O 'feriadão' da Câmara dos Deputados O 'feriadão' da Câmara dos Deputados
O Antagonista

O ‘feriadão’ da Câmara dos Deputados

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 29.04.2024 15:08 comentários
Brasil

O ‘feriadão’ da Câmara dos Deputados

Por conta do feriado do Dia do Trabalho, na quarta-feira, 1º, os parlamentares fecharam um acordo e não haverá sessão do plenário até o próximo dia 7

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 29.04.2024 15:08 comentários 0
O ‘feriadão’ da Câmara dos Deputados
Plenário da Câmara dos Deputados | Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

Já em clima da campanha eleitoral deste ano, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), resolveu liberar os deputados nesta semana. Por conta do feriado do Dia do Trabalho, na quarta-feira, 1º, os parlamentares fecharam um acordo e não haverá sessão do plenário da Câmara até o próximo dia 7 de maio.

Aos longos dos próximos dias, deputados pretendem dedicar suas agendas em seus redutos eleitorais e viabilizarem as costuras das eleições municipais. Já no Senado, os congressistas devem votar já em Plenário o novo Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse) nesta terça-feira, 30.

Os senadores devem ainda discutir projeto que retoma o seguro DPVAT, agora com nome de Seguro Obrigatório para Proteção de Vítimas de Acidentes de Trânsito (SPVAT). O projeto está na pauta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e, se aprovado, seguirá para o plenário no mesmo dia.

Como mostramos, proposta vai garantir a entrada de R$ 15,7 bilhões no caixa do governo ainda neste ano. Para viabilizar a votação, o Palácio do Planalto fechou um acordo que vai transferir R$ 3,6 bilhões do montante arrecadado para as emendas parlamentares.

O acordo vai viabilizar que o Congresso Nacional mantenha parte do veto do presidente Lula (PT) aos R$ 5,6 bilhões das emendas parlamentares no Orçamento. Com isso, deputados e senadores devem manter vetado os R$ 2 bilhões do montante. O texto já foi aprovado pela Câmara dos Deputados.

O que é o novo DPVAT?

O DPVAT foi extinto em 2021, no governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), quando a cobrança das indenizações foi zerada e os pagamentos, feitos com o saldo dos anos anteriores. Porém, a reserva acabou em novembro de 2023, quando o repasse das indenizações foi suspenso para quem sofreu consequências de acidentes a partir do dia 15 de novembro de 2023.

Segundo o governo, o projeto do novo DPVAT visa garantir a verba necessária para a continuação de novas indenizações por morte, invalidez permanente e reembolso reabilitação profissional após invalidez parcial e serviços funerários.

O novo modelo restringe ressarcimento por assistências médicas e suplementares, inclusive fisioterapia, medicamentos, equipamentos ortopédicos, órteses e próteses. Nesse caso, só haverá reembolso se o tratamento não estiver disponível pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na cidade onde mora a vítima do acidente.

O valor da indenização será definido pelo Conselho Nacional de Seguros Privados e, para receber, o beneficiário deverá apresentar documentos que comprovem o acidente e os danos sofridos. Depois disso, o operador do seguro terá até 30 dias para efetuar o pagamento. O valor será corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação, caso ultrapasse esse prazo.

Análise

Lula continua sendo humilhado por Maduro 

Carlos Graieb
21.05.2024 13:46 3 minutos de leitura
Visualizar

Opositor critica Netanyahu, mas repudia pedido de prisão e comparação com Hamas

Visualizar

Leilão: A bíblia de 1 milhão de Elvis Presley

Visualizar

Crusoé: Após crise diplomática, Milei vai sair para cantar

Visualizar

PF combate fraudes no Enem em Marabá

Visualizar

O "novo cangaço" na mira da polícia em SP

Visualizar

Tags relacionadas

Câmara dos Deputados Dia do Trabalho DPVAT feriado Perse
< Notícia Anterior

Afastado, John Kennedy não comparece a treino no Fluminense

29.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Em vitória do Bahia sobre o Grêmio, Rogerio Ceni elogia Kanu

29.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

O Antagonista é um dos principais sites jornalísticos de informação e análise sobre política do Brasil. Sua equipe é composta por jornalistas profissionais, empenhados na divulgação de fatos de interesse público devidamente verificados e no combate às fake news.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

PF combate fraudes no Enem em Marabá

PF combate fraudes no Enem em Marabá

21.05.2024 13:29 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
O "novo cangaço" na mira da polícia em SP

O "novo cangaço" na mira da polícia em SP

21.05.2024 13:07 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Presidente da FFMS Francisco Cezário é preso por desvio milionário

Presidente da FFMS Francisco Cezário é preso por desvio milionário

21.05.2024 13:04 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Moraes defende "regulamentação internacional" da IA para eleições

Moraes defende "regulamentação internacional" da IA para eleições

21.05.2024 12:46 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.