Moraes estende inquérito das milícias digitais pela 11ª vez Moraes estende inquérito das milícias digitais pela 11ª vez
O Antagonista

Moraes estende inquérito das milícias digitais pela 11ª vez

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 11.06.2024 07:48 comentários
Brasil

Moraes estende inquérito das milícias digitais pela 11ª vez

Instaurada em julho de 2021, a investigação terá mais 180 dias para ser concluída

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 11.06.2024 07:48 comentários 0
Moraes estende inquérito das milícias digitais pela 11ª vez
Foto: Alejandro Zambrana/Secom/TSE

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), prorrogou o inquérito das milícias digitais, que apura a existência de milícias digitais antidemocráticas e seu financiamento, pela décima primeira vez.

Instaurada em julho de 2021, a investigação terá mais 180 dias para ser concluída, registrou O Globo. A última prorrogação havia sido realizada em março.

Na quinta-feira, 6, a Polícia Federal enviou um ofício ao magistrado pedindo mais tempo para concluir o inquérito.

Ao conceder a prorrogação do prazo, Moraes afirmou que a dilação é necessária para o “prosseguimento das investigações, com a realização das diligências ainda pendentes”, mesma justificativa dada em março.

O inquérito das milícias digitais inclui as principais investigações sobre o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), como suposta tentativa de golpe de Estado, venda de joias recebidas pela Presidência e fraude em cartão de vacina.

Até Elon Musk é investigado do inquérito das milícias digitais

Bolsonaro não é o único investigado no inquérito que se prorroga desde 2021. Em abril, o bilionário sul-africano Elon Musk, dono da rede social X, também entrou para a lista de investigados de Moraes após ameaçar reativar perfis apagados por decisão judicial.

Em resposta a Musk, Moraes determinou a instauração de um inquérito para apurar a conduta do dono do X “em relação aos crimes de obstrução à Justiça, inclusive em organização criminosa” e “incitação ao crime”.

O ministro do STF também incluiu Musk como investigado no inquérito das milícias digitais, por suposta “dolosa instrumentalização criminosa da provedora de rede social ‘X’”.

Como mostrou Crusoé na reportagem A questão do X, a transformação de Elon Musk em um investigado da polícia brasileira situação quase cômica, porque não deverá acarretar nenhum contratempo maior ao bilionário e porque Musk notoriamente vive em busca de confusões desse tipo mostra como os célebres inquéritos do STF (ou do Xandão) ganharam vida própria.

Depois de tanto tempo da abertura do primeiro inquérito, é preciso que sejam concluídos e que os casos sejam levados a julgamento, absolvendo aqueles que tiverem de ser absolvidos e condenando aqueles cuja culpa puder ser desenhada com clareza.

Ao permanecerem abertos indefinidamente, eles deixam de ser produto de um momento histórico confuso e começam a se transformar em causa de um estado de exceção permanente no Brasil.

Brasil

Portabilidade de dívida do cartão de crédito é aprovada

23.06.2024 16:56 3 minutos de leitura
Visualizar

México assolado por onda de calor mortal

Visualizar

Bruno faz show na Bahia com totem de Marrone de papelão

Visualizar

Anatel toma medida drástica contra smartphones falsos

Visualizar

PT aciona STF contra escola cívico-militares de Tarcísio

Visualizar

Desafios táticos e mudanças no São Paulo sob o comando de Luis Zubeldía

Visualizar

Tags relacionadas

Alexandre de Moraes STF
< Notícia Anterior

Fábio Santos sobre situação do Corinthians: “Assustador”

11.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Concurso Imasul: 7,5 mil inscritos disputam vagas em MS

11.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Portabilidade de dívida do cartão de crédito é aprovada

Portabilidade de dívida do cartão de crédito é aprovada

23.06.2024 16:56 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Anatel toma medida drástica contra smartphones falsos

Anatel toma medida drástica contra smartphones falsos

23.06.2024 16:25 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
PT aciona STF contra escola cívico-militares de Tarcísio

PT aciona STF contra escola cívico-militares de Tarcísio

23.06.2024 16:20 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
A guerra entre facções criminosas no Ceará

A guerra entre facções criminosas no Ceará

23.06.2024 14:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.