António Oliveira sobre a vitória do Corinthians: "não vai jogar bem sempre" António Oliveira sobre a vitória do Corinthians: "não vai jogar bem sempre"
O Antagonista

António Oliveira sobre a vitória do Corinthians: “não vai jogar bem sempre”

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 08.05.2024 08:00 comentários
Esportes

António Oliveira sobre a vitória do Corinthians: “não vai jogar bem sempre”

O retorno de jogadores como o zagueiro Gustavo Henrique, o atacante Yuri Alberto foi fundamental para o resultado positivo.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 08.05.2024 08:00 comentários 0
António Oliveira sobre a vitória do Corinthians: “não vai jogar bem sempre”
António Oliveira sobre a vitória do Corinthians: "não vai jogar bem sempre". Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

O técnico António Oliveira comentou a série de jogos desgastantes enfrentados pelo Corinthians e destacou o esforço de sua equipe para superar as adversidades e sair vitoriosa no jogo contra o Nacional-PAR pela Copa Sul-Americana desta terça-feira, 07, quando venceu o time paraguaio por 2 a 0 fora de casa.

Confira os detalhes da entrevista e os comentários de Oliveira sobre estratégias e desempenho do time.

António Oliveira comenta vitória do Corinthians

António Oliveira abriu o jogo sobre o cansaço acumulado pela equipe após consecutivas partidas e viagens longas.

Foi um jogo extremamente desafiador, viemos em uma sequência desafiadora. Temos solicitados muitos dos mesmos jogadores. Fluminense, América-RN, Fortaleza e hoje. Repare, as viagens têm sido longas para nós, desgastantes. Por isso a minha primeira palavra é para o esforço dos jogadores, não é fácil… Foi um jogo com uma equipe que colocou a gente em problemas, competiu enquanto teve pernas. Foi uma equipe agressiva. Os árbitros levam quase o jogo para a violência, e as equipes adversárias aproveitam isso. Foi um jogo de perseguição dos adversários em que demoramos a encontrar o homem livre e os espaços. Optamos por jogo curto em detrimento do jogo profundo. Quando atacávamos a profundidade, causávamos perigo. Tinha a ver com atitude e concentração competitivo, e foram a encontro do que o jogo pediu“, explicou o treinador.

A valorização do esforço dos atletas foi enfatizada, reconhecendo o cenário de difícil gestão física e emocional.

Condições adversas influenciam a estratégia de jogo

O técnico discorreu ainda sobre as adaptações táticas necessárias diante das circunstâncias do jogo.

Oliveira mencionou que, contra adversários agressivos, a equipe teve dificuldades inicialmente para encontrar espaços.

Optamos por jogo curto em detrimento do jogo profundo. Quando atacávamos a profundidade, causávamos perigo“, declarou.

Apesar de não estar completamente satisfeito com a performance do time no último jogo, Oliveira ressaltou a importância de alcançar o resultado desejado.

Não dá para jogar bem sempre. O mais importante do que a exibição é ganhar. Fizemos grande jogo contra o Fortaleza e não ganhamos. Hoje não jogamos tão bem e ganhamos, conseguimos nosso objetivo. Parabéns aos jogadores pelo esforço e dedicação que estão tendo nessa sequência de quatro jogos em dez dias. É uma carga grande, é um destrato a todos os profissionais. Eu estou cansado, imagina essa gente que está em treinos, viagens, concentrações, competindo, no desgaste emocional. Felizmente tenho jogadores com orgulho imenso”, comentou o treinador, destacando a vitória como um fator crucial para a sequência positiva da equipe.

Retorno de jogadores

O retorno de importantes jogadores como o zagueiro Gustavo Henrique, o atacante Yuri Alberto foi crucial.

Entrando no segundo tempo, ambos os jogadores mostraram grande tolerância e esforço, fatores que Oliveira fez questão de elogiar.

O próximo desafio: Flamengo no Maracanã

Local: Maracanã

Data: Sábado

Competição: Brasileirão

Após quatro jogos sem derrotas, o técnico do Corinthians, António Oliveira, já tem os olhos voltados para o próximo desafio da equipe: uma partida contra o Flamengo no Maracanã.

O técnico espera levar o momento positivo da equipe para continuar a boa sequência no Brasileirão.

Mundo

Dona do "Call of Duty" é acusada de homicídio culposo por tiroteio em escola dos EUA

24.05.2024 22:26 3 minutos de leitura
Visualizar

Google revisa IA para corrigir erros bizarros

Visualizar

Inmet alerta: Junho deve ser a salvação do Rio Grande do Sul

Visualizar

Ivan Sant'anna na Crusoé: Terra de fronteira – Primeira parte

Visualizar

Boeing e NASA superam desafios e preparam 1° voo tripulado da Starliner

Visualizar

Rodolfo Borges na Crusoé: Um goleiro nunca é o bastante

Visualizar

Tags relacionadas

Copa Sul-Americana corinthians Timão
< Notícia Anterior

É dia de Copom, bebê!

08.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Concurso Caixa 2024: Prepare-se para as novas regras rigorosas

08.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Rodolfo Borges na Crusoé: Um goleiro nunca é o bastante

Rodolfo Borges na Crusoé: Um goleiro nunca é o bastante

24.05.2024 21:12 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
COB estrutura suporte para Time Brasil em Paris 2024

COB estrutura suporte para Time Brasil em Paris 2024

24.05.2024 20:52 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Cruzeiro anuncia retorno de Adilson Batista como treinador

Cruzeiro anuncia retorno de Adilson Batista como treinador

24.05.2024 20:28 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Phillippe Coutinho desembarca no Brasil, acerto com Vasco perto

Phillippe Coutinho desembarca no Brasil, acerto com Vasco perto

24.05.2024 20:17 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.