Musk aciona OpenAI e Altman na justiça por quebra de contrato Musk aciona OpenAI e Altman na justiça por quebra de contrato
O Antagonista

Musk aciona OpenAI e Altman na justiça por quebra de contrato

avatar
Alexandre Borges
2 minutos de leitura 01.03.2024 09:34 comentários
Tecnologia

Musk aciona OpenAI e Altman na justiça por quebra de contrato

Segundo o bilionário, a associação da OpenAI com a Microsoft constitui uma violação ao estatuto da organização, que tinha como premissa operar sem fins lucrativos

avatar
Alexandre Borges
2 minutos de leitura 01.03.2024 09:34 comentários 0
Musk aciona OpenAI e Altman na justiça por quebra de contrato
Foto: Reprodução

O bilionário Elon Musk, co-fundador da OpenAI em 2015, iniciou uma ação judicial contra a OpenAI e seu CEO, Sam Altman. O processo, que corre num tribunal estadual da Califórnia, questiona a parceria da OpenAI com a Microsoft, avaliada em 13 bilhões de dólares, e a recente opção da empresa por manter em segredo o código de seus produtos de IA generativa mais avançados.

Segundo Musk, a associação da OpenAI com a Microsoft constitui uma violação ao estatuto da organização, que tinha como premissa operar sem fins lucrativos e com transparência total. O empresário, que se desligou da OpenAI para fundar a xAI, demanda no processo um julgamento por júri e a restituição dos lucros obtidos por Altman, Greg Brockman (outro co-fundador) e pela própria OpenAI.

A OpenAI, originalmente criada para servir como um “contraponto ético” aos riscos da inteligência artificial para a humanidade, tinha como premissa o código aberto e a criação de um conselho supervisor para avaliar seus produtos. A criação da OpenAI LP em 2019, uma subsidiária com fins lucrativos dentro da estrutura da OpenAI, marcou uma guinada em sua trajetória, aumentando seu valor para 90 bilhões de dólares em poucos anos.

O processo também resgata uma crise de liderança ocorrida no ano passado, que quase resultou na saída definitiva de Altman da companhia, exacerbando temores relacionados aos perigos da IA. A reintegração de Altman, apoiada pela Microsoft, é apresentada como um indicativo do crescente interesse comercial no setor de IA.

Embora a Microsoft não seja diretamente mencionada como ré, sua influência e parceria com a OpenAI são pontos centrais da ação. Este processo não apenas questiona o comprometimento da organização de Altman com sua missão original, mas também reflete preocupações sobre os riscos éticos da inteligência artificial como produto comercial.

Brasil

Dengue em São Paulo: dois distritos escapam da epidemia

22.04.2024 19:09 3 minutos de leitura
Visualizar

Fifa fecha contrato bilionário

Visualizar

Você trocaria um Jair Bolsonaro por um Elon Musk?

Madeleine Lacsko Visualizar

Galvão vai a record

Visualizar

13 guardas italianos presos por tortura á jovens detidos

Visualizar

Crusoé: PT escolhe ex-PDT para concorrer à prefeitura em Fortaleza

Visualizar

< Notícia Anterior

Zico fala sobre Flamengo e Gabigol: "não pode ser reserva"

01.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Concurso Depen PR: salário de até $R 4.5 mil! Confira

01.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Alexandre Borges

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Lei que pode banir TikTok dos EUA aprovada na Câmara

Lei que pode banir TikTok dos EUA aprovada na Câmara

Alexandre Borges
22.04.2024 05:35 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Microsoft amplia parceria para investir em tecnologia no Oriente Médio

Microsoft amplia parceria para investir em tecnologia no Oriente Médio

21.04.2024 08:30 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Como a IA está sendo usada para criar playlists

Como a IA está sendo usada para criar playlists

21.04.2024 08:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Em um dia Mark Zuckerberg enriquece 3 bilhões com IA

Em um dia Mark Zuckerberg enriquece 3 bilhões com IA

20.04.2024 07:33 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.