O Antagonista

Após governo Lula esnobar vacina, fabricante promete priorizar SUS

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 06.02.2024 10:19 comentários
Brasil

Após governo Lula esnobar vacina, fabricante promete priorizar SUS

A decisão envolve a suspensão de contratos diretos com estados e municípios, restringindo o fornecimento da vacina na rede privada

avatar
Redação O Antagonista
4 minutos de leitura 06.02.2024 10:19 comentários 1
Após governo Lula esnobar vacina, fabricante promete priorizar SUS
Foto: Rogério Vidmantas/Pref. de Dourados

A Takeda, empresa farmacêutica responsável pela produção da vacina contra a dengue, anunciou em comunicado oficial que dará prioridade ao atendimento dos pedidos do Ministério da Saúde no fornecimento dos imunizantes.

A decisão envolve a suspensão de contratos diretos com estados e municípios, restringindo o fornecimento da vacina na rede privada apenas para suprir a demanda das pessoas que já receberam a primeira dose e precisam completar o esquema vacinal com a segunda dose após três meses.

A medida foi tomada levando em consideração a inclusão da vacina contra a dengue no Sistema Único de Saúde (SUS) e o aumento significativo dos casos de dengue em diversas regiões do país.

O que diz a fabricante japonesa?

Em linha com o princípio da equidade na saúde, a Takeda está comprometida em apoiar as autoridades de saúde, portanto seus esforços estão voltados para atender a demanda do Ministério da Saúde, conforme a estratégia vacinal definida pelo Departamento do Programa Nacional de Imunizações (DPNI) que considera faixa etária e regiões para receberem a vacina. Conforme já anunciado, temos garantida a entrega de 6,6 milhões de doses para o ano de 2024 e o provisionamento de mais 9 milhões de doses para o ano de 2025. Em paralelo, estamos buscando todas as soluções possíveis para aumentar o número de doses disponíveis no país, e não mediremos esforços para isso“, diz o comunicado.

A decisão da Takeda não afetará os compromissos previamente estabelecidos com os municípios antes da incorporação da vacina contra a dengue ao SUS, ressaltou a empresa.

Segundo informações da farmacêutica, a expectativa é que o fornecimento global da vacina Qdenga atinja a marca de 100 milhões de doses por ano até 2030. Para alcançar esse objetivo, está prevista a inauguração de um novo centro internacional dedicado à produção de vacinas na Alemanha, programado para ser lançado em 2025.

Governo Lula esnobou a vacina japonesa

Em julho do ano passado, o Ministério da Saúde disse que a vacina contra a dengue produzida pelo laboratório japonês Takeda, autorizada pela Anvisa, ainda precisava de análise e que ela poderia demorar até um ano para ser incorporada ao sistema público.

O governo, em meio a recordes de casos da doença, preferiu priorizar uma vacina que estava sendo produzida pelo Instituto Butantan desde 2009. O imunizante nem sequer teve a pesquisa finalizada e pode vir a ser liberado pela Anvisa apenas em 2025.

Vacinação

A partir da próxima semana, as doses da Takeda começarão a ser distribuídas para 521 municípios selecionados pelo Ministério da Saúde, dando início à vacinação na rede pública.

Essas cidades fazem parte de um total de 37 regiões de saúde que são consideradas endêmicas para a doença. Serão imunizadas crianças e adolescentes com idades entre 10 e 14 anos, faixa etária que apresenta maior número de hospitalizações por dengue, ficando atrás apenas dos idosos.

A dengue no Brasil

O Brasil enfrenta uma explosão de casos de dengue, levando o Distrito Federal e três estados, além do município do Rio de Janeiro, a decretarem situação de emergência em virtude da doença. Na última sexta-feira, 3, o Ministério da Saúde inaugurou o Centro de Operações de Emergência (COE) contra a dengue em Brasília.

Com informações da Agência Brasil

Mundo

Estado de emergência no Haiti: Gangues comandam a capital

05.03.2024 07:54 2 minutos de leitura
Visualizar

Imagens falsas de Trump com eleitores negros circulam nas redes

Alexandre Borges Visualizar

De Arrascaeta fala sobre possibilidade de jogar na Europa

Visualizar

Concurso PM MG 2024: 180 Vagas para curso de formação de oficiais com salário inicial de R$7.175,30

Visualizar

Bolsa Família: saiba se os beneficiários precisam declarar Imposto de Renda

Visualizar

Superterça: última chance de Nikki Haley

Visualizar

Tags relacionadas

Dengue Ministério da Saúde Qdenga Takeda Vacina contra a dengue
< Notícia Anterior

Biden diz que encontrou recentemente presidente francês que morreu em 1996

06.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Comissão de Segurança Pública do Senado analisa PL da 'saidinha'

06.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Hélio Filho

2024-02-06 10:30:56

genocida lula


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Concurso PM MG 2024: 180 Vagas para curso de formação de oficiais com salário inicial de R$7.175,30

Concurso PM MG 2024: 180 Vagas para curso de formação de oficiais com salário inicial de R$7.175,30

05.03.2024 07:34 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Bolsa Família: saiba se os beneficiários precisam declarar Imposto de Renda

Bolsa Família: saiba se os beneficiários precisam declarar Imposto de Renda

05.03.2024 07:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Jornais destacam regulamentação do transporte por app

Jornais destacam regulamentação do transporte por app

05.03.2024 07:24 1 minuto de leitura
Visualizar notícia
Você pode ajudar a encontrar Cleusa, uma das desaparecidas do Brasil

Você pode ajudar a encontrar Cleusa, uma das desaparecidas do Brasil

05.03.2024 07:12 1 minuto de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.