O Antagonista

PT versus PL, ou o roto falando mal do esfarrapado 

avatar
Carlos Graieb
3 minutos de leitura 09.02.2024 15:45 comentários
Análise

PT versus PL, ou o roto falando mal do esfarrapado 

Político petista sugere cassar registro do partido adversário e faz de conta que sua própria legenda não atentou contra a democracia

avatar
Carlos Graieb
3 minutos de leitura 09.02.2024 15:45 comentários 3
PT versus PL, ou o roto falando mal do esfarrapado 
(Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)

O senador Humberto Costa (PT-PE) sugeriu na quinta-feira, 8, que o Partido Liberal (PL) deveria ter o seu registro cassado. Ele pediu à Procuradoria Geral da República (PGR) que investigue a legenda pelo financiamento de atividades “ilegais e criminosas” com a finalidade de minar a confiança no sistema eleitoral.  

Eu acredito que o PT deveria ter tido o seu registro cassado ali por volta de 2016. Afinal de contas, àquela altura estava mais do que evidente que o partido havia financiado suas atividades por vias “ilegais e criminosas”, recebendo dinheiro desviado da Petrobras.

Como mandava na estatal, o PT tem de ser visto como o principal responsável pelo esquemão corrupto implantado em suas diretorias. Poderia tê-lo extirpado. Preferiu se locupletar.

Mentiras e fraudes

A legislação brasileira é absolutamente leniente com falcatruas partidárias. Ainda assim, uma das quatro causas que podem levar ao cancelamento do registro de um partido é “não ter prestado, nos termos desta lei, as devidas contas à Justiça Eleitoral” (as outras dizem respeito à ligação com entidades ou governos estrangeiros e à criação de organismos paramilitares).  

Se alguém tivesse instado a PGR a olhar as contas do PT sob essa ótica, seria forçoso reconhecer que elas eram uma pilha de mentiras e fraudes – e que isso atentava contra o funcionamento normal da democracia.  

Infelizmente, nenhum político teve a coragem de fazer esse pedido naquela época (provavelmente por temer que encontrassem sujeira parecida em sua própria casa). Mas cara de pau não falta aos petistas.  

Endurecer a lei

Estou defendendo o PL? Não, estou apontando a pilantrice do PT, uma necessidade cansativa e cotidiana.  

O que defendo é o endurecimento das leis que punem os abusos partidários. Essa era uma das bandeiras do Ministério Público Federal nas 10 Medidas Contra a Corrupção desenhadas anos atrás. Como pessoas jurídicas de direito privado que, no entanto, vivem de dinheiro público e são portas de acesso ao poder político, os partidos deveriam responder aos padrões de gestão mais elevados. Como qualquer outra pessoa jurídica de direito privado, deveriam estar sujeitos aos rigores da Lei Anticorrupção.  

O que vemos é o contrário disso. A cada “minirreforma eleitoral” as punições pelo mal uso de verbas públicas são afrouxadas. No ano passado, esteve a um triz de ser aprovada uma anistia às multas devidas por partidos políticos.  

Se a Justiça achar que existem motivos para abrir algum tipo de procedimento contra o PL, ouvirei os argumentos com o maior interesse. Só não venham petistas como Humberto Costa (Drácula nas planilhas de propina da Odebrecht) se arvorar em paladinos da democracia.

Esportes

Fernando participa do primeiro treino com o Inter! Veja

29.02.2024 17:30 2 minutos de leitura
Visualizar

Crusoé: ex-líder catalão é alvo no Supremo da Espanha por terrorismo

Visualizar

Protesto violento na UC Berkeley interrompe evento judaico

Alexandre Borges Visualizar

Médica suspeita de falsos diagnósticos de câncer em esquema milionário

Visualizar

Nove detentos escapam de presídio em Santa Luzia, Belo Horizonte

Visualizar

O novo antissemitismo, resenha do texto de Noah Feldman

Catarina Rochamonte Visualizar

Tags relacionadas

Humberto Costa Partido dos Trabalhadores (PT) Partido Liberal Petrolão
< Notícia Anterior

STF suspende julgamento sobre novos cursos de medicina

09.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Ilha de Cultura: Investimentos também são cultura, com Ivan Sant'Anna

09.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Carlos Graieb

Carlos Graieb é jornalista formado em Direito, editor sênior do portal O Antagonista e da revista Crusoé. Atuou em veículos como Estadão e Veja. Foi secretário de comunicação do Estado de São Paulo (2017-2018). Cursa a pós-graduação em Filosofia do Direito, da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP).

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (3)

Paulo Pires

2024-02-09 17:21:36

Nenhum país aguenta duas pragas juntas: a dos gafanhotos bolsonaristas e a dos cupins petistas!!!


Carlos Renato Cardoso Da Costa

2024-02-09 16:14:41

Concordo com o PT. Também concordo com o Graieb, Elimina-se essas duas m3rdas da vida político-partidária e o Brasil agradece


Jorge Alberto da Cunha Rodrigues

2024-02-09 15:49:41

PT e PL roubaram juntos no Mensalão. O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, chegou a ser preso por conta disso. Ou seja, há muito em comum entre o Valdemar e Lula.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

O novo antissemitismo, resenha do texto de Noah Feldman

O novo antissemitismo, resenha do texto de Noah Feldman

Catarina Rochamonte
29.02.2024 17:04 11 minutos de leitura
Visualizar notícia
TSE volta a usurpar competência do Legislativo em novas regras sobre eleições

TSE volta a usurpar competência do Legislativo em novas regras sobre eleições

Wilson Lima
29.02.2024 16:59 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Lula acoberta incompetência doméstica com insultos internacionais

Lula acoberta incompetência doméstica com insultos internacionais

Felipe Moura Brasil
29.02.2024 12:53 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
O mundo livre começa a perder a paciência com Lula

O mundo livre começa a perder a paciência com Lula

Alexandre Borges
29.02.2024 12:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.