O Antagonista

A pré-campanha de Boulos é um carnaval

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 12.02.2024 09:05 comentários
Brasil

A pré-campanha de Boulos é um carnaval

Leques distribuídos em blocos de carnaval de São Paulo fazem alusão a um bordão do deputado federal e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo; propaganda eleitoral só vale a partir de 16 de agosto, informa TSE

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 12.02.2024 09:05 comentários 6
A pré-campanha de Boulos é um carnaval
Foto: Reprodução/ X

Ao menos três blocos de carnaval de rua de São Paulo distribuíram no domingo, 11, leques (foto) que aludem a um bordão do deputado federal e pré-candidato à Prefeitura da capital paulista Guilherme Boulos (PSOL-SP), informa a Folha de S.Paulo.

Os leques expõem as expressões “Fica, vai ter bolo” e “São Paulo mais gostoso com bolo” — nos dois casos, a palavra “bolo” é simbolizada por um ilustração. O trocadilho com o nome do deputado federal já serviu de mote para um podcast protagonizado pelo pré-candidato, “Café com Boulos”, e costuma ser usado pelo seus apoiadores.

“O brinde foi distribuído no bloco Prato do Dia, em Santa Cecília (região central da cidade), no Explode Coração, que ocupou a avenida São Luís, e no Bloco do Fuá, também no centro. Os itens foram entregues aos foliões sem menção ao candidato nem às eleições municipais. No caso do Fuá, porém, Boulos estava presente no desfile do bloco”, registrou a Folha.

Só começa em 16 de agosto

O jornal informa ainda que outros 31 blocos de carnaval apoiam o pré-candidato do PSOL, que se esquiva de qualquer envolvimento com a ação. Boulos esteve em blocos da capital paulista no fim de semana e foi aclamado em alguns deles aos gritos de “prefeito”. Marta Suplicy, que voltou ao PT para ser sua companheira de chapa, não apareceu nas festas.

Neste ano, a propagada eleitoral só poderá ser feita a partir de 16 de agosto, “data posterior ao término do prazo para o registro de candidaturas”, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“A data é um marco para que todos os postulantes iniciem as campanhas de forma igualitária. Até lá, qualquer publicidade ou manifestação com pedido explícito de voto pode ser considerada irregular e é passível de multa”, informa o tribunal. 

As eleições municipais de 2024 serão realizadas no dia 6 de outubro. 

Vale tudo no Carnaval, menos propaganda eleitoral antecipada…

Esportes

Confira a classificação geral do Paulistão 2024 na 10° rodada

29.02.2024 19:00 2 minutos de leitura
Visualizar

União sai fortalecido para as eleições, diz Efraim

Júlia Schiaffarino Visualizar

Candidato de Dino em São Luís terá apoio do PT e do PL de Bolsonaro

Wesley Oliveira Visualizar

Incrível arrancada da Inter de Milão! Quebra de recorde de vitórias no futebol italiano!

Visualizar

Consórcio de empresa chinesa vence leilão de trem SP-Campinas

Visualizar

EUA refutam preparação nuclear da Rússia frente a ameaças de Putin

Visualizar

Tags relacionadas

carnaval eleições 2024 Guilherme Boulos prefeitura de São Paulo
< Notícia Anterior

Saiba como garantir benefícios do INSS como Microempreendedor Individual MEI

12.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Conflito de opiniões se acirra entre mulheres muçulmanas na Índia com a adoção de Código Civil Uniforme

12.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (6)

Marian

2024-02-12 11:41:25

Campanha antecipada não é?


EUD

2024-02-12 10:09:13

ÔÔ!! GALERA, TRATA-SE DE "BOLO FECAL". CAI FORA !!!!!!!!!


Marcia Elizabeth Brunetti

2024-02-12 09:59:50

De onde está saindo o dinheiro para essa pré-campanha? Para ele provavelmente ninguém fará nenhuma investigação. Já para os desafetos, como Moro, já está quase fora do Senado. Como é difícil engolir tanta injustiça.


saul simoes junior

2024-02-12 09:19:20

Já tem dinheiro a rodo!!! com 1 ano imagina daqui há 4


Jorge Alberto da Cunha Rodrigues

2024-02-12 09:18:47

Dificilmente a "Justiça" eleitoral irá se mobilizar contra a campanha eleitoral antecipada e ilegal do Boulos. Se a campanha fosse feita por um político que não agrada ao sistema, casos do Deltan Dallagnol e Sérgio Moro, a impugnação da candidatura seria certa.


kaka

2024-02-12 09:15:10

Isto nao caracteriza campanha antecipada. Ou pra esta gentalha de esquerda isto nao vale! Denocracia relativa.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

União sai fortalecido para as eleições, diz Efraim

União sai fortalecido para as eleições, diz Efraim

Júlia Schiaffarino
29.02.2024 18:59 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Candidato de Dino em São Luís terá apoio do PT e do PL de Bolsonaro

Candidato de Dino em São Luís terá apoio do PT e do PL de Bolsonaro

Wesley Oliveira
29.02.2024 18:57 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Consórcio de empresa chinesa vence leilão de trem SP-Campinas

Consórcio de empresa chinesa vence leilão de trem SP-Campinas

29.02.2024 18:29 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Febre Oropouche tem primeiro paciente confirmado no RJ

Febre Oropouche tem primeiro paciente confirmado no RJ

29.02.2024 18:21 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.