O Antagonista

Comissão de Segurança Pública do Senado analisa PL da ‘saidinha’

avatar
Wesley Oliveira
2 minutos de leitura 06.02.2024 10:38 comentários
Brasil

Comissão de Segurança Pública do Senado analisa PL da ‘saidinha’

Além de acabar com o benefício para os presos, a proposta prevê a realização de exame criminológico para a progressão de regime

avatar
Wesley Oliveira
2 minutos de leitura 06.02.2024 10:38 comentários 1
Comissão de Segurança Pública do Senado analisa PL da ‘saidinha’
Foto: Divulgação/Polícia Penal Federal

A Comissão de Segurança Pública do Senado discute nesta terça-feira, 6, projeto que extingue o benefício da saída temporária de presos. Apelidado de PL da ‘saidinha’, a proposta já foi aprovada pela Câmara dos Deputados.

Além de acabar com o benefício para os presos, a proposta prevê a realização de exame criminológico para a progressão de regime e o uso de tornozeleira eletrônica em presos dos regimes aberto e semiaberto ou em progressão para esses regimes. O texto já recebeu relatório favorável do senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ).

Atualmente, a norma em vigor dá ao juiz a possibilidade de fazer uma análise individualizada sobre o uso da tornozeleira eletrônica em cada caso. Para o senador Flávio Bolsonaro, a experiência de outros países justifica a mudança na legislação brasileira.

Parado há mais de um ano no Senado, o PL da saidinha ganhou fôlego no começo deste ano, depois que o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), prometeu dar celeridade à proposta. Segundo ele, a legislação tem “pretexto de ressocializar”, mas serve “como meio para a prática de mais crimes”.

Depois da última “saidinha” de fim de ano, 255 presos do Rio de Janeiro e 321 de São Paulo não retornaram aos presídios. O policial Roger Dias da Cunha, de 29 anos, por exemplo, morreu no começo de janeiro, depois de ser baleado na cabeça durante confronto em Belo Horizonte (MG). Os autores dos disparos deveriam ter retornado à prisão depois da saída de fim de ano.

Esportes

Corinthians é eliminado do Paulistão após vitória da Inter de Limeira

02.03.2024 23:06 2 minutos de leitura
Visualizar

Navalny: o sopro de liberdade que desafia Putin

Catarina Rochamonte Visualizar

Confira os adversários de Grêmio e Inter nas quartas de final do Gauchão

Visualizar

Augusto Melo confirma que dívida do Corinthians com Rojas é de R$ 8 milhões

Visualizar

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Visualizar

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

Visualizar

Tags relacionadas

Comissão de Segurança Pública Flávio Bolsonaro Rodrigo Pacheco saidão de Natal Senado federal
< Notícia Anterior

Após governo Lula esnobar vacina, fabricante promete priorizar SUS

06.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Por que Bolsonaro reformou sua casa de praia em Angra dos Reis

06.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Wesley Oliveira

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

ALDO FERREIRA DE MORAES ARAUJO

2024-02-07 06:14:43

Torcer para a esquerdalha amiga dos bandidos não desvirtue o projeto.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

02.03.2024 21:41 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Influencer é preso por aplicar golpe de criptomoedas

Influencer é preso por aplicar golpe de criptomoedas

02.03.2024 21:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Projeto de lei quer Uber com no máximo 12 horas de trabalho

Projeto de lei quer Uber com no máximo 12 horas de trabalho

02.03.2024 21:09 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
“No escuro”, defesa de Bolsonaro reclama de constrangimento

“No escuro”, defesa de Bolsonaro reclama de constrangimento

02.03.2024 19:56 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.