O Antagonista

Tempus Veritatis, a hora da verdade

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 08.02.2024 09:43 comentários
Brasil

Tempus Veritatis, a hora da verdade

Operação da PF Tempus Veritatis, que mirou Jair Bolsonaro e seu círculo mais próximo de apoiadores foi batizada com expressão em latim

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 08.02.2024 09:43 comentários 2
Tempus Veritatis, a hora da verdade
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

A operação que mirou o ex-presidente Jair Bolsonaro e seu círculo mais próximo de assessores, deflagrada nesta quinta-feira,8, leva o nome de “Tempus Veritatis”.

Em bom latim, “a hora da verdade” que teria chegado para o ex-presidente, seu ex-assessor para assuntos internacionais Filipe G. Martins (que foi preso), o general Augusto Heleno, ex-ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, e o ex-ministro-chefe da Casa Civil e da Defesa, o general Walter Braga Netto (ambos com pedidos de busca e apreensão).

Além de Filipe e o ex-integrante da segurança presidencial coronel Marcelo Câmara foram presos; o ex-comandante do chamado “Gabinete do Ódio” Tércio Arnaud também foi alvo de busca e apreensão pela Polícia Federal.

O passaporte de Jair

A Polícia Federal solicitou que o ex-presidente da República entregue seu passaporte em um prazo de 24 horas. A medida foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. Até o momento, não há a informação se a medida judicial determinada pelo magistrado foi cumprida ou não.

Hoje, policiais federais foram para a sua casa de veraneio, em Angra dos Reis, para executar a medida determinada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. Pela decisão do ministro do STF, Bolsonaro também está proibido de manter contato com os demais alvos da operação. Entre eles está Valdemar Costa Neto, presidente nacional do PL, partido de Bolsonaro.

A operação “hora da verdade”

Segundo a PF, essa operação Tempus Veritatis (“A hora da Verdade”) também tem como objetivo apurar se esse grupo obteve vantagem de natureza política com a manutenção do então presidente da República Jair Bolsonaro no poder. A investigação mira, especificamente, a utilização da narrativa de que houve fraudes nas urnas para tentar se estabelecer um clima de instabilidade política no país.

A polícia informou que estão sendo cumpridos 33 mandados de busca e apreensão, quatro mandados de prisão preventiva e 48 medidas cautelares diversas da prisão, que incluem a proibição de manter contato com os demais investigados, proibição de se ausentarem do país, com entrega dos passaportes no prazo de 24 horas e suspensão do exercício de funções públicas.

Brasil

Corpo de policial militar que desapareceu durante pescaria é encontrado em Goiás

05.03.2024 08:26 2 minutos de leitura
Visualizar

Suspeito de integrar facção criminosa é preso em Paraíba do Sul

Visualizar

Cuca a Gleisi: “Conhece bem os efeitos de uma descondenação”

Visualizar

Novas oportunidades de Concursos Públicos: Vagas em diversas funções com salários atrativos

Visualizar

Haddad tentará "explicar" reonerações a deputados, de novo

Visualizar

Declaração anual do MEI: entenda qual o efeito no seu Imposto de Renda 2024

Visualizar

< Notícia Anterior

Preso na Paraíba "Mustang", chefe do tráfico no Conjunto do Amarelinho no Rio de Janeiro

08.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Escala de violência e apagão de redes móveis: Eleições tensas no Paquistão

08.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (2)

Pedro Boer

2024-02-08 11:59:12

Será que a corda já não está esticada de mais? rs


saul simoes junior

2024-02-08 10:32:39

Fumus consultis Toffoli !


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Corpo de policial militar que desapareceu durante pescaria é encontrado em Goiás

Corpo de policial militar que desapareceu durante pescaria é encontrado em Goiás

05.03.2024 08:26 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Suspeito de integrar facção criminosa é preso em Paraíba do Sul

Suspeito de integrar facção criminosa é preso em Paraíba do Sul

05.03.2024 08:18 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Cuca a Gleisi: “Conhece bem os efeitos de uma descondenação”

Cuca a Gleisi: “Conhece bem os efeitos de uma descondenação”

05.03.2024 08:09 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Novas oportunidades de Concursos Públicos: Vagas em diversas funções com salários atrativos

Novas oportunidades de Concursos Públicos: Vagas em diversas funções com salários atrativos

05.03.2024 08:07 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.