O Antagonista

Humberto Costa entra com pedido de investigação contra PL

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 08.02.2024 15:23 comentários
Brasil

Humberto Costa entra com pedido de investigação contra PL

Senador alega que, de acordo com relatório da Polícia Federal, a sigla sofreu uma “instrumentalização”

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 08.02.2024 15:23 comentários 2
Humberto Costa entra com pedido de investigação contra PL
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O senador Humberto Costa (PT-PE) decidiu enviar uma representação à Procuradoria-Geral da República (PGR) na qual pede a abertura de uma investigação contra o Partido Liberal (PL). Nesta quinta-feira, 8, o presidente da sigla, Valdemar Costa Neto foi um dos alvos da Operação Tempus Veritatis, da Polícia Federal, que apura a existência de uma organização criminosa que atuou na tentativa de golpe de Estado e abolição do Estado Democrático de Direito.

O ex-presidente Jair Bolsonaro, atualmente filiado ao PL, também está entre os alvos.

Humberto alega que, de acordo com relatório da Polícia Federal, a sigla sofreu uma “instrumentalização” durante as eleições de 2022 para financiar uma estrutura de apoio à invalidação da vitória de Lula nas urnas.

“Estou enviando representação ao PGR para que abra investigação sobre a participação do PL em tentativa de golpe e abolição violenta do Estado democrático de Direito. Se comprovada a atuação, vou requerer a cassação do registro do partido por envolvimento em atividade criminosa”, registrou Humberto nas redes sociais.

Na representação enviada à PGR, o senador petista pede ainda uma análise “com profundidade e lupa” nas contas do partido, “pois os recursos do fundo partidário, em tese, podem ter sido desviados para o custeio e financiamento indevido dos atos antidemocráticos, com o objetivo ilícito de invalidar a eleição presidencial”.

Tanto endereços ligados a Valdemar quanto a sede do PL foram alvo de mandados de busca e apreensão. O presidente da sigla foi detido em flagrante, em Brasília, por posse irregular de arma de fogo.

No total, 33 mandados de busca e apreensão foram cumpridos, sendo quatro mandados de prisão preventiva e 48 medidas cautelares que incluem a proibição de manter contato com outros investigados.

As medidas incluem a proibição de se ausentar do país, com entrega dos passaportes no prazo de 24 horas, e a suspensão do exercício de funções públicas. Jair Bolsonaro é um dos que entregou o passaporte, segundo o advogado do ex-presidente, Paulo Bueno.

O despacho das ações foi assinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes.

Esportes

Corinthians é eliminado do Paulistão após vitória da Inter de Limeira

02.03.2024 23:06 2 minutos de leitura
Visualizar

Navalny: o sopro de liberdade que desafia Putin

Catarina Rochamonte Visualizar

Confira os adversários de Grêmio e Inter nas quartas de final do Gauchão

Visualizar

Augusto Melo confirma que dívida do Corinthians com Rojas é de R$ 8 milhões

Visualizar

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Visualizar

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

Visualizar

< Notícia Anterior

Dois generais cearenses foram alvos da operação Tempus Veritatis

08.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Virada de mesa: PF tem vídeo com sugestão de Heleno

08.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (2)

Nelson Pereira Cacheta

2024-02-08 15:58:12

Interessante. O partido dele rouba e ele pede justiça contra os adversários. Coisa louca.


saul simoes junior

2024-02-08 15:25:07

Vampiro quer ver sangue?


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

02.03.2024 21:41 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Influencer é preso por aplicar golpe de criptomoedas

Influencer é preso por aplicar golpe de criptomoedas

02.03.2024 21:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Projeto de lei quer Uber com no máximo 12 horas de trabalho

Projeto de lei quer Uber com no máximo 12 horas de trabalho

02.03.2024 21:09 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
“No escuro”, defesa de Bolsonaro reclama de constrangimento

“No escuro”, defesa de Bolsonaro reclama de constrangimento

02.03.2024 19:56 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.