Reforma tributária: CNI calcula alíquota padrão de 27,5% Reforma tributária: CNI calcula alíquota padrão de 27,5%
O Antagonista

Reforma tributária: CNI calcula alíquota padrão de 27,5%

avatar
Otávio Augusto
2 minutos de leitura 13.12.2023 12:36 comentários
Economia

Reforma tributária: CNI calcula alíquota padrão de 27,5%

A Confederação Nacional da Industria (CNI) estima que a alíquota padrão conjunta dos novos tributos previstos na reforma tributária deverá ser de 27,5%...

avatar
Otávio Augusto
2 minutos de leitura 13.12.2023 12:36 comentários 0
Reforma tributária: CNI calcula alíquota padrão de 27,5%
Foto: Marcello Casal Jr Agência Brasil

A Confederação Nacional da Industria (CNI) estima que a alíquota padrão conjunta dos novos tributos previstos na reforma tributária deverá ser de 27,5%.

A estimativa foi divulgada nesta quarta-feira (13).

A reforma extingue cinco impostos sobre consumo (PIS/Cofins, IPI, ICMS e ISS) e cria novos dois: o Imposto sobre Bens e Serviços (IBS) e a Contribuição Social sobre Bens e Serviço (CBS).

“Cálculos da CNI e da LCA Consultores mostram que, se fosse adotada alíquota uniforme para todos os bens e serviços, sem exceções ou regimes especiais, a alíquota padrão seria de 21,7%. A alíquota subiu para 27,5% pois, os resultados indicam que, quanto maior o número de exceções ao regramento geral de IBS/CBS, maior é a alíquota padrão desses tributos”, diz a CNI, em nota.

Em um cenário em que o consumo de todos os bens e serviços é tributado da mesma forma, a alíquota padrão de IBS/CBS seria de 21,7%.

Nesse cenário, as únicas exceções ao tratamento padrão são: o Simples Nacional, o regime específico do setor financeiro e o tratamento tributário dado às compras públicas. O cálculo também contempla a arrecadação do Imposto Seletivo incidente sobre cigarros, bebidas alcoólicas e atividades extrativas.

A CNI explica que à medida que alguns bens e serviços têm direto a uma alíquota reduzida ou um regime específico, que pode implicar redução da tributação, os demais bens e serviços ficam sujeitos a uma alíquota padrão mais elevada. Assim, quando somadas todas as exceções previstas, há acréscimo de 5,8 pontos percentuais na alíquota padrão.

Esportes

Com gol nos acréscimos, Flamengo vence o Bahia e é líder do Brasileirão

20.06.2024 22:08 3 minutos de leitura
Visualizar

São João em São Paulo: Guia completo para 2024

Visualizar

12 migrantes mortos são resgatados do mar pelo governo italiano

Visualizar

Cracolândia: Grades e operações policiais causam polêmicas

Visualizar

Lula quer monopólio da autonomia

Visualizar

Crusoé: Seoul considera armar Ucrânia após acordo entre Rússia e Coreia do Norte

Visualizar

Tags relacionadas

CNI Reforma Tributária
< Notícia Anterior

Gonet, sobre cotas: legítimas, mas são papel do Congresso

13.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Janja recupera conta no X após hackeamento

13.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Otávio Augusto

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Dólar caía até Lula resolver falar, de novo

Dólar caía até Lula resolver falar, de novo

Rodrigo Oliveira
20.06.2024 18:44 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
PT fez 15 anos de "desreformas", diz ex-presidente do BNDES

PT fez 15 anos de "desreformas", diz ex-presidente do BNDES

20.06.2024 13:15 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Rafaela Vitória assume Relações com Investidores do Inter&Co

Rafaela Vitória assume Relações com Investidores do Inter&Co

20.06.2024 11:24 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Confira as novas regras para saque-aniversário do FGTS: prepare-se!

Confira as novas regras para saque-aniversário do FGTS: prepare-se!

20.06.2024 11:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.