O Antagonista

Calor faz disparar consumo de energia; alta chega a 3,7%

avatar
Otávio Augusto
2 minutos de leitura 02.02.2024 11:28 comentários
Economia

Calor faz disparar consumo de energia; alta chega a 3,7%

No ano passado, o consumo de megawatts médios no país chegou a 69.363, diz a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica

avatar
Otávio Augusto
2 minutos de leitura 02.02.2024 11:28 comentários 0
Calor faz disparar consumo de energia; alta chega a 3,7%
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O consumo de energia elétrica aumentou 3,7% em 2023, na comparação com 2022.

No ano passado, o consumo de megawatts médios no país chegou a 69.363.

Os dados são da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Segundo a CCEE, a alta em 2023 foi impulsionada pelas ondas de calor e o aumento no mercado livre de energia – onde estão grandes empresas, que podem negociar a compra de energia direto com o comercializador ou produtor.

“As ondas de calor que atravessaram o país no segundo semestre e o bom desempenho de alguns setores da economia foram os principais fatores para o aumento”, explica a CCEE, em nota.

O consumo residencial e de pequenas empresas aumentou 2,5%. Nesse mercado, chamado de “cativo”, as pessoas e as empresas só podem comprar energia da distribuidora local.

“O uso mais intenso de eletrodomésticos como ventiladores e ar-condicionado alavancou a demanda, especialmente nos últimos meses do ano, quando as temperaturas bateram recorde em boa parte do país”, destaca o comunicado.

No mercado livre, o aumento no consumo foi de 5,9%, puxado pelo desempenho de setores como metalurgia, serviços e comércio. A CCEE também aponta que migração do mercado cativo para o mercado livre influenciou o resultado.

Calor impacta mercado

O uso mais intenso de eletrodomésticos como ventiladores e ar-condicionado alavancou a demanda, especialmente nos últimos meses do ano, quando as temperaturas bateram recorde em boa parte do país.

O crescimento também reflete uma combinação da maior atividade em alguns setores produtivos, a chegada de novos entrantes no segmento e o impacto do calor em ramos como Comércio e Serviços, que também usaram mais os equipamentos de refrigeração.

Esportes

Corinthians é eliminado do Paulistão após vitória da Inter de Limeira

02.03.2024 23:06 2 minutos de leitura
Visualizar

Navalny: o sopro de liberdade que desafia Putin

Catarina Rochamonte Visualizar

Confira os adversários de Grêmio e Inter nas quartas de final do Gauchão

Visualizar

Augusto Melo confirma que dívida do Corinthians com Rojas é de R$ 8 milhões

Visualizar

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Visualizar

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

Visualizar

Tags relacionadas

CCEE energia elétrica
< Notícia Anterior

Na França, militantes protestam contra palestra crítica ao wokismo

02.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

BPC: INSS planeja reformular benefício para idosos e deficientes

02.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Otávio Augusto

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Calendário PIS/PASEP 2024: saiba quem tem direito e como consultar o benefício

Calendário PIS/PASEP 2024: saiba quem tem direito e como consultar o benefício

02.03.2024 12:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Aberto Concurso Público da NOVACAP com 480 vagas em diversas áreas!

Aberto Concurso Público da NOVACAP com 480 vagas em diversas áreas!

02.03.2024 11:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
PIS/Pasep: saiba como ter direito e como receber o abono salarial

PIS/Pasep: saiba como ter direito e como receber o abono salarial

02.03.2024 11:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Simples Nacional: Mais de 650 mil Micro e Pequenas Empresas Incluídas em 2024

Simples Nacional: Mais de 650 mil Micro e Pequenas Empresas Incluídas em 2024

02.03.2024 11:00 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.