Centenas de prisões são feitas por reconhecimento facial, mesmo sem regulamentação Centenas de prisões são feitas por reconhecimento facial, mesmo sem regulamentação
O Antagonista

Centenas de prisões são feitas por reconhecimento facial, mesmo sem regulamentação

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 17.05.2024 16:30 comentários
Brasil

Centenas de prisões são feitas por reconhecimento facial, mesmo sem regulamentação

Atualmente, diversos estados brasileiros utilizam a tecnologia.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 17.05.2024 16:30 comentários 0
Centenas de prisões são feitas por reconhecimento facial, mesmo sem regulamentação
Centenas prisões são feitas por reconhecimento facial, mesmo sem regulamentação. Foto: Joseph Mucira por Pixabay

O uso de tecnologia de reconhecimento facial pelo estado levanta importantes questões sobre privacidade e legalidade por conta da prisão de milhares de pessoas mesmo sem a existência de uma regulamentação sobre sua utilização.

Com 1.547 prisões registradas apenas na Bahia até o momento, o assunto é cada vez mais urgente.

Atualmente, diversos estados brasileiros utilizam o reconhecimento facial para realizar prisões.

Enquanto a Bahia lidera em número de detenções através desta tecnologia, outros estados como São Paulo, Rio de Janeiro, e Roraima também já implementaram o sistema em diversos eventos e operações policiais.

Problemas identificados com o uso do reconhecimento facial

As tecnologias de reconhecimento facial têm sido criticadas devido aos riscos de erros, especialmente devido ao viés racial que pode afetar desproporcionalmente indivíduos negros e pardos.

Além disso, a falta de legislação específica sobre o tema coloca em risco a privacidade e a segurança dos dados pessoais dos cidadãos.

Estados que não forneceram dados detalhados sobre o uso do reconhecimento facial revelam uma transparência insuficiente.

Essa ausência de clareza impede um entendimento completo do impacto dessa tecnologia na sociedade.

Regulação é essencial para o uso ético da tecnologia

A ausência de uma regulação não apenas permite o uso indiscriminado da tecnologia, mas também falha em garantir a proteção contra abusos.

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), por exemplo, é um passo importante, mas ainda insuficiente para cobrir especificidades do uso governamental de biometria facial.

Discussões legislativas e futuro da tecnologia

Legisladores têm proposto projetos de lei para regular de forma mais eficaz o uso do reconhecimento facial no país, como os de autoria do deputado Coronel Armando e do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

Tais propostas são cruciais para assegurar que o uso desta tecnologia seja feito dentro de um contexto ético e legal, garantindo a privacidade e direitos dos cidadãos.

Contudo, a criação de uma regulamentação clara e justa é fundamental para que a tecnologia de reconhecimento facial possa ser usada de maneira responsável e eficaz, garantindo a segurança sem comprometer direitos fundamentais.

Mundo

Ex-deputado brasileiro cassado nos EUA ressurge no OnlyFans

19.06.2024 20:17 3 minutos de leitura
Visualizar

Funcionário corta a energia de morador e para no hospital após agressão

Visualizar

Supermercado em Porto Alegre é multado por vender produtos danificados pela enchente

Visualizar

Naldo Benny conta como trouxe Miley Cyrus pro Brasil

Visualizar

Vídeo: Paciente sedada é estuprada em clínica psiquiátrica

Visualizar

Jovem médica morre em acidente assustador em Campo Grande

Visualizar

Tags relacionadas

prisões reconhecimento facial regulamentação
< Notícia Anterior

Portal de transparência do STF sai do ar após questionamentos

17.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Explosão em academia militar na Rússia deixa feridos

17.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Funcionário corta a energia de morador e para no hospital após agressão

Funcionário corta a energia de morador e para no hospital após agressão

19.06.2024 20:10 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Supermercado em Porto Alegre é multado por vender produtos danificados pela enchente

Supermercado em Porto Alegre é multado por vender produtos danificados pela enchente

19.06.2024 20:01 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Vídeo: Paciente sedada é estuprada em clínica psiquiátrica

Vídeo: Paciente sedada é estuprada em clínica psiquiátrica

19.06.2024 19:57 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Jovem médica morre em acidente assustador em Campo Grande

Jovem médica morre em acidente assustador em Campo Grande

19.06.2024 19:52 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.