STF confirma decisão de Nunes Marques e nega soltura de presos por 8/1 STF confirma decisão de Nunes Marques e nega soltura de presos por 8/1
O Antagonista

STF confirma decisão de Nunes Marques e nega soltura de presos por 8/1

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 21.04.2024 15:21 comentários
Brasil

STF confirma decisão de Nunes Marques e nega soltura de presos por 8/1

Em julgamento realizado no plenário virtual, todos os ministros acompanharam o voto do ministro indicado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 21.04.2024 15:21 comentários 0
STF confirma decisão de Nunes Marques e nega soltura de presos por 8/1
Foto: Carlos Moura/SCO/STF

O Supremo Tribunal Federal confirmou uma decisão do ministro Kassio Nunes Marques (foto) que negou o pedido de um instituto para libertar os presos envolvidos nos ataques ocorridos em 8 de janeiro de 2023.

Em julgamento realizado no plenário virtual, todos os ministros acompanharam o voto do ministro indicado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro.

O pedido apresentado a Nunes Marques era um habeas corpus solicitando a soltura dos detidos em 8 de janeiro, com a imposição de medidas cautelares, e para que o caso fosse julgado pela Justiça Federal.

Em sua decisão, o ministro rejeitou o pedido, alegando que não pode conceder habeas corpus contra uma determinação de outro membro do Supremo Tribunal Federal.

O que diz Nunes Marques?

Nunes Marques afirmou que a jurisprudência da Suprema Corte estabelece que não se deve conhecer habeas corpus quando este é impetrado contra uma decisão de um ministro do STF ou contra um acórdão das turmas ou do plenário da corte.

Até o momento, 131 pessoas já foram condenadas pelos ataques ocorridos em 8 de janeiro, recebendo penas que variam de 3 a 17 anos de prisão. A Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentou mais de 1.400 denúncias contra os acusados dos ataques golpistas. No entanto, parte desses acusados pode se beneficiar de acordos de persecução penal, evitando assim julgamentos no STF.

Investigações

A Polícia Federal está atualmente conduzindo quatro frentes de investigação em relação aos ataques aos três poderes. Uma dessas frentes tem como objetivo identificar os possíveis autores intelectuais dos ataques, incluindo ações do ex-presidente Bolsonaro.

Outra frente visa mapear os financiadores e responsáveis pela logística do acampamento e transporte dos apoiadores de Bolsonaro para Brasília.

Mundo

Dona do "Call of Duty" é acusada de homicídio culposo por tiroteio em escola dos EUA

24.05.2024 22:26 3 minutos de leitura
Visualizar

Google revisa IA para corrigir erros bizarros

Visualizar

Inmet alerta: Junho deve ser a salvação do Rio Grande do Sul

Visualizar

Ivan Sant'anna na Crusoé: Terra de fronteira – Primeira parte

Visualizar

Boeing e NASA superam desafios e preparam 1° voo tripulado da Starliner

Visualizar

Rodolfo Borges na Crusoé: Um goleiro nunca é o bastante

Visualizar

< Notícia Anterior

Entendendo a Lei Cortez e o impacto no mercado editorial

21.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Mudanças da Netflix impactam o mercado de ações

21.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

O Antagonista é um dos principais sites jornalísticos de informação e análise sobre política do Brasil. Sua equipe é composta por jornalistas profissionais, empenhados na divulgação de fatos de interesse público devidamente verificados e no combate às fake news.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Inmet alerta: Junho deve ser a salvação do Rio Grande do Sul

Inmet alerta: Junho deve ser a salvação do Rio Grande do Sul

24.05.2024 21:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Facções avisam que vão vingar morte de crianças em BH

Facções avisam que vão vingar morte de crianças em BH

24.05.2024 20:58 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ministério Público vai recorrer de absolvição de Cláudio Castro

Ministério Público vai recorrer de absolvição de Cláudio Castro

24.05.2024 20:57 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Brasil ultrapassa 3 mil mortes por dengue em 2024

Brasil ultrapassa 3 mil mortes por dengue em 2024

24.05.2024 20:44 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.