O Antagonista

Comandante da FAB defende “investigação completa” de militares

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 11.02.2024 17:15 comentários
Brasil

Comandante da FAB defende “investigação completa” de militares

Tenente-brigadeiro Marcelo Kanitz Damasceno comenta operação da PF que investiga tentativa de golpe de Estado

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 11.02.2024 17:15 comentários 0
Comandante da FAB defende “investigação completa” de militares
Reprodução/TV Câmara SP

O comandante da Força Aérea Brasileira, tenente-brigadeiro Marcelo Kanitz Damasceno (foto) defendeu uma “investigação completa” dos militares suspeitos de participarem de uma tentativa de golpe no país.

Em entrevista ao jornal O Globo, Damasceno foi questionado sobre a Operação Tempus Veritatis, deflagrada na última quinta-feira, 8, pela Polícia Federal. Como mostramos, a operação teve 16 integrantes das Forças Armadas entre os alvos. O ex-comandante da Marinha Almir Garnier Santos é um deles.

Para o comandante da Aeronáutica, caso seja comprovada a participação de integrantes de sua tropa, haverá punição.

“O Comando da Aeronáutica coaduna com a necessidade de uma investigação completa, garantindo a ampla defesa e o contraditório a todos os envolvidos, seguindo o necessário rito processual previsto no ordenamento jurídico vigente”, afirmou. 

“Qualquer coisa que fira nossos diplomas disciplinares será punida. Para a Força Aérea, as notícias vieram a confirmar o papel institucional e constitucional de nossa organização.”

Segundo as investigações, os militares que foram alvo da operação teriam participado da elaboração de um golpe de Estado para obter vantagem de natureza política com a manutenção do ex-presidente Jair Bolsonaro no poder.

A Polícia Federal afirmou que as apurações apontam que o grupo investigado “se dividiu em núcleos de atuação para disseminar a ocorrência de fraude nas eleições presidenciais de 2022”, antes mesmo da realização do pleito, para “viabilizar e legitimar uma intervenção militar, em dinâmica de milícia digital”.

Além dos militares, Jair Bolsonaro, Valdemar Costa Neto, presidente nacional do PL, general Augusto Heleno, ex-ministro-chefe do GSI, Anderson Torres, ex-ministro da Justiça, e Walter Braga Netto, ex-ministro e candidato a vice-presidente em 2022, também estão entre os alvos.

Esportes

Jogando bem, Corinthians perde para Ponte Preta e se complica

25.02.2024 22:27 2 minutos de leitura
Visualizar

Cromossomo Y Está desaparecendo

Visualizar

Conheça a última área a ser mapeada nos EUA por ser inacessível

Visualizar

Estudo revela que povos tradicionais possuem a mesma felicidade de países ricos

Visualizar

Tite comenta caso de Daniel Alves

Visualizar

Casa Tody: loja de calçados fecha após 70 anos na Avenida Paulista

Visualizar

Tags relacionadas

FAB golpe de Estado Marcelo Kanitz Damasceno militares operação Polícia Federal Tempus Veritatis
< Notícia Anterior

Jornalista da Al Jazeera é comandante do Hamas, dizem FDI

11.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Bolsonaro tenta se descolar de Heleno

11.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

O Antagonista é um dos principais sites jornalísticos de informação e análise sobre política do Brasil. Sua equipe é composta por jornalistas profissionais, empenhados na divulgação de fatos de interesse público devidamente verificados e no combate às fake news.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (3)

Hélio Filho

2024-02-11 20:47:47

força armada que doideira, são fracos


Hélio Filho

2024-02-11 20:47:19

força ar


Marcia Elizabeth Brunetti

2024-02-11 17:49:18

Espero mesmo que apareçam autoridades do plano militar que consigam reestabelecer o respeito que antes tiveram. Depois desse fiasco, para dizer o mínimo, promovido pelo Bolsonaro, muitas instituições públicas foram manchadas com tintas não tão fáceis de limpar.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Casa Tody: loja de calçados fecha após 70 anos na Avenida Paulista

Casa Tody: loja de calçados fecha após 70 anos na Avenida Paulista

25.02.2024 21:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Conheça as mansões de famosos como Bruno Gagliasso e Simone Mendes disponíveis para aluguel

Conheça as mansões de famosos como Bruno Gagliasso e Simone Mendes disponíveis para aluguel

25.02.2024 20:55 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Tarcísio: “São Paulo ama vestir verde e amarelo”

Tarcísio: “São Paulo ama vestir verde e amarelo”

25.02.2024 20:18 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Deltan, Zema, Tarcísio, Malafaia; quem participou do ato de Bolsonaro

Deltan, Zema, Tarcísio, Malafaia; quem participou do ato de Bolsonaro

25.02.2024 19:57 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.