O Antagonista

Virada de mesa: PF tem vídeo com sugestão de Heleno

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 08.02.2024 15:25 comentários
Brasil

Virada de mesa: PF tem vídeo com sugestão de Heleno

Segundo a PF, em reunião ocorrida em 5 de julho de 2022 houve a discussão de um plano golpista. Material estava com Mauro Cid

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 08.02.2024 15:25 comentários 8
Virada de mesa: PF tem vídeo com sugestão de Heleno
Foto José Cruz/Agência Brasil

A Polícia Federal tem um vídeo de uma reunião realizada em 5 de julho de 2022, antes do início do processo eleitoral, em que o ex-presidente Jair Bolsonaro pede aos ministros a divulgação de informações tidas como fraudulentas sobre o processo eleitoral.

Na visão da PF, essa reunião era uma espécie de preparativo para a execução de um plano supostamente golpista. O então ministro do GSI general Augusto Heleno afirma nessa reunião que “tudo tem que ser feito antes das eleições”. “Se tiver que dar soco na mesa é antes das eleições. Se tiver que virar a mesa é antes das eleições”.

As transcrições de trechos da reunião aparecem na decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes, que embasa a operação da PF que mira o ex-presidente e seus principais aliados. Como mostramos, a PF investiga a instituição de uma organização criminosa que teria atuado para dar um suposto golpe de estado em 8 de janeiro do ano passado.

O que tinha no vídeo encontrado pela PF?

No vídeo – encontrado pela PF em um computador de posse do tenente-coronel Mauro Cid -, o ex-presidente falar que orientou os 23 ministros a “não se omitir” diante de um cenário de polarização política.

“E eu tenho falado com os meus 23 ministros. Nós não podemos esperar chegar 23, olhar para trás e falar: o que que nós não fizemos para o Brasil chegar à situação de hoje em dia? Nós temos que nos expor. Cada um de nós. Não podemos esperar que outro façam por nós. Não podemos nos omitir. Nos calar. Nos esconder. Nos acomodar. Eu não posso fazer nada sem vocês. E vocês também patinam sem o Executivo”, declarou o ex-presidente.

“Daqui pra frente quero que todo ministro fale o que eu vou falar aqui, e vou mostrar. Se o ministro não quiser falar ele vai vim falar para mim porque que ele não quer falar”, declarou.

Teorias envolvem propinas de 50 milhões de dólares a ministros do STF

No encontro, Bolsonaro também cita teorias envolvendo os ministros do STF Edson Fachin e Alexandre de Moraes. O ex-presidente insinua – sem provas – que eles foram cooptados a interferir no processo eleitoral.

“Perder uma eleição não tem problema nenhum. Nós não podemos é perder a Democracia numa eleição fraudada! Olha o Fachin. Os cara não têm limite. Eu não vou falar que o Fachin tá levando 30 milhões de dólares. Não vou falar isso aí. O … que o Barroso tá levando 30 milhões de dólares. Não vou falar isso aí. Que o Alexandre de Moraes tá levando 50 milhões de dólares. Não vou falar isso aí. Não vou levar pra esse lado. Não tenho prova, pô! Mas algo esquisito está acontecendo”, disse Bolsonaro.

Pelo vídeo, alguns auxiliares diretos como Anderson Torres e Augusto Heleno, coadunam com as teses do ex-presidente da República. Heleno, por sua vez, vai além e declara:

“Não vai ter revisão do VAR. Então, o que tiver que ser feito tem que ser feito antes das eleições. Se tiver que dar soco na mesa é antes das eleições. Se tiver que virar a mesa é antes das eleições”, defende Heleno. “Eu acho que as coisas têm que ser feitas antes das eleições. E vai chegar a um ponto que nós não vamos poder mais falar. Nós vamos ter que agir. Agir contra determinadas instituições e contra determinadas pessoas. Isso pra mim é muito claro”, acrescenta.

Esportes

Alexandre Pato fala sobre os bastidores da sua saída do São Paulo

28.02.2024 23:00 2 minutos de leitura
Visualizar

Estátua de Daniel Alves é vandalizada em Juazeiro, sua cidade natal

Visualizar

A "epidemia geral" de Barroso

Visualizar

Flamengo considera vender Gabigol para lucrar com o atacante

Visualizar

Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

Visualizar

Atacante Yuri Alberto visita crianças com câncer no GACC

Visualizar

Tags relacionadas

agentes da PF Augusto Heleno Polícia Federal
< Notícia Anterior

Humberto Costa entra com pedido de investigação contra PL

08.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Padre de Osasco é um dos alvos da operação da PF que mira Bolsonaro

08.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (8)

Heitor M Picchioni

2024-02-08 20:42:59

Concordo com o Nelson, este negócio não vai dar certo para ninguém. Sabemos como está começando, o fim é uma incógnita. Muito sangue ou submissão, medo etc.


Heitor M Picchioni

2024-02-08 20:36:00

A moda são os vídeos fantasmas, vídeo do Moraes em Roma, vídeo do Dino no dia 8/01, agora vídeo do Bolsonaro, até o vídeo do G Dias q todo mundo viu virou fake era um sósia kkkkkk.


Francisco

2024-02-08 17:05:01

Depois falam que milico brasileiro não curte uma ditadura. Estamos mal mesmo, quando teremos uma opção minimamente decente e viável pra bater o luladrão?


Maglu Oliveira

2024-02-08 16:57:46

De tudo que li uma coisa é verdadeira: o Barroso mudou da água pro vinho. Ou pro vinagre. Nem imagino o que o tenha levado a isso. Vai saber.


saul simoes junior

2024-02-08 16:21:11

É essa a prova robusta? Será que a fita do aeroporto também estava na casa do Cid?


Antônio Carcos Zamith Junior

2024-02-08 16:14:54

Míticos doidos querendo capitão boçalnaro ditador. Aqui só 4 estrelas e não África. Ainda fizeram Lula cubano herói da democracia


Fabio A Busnardo

2024-02-08 16:12:00

Um lado extrapola, mas o Bozonaro e sua turma de golpistas também não facilitam, né... A elite que sempre dominou o país nunca esteve tão forte, principalmente com mais justificativas para obliterar quem for, graças ao bozonarismo.


Nelson Pereira Cacheta

2024-02-08 15:56:41

Isso não vai dar certo. Não vá ficar bem.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

A "epidemia geral" de Barroso

A "epidemia geral" de Barroso

28.02.2024 21:15 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

28.02.2024 20:45 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Shows de arrecadação eleitoral com artistas, determina TSE

Shows de arrecadação eleitoral com artistas, determina TSE

28.02.2024 20:16 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
STF vai decidir futuro da Uber no Brasil

STF vai decidir futuro da Uber no Brasil

28.02.2024 19:52 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.