Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro
O Antagonista

Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 26.02.2024 15:35 comentários
Brasil

Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro

Deputado federal do MDB manifestou interesse na cadeira de Moro e se apresenta como representante do agronegócio

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 26.02.2024 15:35 comentários 5
Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro
Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O número de candidatos interessados em ocupar o lugar do ex-juiz da Lava Jato, Sérgio Moro, no Senado está crescendo.

O senador Sérgio Moro (União Brasil-PR), corre o risco de ter seu mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). Segundo reportagem do Estadão, entre os interessados em assumir a vaga está o deputado federal Sergio Souza (MDB-PR).

Sergio Souza, que já foi senador entre 2011 e 2014, lançou sua candidatura e se apresenta como o representante do agronegócio. Caso seja confirmada a cassação do mandato de Sérgio Moro, haverá uma eleição suplementar para escolher seu substituto.

Outros interessados à vaga

Além de Sergio Souza, outros nomes também estão surgindo como possíveis candidatos. O ex-governador Roberto Requião (PT) já demonstrou interesse em disputar a eleição suplementar e está estudando a possibilidade de migrar para o PRD, partido recém-fundado que resultou na fusão entre o PTB e o Patriota.

Já o deputado estadual Requião Filho, também filiado ao PT, chegou a ser cogitado como possível candidato, porém não possui a mesma liberdade que seu pai para mudar de sigla.

A disputa pela vaga deixada por Sérgio Moro promete ser acirrada e é aguardada com expectativa pelos eleitores paranaenses.

Ricardo Barros pede apoio de Bolsonaro por vaga de Moro

O ex-líder do governo Jair Bolsonaro na Câmara Ricardo Barros (PP) pedi o apoio do ex-presidente da República para disputar o Senado na vaga de Sergio Moro, caso o ex-juiz seja cassado pela Justiça Eleitoral.

Na conversa com Bolsonaro, Barros afirmou ao ex-presidente que pesquisas internas apontam ele como o favorito na disputa.

Além de Barros, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, também tem grande interesse à vaga.

Julgamento de Sergio Moro

O desembargador presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), Sigurd Roberto Bengtsson, marcou a data de início do julgamento conjunto das duas ações que pedem a cassação do mandato do senador Sergio Moro (União Brasil-PR). O dia é 1º de abril, segundo O Globo.

Já foram reservadas três sessões para o julgamento: a da data inicial, assim como as de 3 e 8 de abril.

Ainda de acordo com o jornal, os juízes do TRE-PR tomaram duas decisões em uma reunião reservada antes do Carnaval: “ninguém terá acesso prévio ao voto do relator, Luciano Carrasco Falavinha; e cada um dos sete integrantes do TRE vai fazer questão de destrinchar o voto como forma de prestação de contas à sociedade”.

A cadeira de Sergio Moro

A cadeira no Senado é considerada estratégica e desperta interesse de diversos políticos. O resultado da eleição suplementar poderá trazer mudanças significativas para o cenário político do estado.

A cassação do mandato de Sérgio Moro ainda não foi confirmada e dependerá da decisão do TRE-PR. Caso isso ocorra, será necessário aguardar a convocação da eleição suplementar para que os candidatos possam oficializar suas candidaturas e iniciar a campanha eleitoral.

Mundo

Uso de bicicletas em Paris ultrapassa uso de carros

16.04.2024 20:05 3 minutos de leitura
Visualizar

EUA diz que China financia crise de fentanil americana

Visualizar

Gilmar Rinaldi x Neto: ex-goleiro expõe mágoa com apresentador

Visualizar

TSE adia julgamento de cassação de senador Jorge Seif

Visualizar

Empresário Rodrigo Carvalheira é indiciado por estupro

Visualizar

Senado aprova PEC das drogas; texto vai à Câmara

Wesley Oliveira Visualizar

Tags relacionadas

cassação julgamento Senado federal Sergio Moro Sérgio Souza TRE-PR
< Notícia Anterior

Deputado quer proibir a instalação de sessões eleitorais em sedes de sindicatos

26.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

"Estimativa de público tem caráter técnico", diz PM após ruídos

26.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (5)

Marcelo Augusto Monteiro Ferraz

2024-02-26 19:40:02

Apoiados, Noely e Marcos Antônio!!


Marcelo Augusto Monteiro Ferraz

2024-02-26 19:38:43

Abutres!!!!


AMARILDO BRAZ DAL PIZZOL

2024-02-26 16:20:37

Não sei porque tem gente que questiona as urnas eletrônicas se mesmo eleito com este dispositivo não consegue exercer seu mandato legítimo. Acho que deveriam abolir as eleições pois quando elegemos alguém fora do sistema dão um jeito de elimina-los.


Noely Fischer

2024-02-26 16:18:53

Nenhum desses aspirante ao cargo de Senador chega ao pés do excelentíssimo Sérgio Moro.


MARCOS ANTONIO RAINHO GOMES DA COSTA

2024-02-26 16:02:19

SERÁ QUE A CANALHADA VAI CONSEGUIR CASSAR UM SENADOR HONESTO QUE LUTA PELA DEMOCRACIA, SÓ PORQUE O CORRUPTO QUER VINGANÇA POR TER SIDO CONDENADO E PRESO?


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

TSE adia julgamento de cassação de senador Jorge Seif

TSE adia julgamento de cassação de senador Jorge Seif

16.04.2024 19:53 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Empresário Rodrigo Carvalheira é indiciado por estupro

Empresário Rodrigo Carvalheira é indiciado por estupro

16.04.2024 19:41 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Senado aprova PEC das drogas; texto vai à Câmara

Senado aprova PEC das drogas; texto vai à Câmara

Wesley Oliveira
16.04.2024 19:40 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Lira abre a porteira para a oposição

Lira abre a porteira para a oposição

16.04.2024 19:37 5 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.