Deputados estaduais também se viciaram em 'emendas Pix' Deputados estaduais também se viciaram em 'emendas Pix'
O Antagonista

Deputados estaduais também se viciaram em ’emendas Pix’

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 22.04.2024 08:07 comentários
Brasil

Deputados estaduais também se viciaram em ’emendas Pix’

Seguindo o exemplo do Congresso nacional, pelo menos 18 das 27 Assembleias Legislativas estaduais aderiram às 'emendas Pix'

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 22.04.2024 08:07 comentários 0
Deputados estaduais também se viciaram em ’emendas Pix’
Foto: Luiz Santana/ALMG

Seguindo o exemplo do Congresso nacional, pelo menos 18 das 27 Assembleias Legislativas estaduais aderiram às ’emendas Pix’, transferências diretas de deputados para municípios sem definição específica do uso do dinheiro pelas prefeituras, registrou O Globo.

O estado de Minas Gerais, segunda unidade mais populosa da federação, foi a primeira a reproduzir o modelo.

Segundo o jornal, desde 2019, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) pagou mais de 400 milhões de reais em transferências especiais — nome oficial das ’emendas Pix’. O ex-deputado e atual senador Cleitinho Azevedo (Republicanos) destinou, em uma só emenda, 4,5 milhões de reais para Divinópolis, cidade comandada por Gleidson Azevedo, irmão de Cleitinho.

“O único que transferiu uma emenda superior àquela de Cleitinho, no valor de 5,6 milhões de reais, foi o ex-deputado Léo Portela (PL), que tem como sucessora na Assembleia a irmã Alê Portela (PL). O dinheiro também foi para um reduto: o município de Engenheiro Caldas, de pouco mais de 10 mil pessoas, onde os irmãos foram os mais votados para deputado estadual em 2018 e 2022. Há dois anos, Alê teve quase metade dos sufrágios locais, patamar impressionante para cargos proporcionais — aos quais os candidatos disputam votos com outros milhares de concorrentes”, diz o jornal.

Demais estados

A exemplo de Minas Gerais, outros cinco aderiram ao modelo das ’emendas Pix’ em 2020. São eles: Alagoas, Rio Grande do Norte, Roraima, Santa Catarina e Sergipe.

Em 2021, foi a vez de Amazonas, Mato Grosso, Piauí, São Paulo, Tocantins e Ceará começarem a distribuir as emendas, enquanto Goiás, Paraíba, Acre, Maranhão, Pernambuco e Rondônia seguiram a modalidade em 2022 e 2023.

Emendas parlamentares

Assim como na esfera federal, o aumento das emendas parlamentares no orçamento também ganhou força nas assembleias estaduais.

Ao todo, os estados permitiram 9,5 bilhões de reais em leis orçamentárias em 2023. O destaque foi Minas Gerais, que autorizou 2,3 bilhões de reais para os deputados em emendas.

Na esfera federal, as emendas consumiram 47 bilhões de reais do orçamento da União.

Mundo

Triton: o novo submarino que vai levar dois milionários ao Titanic

29.05.2024 21:30 3 minutos de leitura
Visualizar

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

Visualizar

Robô frequenta escola no lugar de menino doente. Veja vídeo

Visualizar

Jaguatirica morre atropelada na SP-123

Visualizar

Chegou o imposto ‘do bem’

Visualizar

Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

Visualizar

Tags relacionadas

ALMG Assembleias Legislativas emendas Pix Minas Gerais Orçamento
< Notícia Anterior

Concurso CNJ: 60 vagas para técnico e analista. Inscreva-se

22.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Petrobras vai ajudar a cobrir rombo do governo

22.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

Moraes libera últimos dois presos da cúpula da PMDF do 8/1

29.05.2024 21:25 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Jaguatirica morre atropelada na SP-123

Jaguatirica morre atropelada na SP-123

29.05.2024 20:58 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

Enchentes em Porto Alegre: Estapar nega ressarcimento a veículos

29.05.2024 20:54 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Boulos, o mais rejeitado em São Paulo

Boulos, o mais rejeitado em São Paulo

29.05.2024 20:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.