Crusoé: Nome do MST deixa secretaria de abastecimento de Lula Crusoé: Nome do MST deixa secretaria de abastecimento de Lula
O Antagonista

Crusoé: Nome do MST deixa secretaria de abastecimento de Lula

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 10.06.2024 10:29 comentários
Brasil

Crusoé: Nome do MST deixa secretaria de abastecimento de Lula

Milton Fornazieri, que ocupava cargo em Ministério do Desenvolvimento Agrário de Paulo Teixeira, dá lugar a pesquisadora

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 10.06.2024 10:29 comentários 0
Crusoé: Nome do MST deixa secretaria de abastecimento de Lula
Paulo Teixeira e Milton Fornazieri, durante evento do MST. Foto Reprodução

Milton Fornazieri (foto) deixou nesta segunda-feira, 10, o cargo de secretário de Abastecimento, Cooperativismo e Soberania Alimentar do Ministério do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar. Fornazieri, ex-coordenador do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), teve sua exoneração publicada em portaria no Diário Oficial da União.

Em seu lugar, assume Ana Terra Reis, pesquisadora que tem como objeto de estudo o próprio MST e a reforma agrária no estado de São Paulo.

A troca ocorre no momento em que o Ministério comandado pelo petista Paulo Teixeira tem de lidar com um suspeito leilão de arroz, que adquiriu 263 mil toneladas do grão oferecidos por empresas como um mercado em Macapá. A compra foi feita pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), ligada diretamente à secretaria de Milton Fornazieri — ele ainda faz parte do quadro do conselho de Administração da companhia.

O objetivo da compra do grão seria, na versão oficial do governo, para repor o arroz que teria sido perdido pelas chuvas do Rio Grande do Sul. Estado responsável por 70% da produção nacional de arroz, a quebra de safra e perda do que já foi colhido em silos inundados poderia colocar a demanda nacional, hoje em 11 milhões de toneladas/ano, em risco.

Produtores gaúchos indicaram que o risco de desabastecimento é pequeno, e ex-presidentes da Conab cobraram dados técnicos atualizados e recentes da Conab que justifiquem o investimento de 1,3 bilhão em arroz. Comprado a cerca de 5 reais o quilo, o governo o venderá de maneira subsidiada, a 4 reais o quilo.

A estratégia de uso da Conab no governo do PT, intervindo no mercado com o aumento da oferta do grão do arroz, foi defendida por Edegar Pretto, o atual presidente da Conab e ele próprio ligado a uma família histórica do MST gaúcho.

Leia mais aqui; assine Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Mundo

Crusoé: como Ramaphosa conseguiu se manter no poder

16.06.2024 15:38 1 minuto de leitura
Visualizar

Aviação executiva tem crescimento exponencial no Brasil

Visualizar

CRICIÚMA X BAHIA: confira os horários e onde assistir ao jogo do Brasileirão

Visualizar

Pelo menos 20 mil pessoas foram resgatadas no Rio Grande do Sul

Visualizar

CUIABÁ X FORTALEZA: confira os horários e onde assistir ao jogo do Brasileirão

Visualizar

Abraços ajudam a diminuir hormônio do estresse

Visualizar

Tags relacionadas

arroz conab Crusoé MST paulo teixeira
< Notícia Anterior

A Europa virou à direita?

10.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Bolsa Família: rumo à estabilidade financeira

10.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Aviação executiva tem crescimento exponencial no Brasil

Aviação executiva tem crescimento exponencial no Brasil

16.06.2024 15:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Pelo menos 20 mil pessoas foram resgatadas no Rio Grande do Sul

Pelo menos 20 mil pessoas foram resgatadas no Rio Grande do Sul

16.06.2024 15:20 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Falta de vacinação em gestantes tem riscos sérios para bebês

Falta de vacinação em gestantes tem riscos sérios para bebês

16.06.2024 14:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Entenda caso Giovanna Antonelli em batalha judicial por IA

Entenda caso Giovanna Antonelli em batalha judicial por IA

16.06.2024 13:25 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.