O Antagonista

Escala de violência e apagão de redes móveis: Eleições tensas no Paquistão

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 08.02.2024 09:48 comentários
Mundo

Escala de violência e apagão de redes móveis: Eleições tensas no Paquistão

Saiba tudo sobre a tensa situação política no Paquistão: do apagão das redes móveis ao fechamento de fronteiras, e como isso afeta as eleições.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 08.02.2024 09:48 comentários 0
Escala de violência e apagão de redes móveis: Eleições tensas no Paquistão
Fonte: Getty Images

O Paquistão, um dos maiores países da Ásia do Sul, teve uma quinta-feira nervosa nesta quinta-feira (8). O governo país tomou a decisão de suspender temporariamente os serviços de telefonia móvel em todo o território nacional e fechar algumas das suas fronteiras terrestres. A medida foi tomada numa tentativa de garantir a segurança e manter a lei e a ordem durante as votações da eleição nacional, que foram precedidas por um aumento preocupante em incidentes violentos.

A escalada de violência em meio às eleições

Na trágica véspera da eleição, 26 pessoas perderam a vida em duas explosões ocorridas nas proximidades dos escritórios dos candidatos eleitorais na província do Baluchistão, situada no sudoeste do país. O grupo radical Estado Islâmico assumiu a responsabilidade pelos atentados. Ao mesmo tempo em que o país enfrenta uma séria crise econômica, o ambiente político também se mostra altamente polarizado, deixando muitos analistas sob a crença de que é improvável que haja um vencedor claro nestas eleições.

Em reação à escalada de violência, milhares de soldados foram destacados para as assembleias de votação em todo o país e as fronteiras com o Irã e o Afeganistão foram temporariamente fechadas, tudo para facilitar a realização pacífica das eleições. “Como resultado dos recentes incidentes de terrorismo no país, vidas preciosas foram perdidas; as medidas de segurança são essenciais para manter a situação da lei e da ordem e lidar com possíveis ameaças”, disse o Ministério do Interior em uma declaração.

Reações ao apagão das redes móveis

No entanto, a decisão de suspender as redes móveis enfrentou críticas de líderes de partidos da oposição. Bilawal Bhutto Zardari, do Partido Popular do Paquistão e filho do antigo primeiro-ministro Benazir Bhutto, apelou para a “restauração imediata” dos serviços. Em meio a este cenário conturbado, os primeiros resultados não oficiais das eleições são esperados algumas horas após o encerramento da votação, às 17h (horário local), e uma imagem mais clara provavelmente surgirá na manhã de sexta-feira.

As principais disputas deverão ser entre candidatos apoiados por Imran Khan, ex-primeiro ministro e líder do partido Paquistão Tehreek-e-Insaf (PTI), e a Liga Muçulmana do Paquistão, do ex-primeiro-ministro Nawaz Sharif – este último é considerado o favorito. O resultado desta eleição será determinante para o futuro do Paquistão e para o desenrolar da ainda profunda crise econômica que assola o país.

Esportes

Alexandre Pato fala sobre os bastidores da sua saída do São Paulo

28.02.2024 23:00 2 minutos de leitura
Visualizar

Estátua de Daniel Alves é vandalizada em Juazeiro, sua cidade natal

Visualizar

A "epidemia geral" de Barroso

Visualizar

Flamengo considera vender Gabigol para lucrar com o atacante

Visualizar

Lula continua a ecoar o Hamas: “Genocídio”

Visualizar

Atacante Yuri Alberto visita crianças com câncer no GACC

Visualizar

Tags relacionadas

apagão eleições Paquistão redes móveis violência
< Notícia Anterior

Tempus Veritatis, a hora da verdade

08.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Bolsonaristas reagem: “A ‘democracia relativa’ acordou sedenta”

08.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Estação Espacial Internacional terá uma mulher na gerência pela primeira vez

Estação Espacial Internacional terá uma mulher na gerência pela primeira vez

28.02.2024 20:14 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Suprema Corte vai julgar caso de imunidade de Trump

Suprema Corte vai julgar caso de imunidade de Trump

28.02.2024 19:28 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Rússia ameaça adotar ação militar caso Suécia entre na OTAN

Rússia ameaça adotar ação militar caso Suécia entre na OTAN

28.02.2024 19:21 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Um morto e dois desaparecidos após problemas em barco de migrantes no Canal da Mancha

Um morto e dois desaparecidos após problemas em barco de migrantes no Canal da Mancha

28.02.2024 18:36 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.