanto, não tinha controle sobre seus atos.

Desde a acusação e prisão em janeiro de 2023, Daniel Alves nega as acusações. Ele já mudou sua versão dos fatos cinco vezes e, por fim, afirmou que a relação sexual foi consensual e que estava embriagado.

A vítima estava com medo de não acreditarem nela

Segundo relatos do diretor da boate Sutton, a vítima estava abalada emocionalmente e foi difícil convencê-la a denunciar o jogador e acionar o protocolo de agressão sexual.

De acordo com o depoimento do diretor, ela alegou que não seria acreditada e que havia entrado voluntariamente no banheiro, mas depois não conseguiu sair.

Conforme o protocolo espanhol para estabelecimentos, uma vítima de agressão sexual deve ser imediatamente acolhida após a denúncia, isolada, receber atendimento médico e realizar exames. O agressor pode ser preso em flagrante.

Testemunhas dizem que foram assediadas por Daniel Alves

Duas mulheres que testemunharam durante o julgamento do ex-jogador, nesta segunda-feira, 5, afirmaram que foram apalpadas por Daniel Alves, antes do estupro de que ele é acusado, em uma boate em Barcelona, em 2022.

Uma amiga e uma prima da vítima de estupro que apresentou as acusações contra Daniel Alves à Justiça estavam presentes na boate naquela noite e relataram ao tribunal que o jogador as convidou para a área VIP, onde ele se encontrava com um amigo.

Em depoimentos, as testemunhas afirmaram que Daniel Alves as apalpou e flertou com a autora da denúncia antes de descreverem o que teria ocorrido após o suposto estupro.

Depoimento da prima da vítima

A prima da mulher afirmou que a vítima não havia sequer beijado Daniel Alves antes de deixar a área pública da boate e que não tinha conhecimento de que estavam se dirigindo ao banheiro onde teria ocorrido o estupro quando, ele insistiu que fossem para outro local.

Após aproximadamente 15 minutos, Daniel Alves saiu do banheiro e, alguns minutos depois, a mulher o seguiu, aparentando estar devastada, segundo relatou a prima.

Ela disse que precisava ir embora e, enquanto pegavam seus casacos, a prima foi informada pela mulher que o ex-jogador a havia machucado muito.

Brasil

Roteiro Antagonista: Lula do Caribe

26.02.2024 05:59 4 minutos de leitura
Visualizar

INSS: cobranças abusivas em consignados, CGU revela falhas no controle de juros

Visualizar

Revisão da Vida Toda: STF avança em análise para aposentadorias

Visualizar

Jogando bem, Corinthians perde para Ponte Preta e se complica

Visualizar

Cromossomo Y Está desaparecendo

Visualizar

Conheça a última área a ser mapeada nos EUA por ser inacessível

Visualizar

Tags relacionadas

Barcelona boate daniel alves depoimento estupro funcionarios julgamento
< Notícia Anterior

Grupo de orcas luta pela vida preso em gelo flutuante na costa do Japão

06.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

PIB do 1º semestre vai surpreender, diz Campos Neto

06.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Jogando bem, Corinthians perde para Ponte Preta e se complica

Jogando bem, Corinthians perde para Ponte Preta e se complica

25.02.2024 22:27 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Tite comenta caso de Daniel Alves

Tite comenta caso de Daniel Alves

25.02.2024 21:19 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Liverpool vence a Copa da Inglaterra pela 10ª vez

Liverpool vence a Copa da Inglaterra pela 10ª vez

25.02.2024 19:57 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Flamengo vence o Fluminense e lidera Taça Guanabara

Flamengo vence o Fluminense e lidera Taça Guanabara

25.02.2024 19:26 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.