O Antagonista

Sem apoio do Planalto, reforma administrativa deve ser engavetada

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 18.12.2023 06:30 comentários
Brasil

Sem apoio do Planalto, reforma administrativa deve ser engavetada

Líderes do Congresso tem classificado como “natimorta” a reforma administrativa proposta pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Ao longo de 2023, o parlamentar ficou isolado na defesa do tema...

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 18.12.2023 06:30 comentários 0
Sem apoio do Planalto, reforma administrativa deve ser engavetada
Foto: Marina Ramos / Câmara dos Deputados

Líderes do Congresso têm classificado como “natimorta” a reforma administrativa proposta pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

Ao longo de 2023, o parlamentar jogou politicamente com a proposta, que, caso viesse de fato a ser implementada, tiraria muito poder do próprio Lira — o que deixa no ar uma dúvida sobre seu real compromisso com as mudanças.

Em entrevista a Crusoé, por exemplo, Lira classificou este ano como o ideal para se tratar do assunto.

“O problema aqui é de narrativa. Os opositores de sempre, os que querem manter privilégios, e que são minoria do funcionalismo, passam versões mentirosas sobre como será e o que significa uma reforma administrativa para o país. Mas a reforma já aprovada na comissão especial da Câmara garante todos os direitos dos atuais servidores públicos. Não retira nenhum. E as novas regras só valerão para os que entrarem no funcionalismo após a promulgação da nova lei”, afirmou Lira a Crusoé ainda em agosto.

O jogo não colou. O parlamentar conversou com empresários e tentou atrair o presidente Lula. Na terça-feira da semana passada, durante evento promovido pela Confederação Nacional das Instituições Financeiras e pela Federação Brasileira de Bancos, Lira disse que a PEC da reforma administrativa era um “convite à transformação” e o “último pilar” das grandes reformas.

“Precisamos rever nossas despesas para frente, precisamos contratar novos entrantes com novas regras. Ao abordarmos reforma administrativa, estamos na verdade discutindo que tipo de país queremos que o Brasil seja no futuro, num futuro próximo. O Brasil não tem que ser o país do amanhã, tem que ser o país do hoje”, disse Lira.

Tudo em vão.

Para líderes partidários, como o tema não avançou em 2023, dificilmente ele será tratado em 2024, ano eleitoral. Em 2025, há poucas chances de a reforma sair do papel. Lira deixará a presidência da Casa no final de janeiro e os candidatos que estão postos a sucedê-lo não pretendem tratar desse tema.

Houve até uma tentativa de diálogo com a ministra da Gestão, Esther Dweck. Dweck, porém, instituiu um grupo de trabalho para que o Planalto encaminhe a sua reforma, com regras menos rígidas que a atual.

Hora de mudar de jogo.

Mais Lidas

1

Atentado a Trump: autoridade confirma 2 mortos, incluindo atirador

Visualizar notícia
2

Trump é retirado de comício após disparos de arma de fogo

Visualizar notícia
3

Atentado a Trump, o que dizem autoridades do mundo inteiro

Visualizar notícia
4

"Nos vemos na posse", diz Bolsonaro em mensagem sobre Trump

Visualizar notícia
5

Crusoé: Como o atentado a Trump impacta a campanha nos EUA

Visualizar notícia
6

Elon Musk manifesta apoio a Trump após disparos

Visualizar notícia
7

"Senti a bala rasgando a pele", diz Trump sobre atentado

Visualizar notícia
8

Atentado a Trump é investigado como tentativa de assassinato

Visualizar notícia
9

“O que vimos hoje é inaceitável”, diz Lula, sobre atentado a Trump

Visualizar notícia
10

Biden sobre atentado a Trump: "Esse tipo de violência é doentia"

Visualizar notícia

Tags relacionadas

Arthur Lira reforma administrativa
< Notícia Anterior

Roteiro Antagonista: O apagar das luzes

18.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Era Gonet deve começar com “descontaminação política” do MPF

18.12.2023 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Quem lacra não lucra? Maju Coutinho pode ser retirada do comando do Fantástico

Quem lacra não lucra? Maju Coutinho pode ser retirada do comando do Fantástico

13.07.2024 21:18 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
“O que vimos hoje é inaceitável”, diz Lula, sobre atentado a Trump

“O que vimos hoje é inaceitável”, diz Lula, sobre atentado a Trump

13.07.2024 21:06 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
BYD e GWM dominam top 10 de carros elétricos mais vendidos em 2024

BYD e GWM dominam top 10 de carros elétricos mais vendidos em 2024

13.07.2024 20:37 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Audi, BMW e outros carros usados com muito estilo por menos de R$ 50 Mil

Audi, BMW e outros carros usados com muito estilo por menos de R$ 50 Mil

13.07.2024 19:37 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.