O Antagonista

CEO’s da Meta, Tiktok e Discord testemunham no Congresso dos EUA

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 31.01.2024 07:26 comentários
Tecnologia

CEO’s da Meta, Tiktok e Discord testemunham no Congresso dos EUA

Executivos-chefes de grandes empresas como Meta, TikTok e Snap testemunham no Congresso dos EUA sobre impactos de seus produtos em adolescentes.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 31.01.2024 07:26 comentários 0
CEO’s da Meta, Tiktok e Discord testemunham no Congresso dos EUA
Foto: Divulgação

O Congresso dos Estados Unidos ouvirá novamente, nesta quarta-feira (31), os executivos-chefes de grandes empresas de tecnologia, incluindo o CEO da Meta, Mark Zuckerberg, a respeito dos possíveis danos que seus produtos podem causar aos adolescentes. Além dele, destacam-se representantes do TikTok, Snap, Discord e X que testemunharão na audiência do Comitê Judiciário do Senado no horário de Brasília.

Esta será a primeira vez que vários desses executivos serão ouvidos pelo Congresso, o que inclui Linda Yaccarino, CEO da X; Evan Spiegel, CEO da Snap; e Jason Citron, CEO do Discord.

O centro do debate: danos aos adolescentes

Sucessivamente, as redes sociais têm defendido a mesma ideia sobre os supostos danos aos adolescentes: buscar contribuir para que os adolescentes e as famílias tomem decisões inteligentes. Entretanto, tendo em vista as crescentes alegações de que as redes sociais podem prejudicar os jovens usuários, incluindo o risco de levá-los à depressão ou mesmo ao suicídio, os defensores da segurança online alegam que essa resposta é insuficiente.

Na expectativa de um ano eleitoral nos Estados Unidos e a notável influência de legisladores estaduais, o Congresso está pressionando as empresas de tecnologia a avançarem além das ferramentas de segurança já existentes.

O cenário para as empresas menores

Esta audiência no Congresso marcará a primeira oportunidade para os legisladores questionarem empresas menores da indústria, como a X e o Discord, acerca de seus esforços de segurança para os usuários mais jovens.

O Discord tem enfrentado crescente escrutínio devido a seu papel na hospedagem de documentos confidenciais vazados, suspeitas de manipulação de ações e a presença de mensagens racistas e violentas.

Do mesmo modo, a audiência dará aos legisladores a oportunidade de interrogar pessoalmente executivos do X pela primeira vez desde a sua aquisição pelo proprietário Elon Musk e as controvérsias da plataforma com o discurso de ódio e a segurança da marca.

Precauções para usuários mais novos

Muitas plataformas, incluindo Meta, Snapchat, Discord e TikTok, introduziram ferramentas de supervisão que permitem aos pais vincularem suas contas às de seus filhos para obterem informações sobre como eles estão usando as redes sociais e obter algum controle.

Este mês, a Meta propôs um projeto de legislação federal que exige que as lojas de aplicativos, e não as empresas de redes sociais, verifiquem a idade dos usuários e imponham uma idade mínima.

Atitudes para além do Congresso

Arkansas, Louisiana, Ohio e Utah são alguns dos estados americanos que aprovaram leis que restringem as redes sociais para adolescentes, geralmente estabelecendo uma idade mínima para o uso dos aplicativos ou exigindo que uma plataforma obtenha o consentimento dos pais antes de criar contas para menores.

Apesar da crescente pressão para a regulamentação das redes sociais, a efetividade desses esforços ainda pode depender de decisões judiciais, já que muitas dessas novas leis estão sendo contestadas pela indústria da tecnologia.

Em adição aos debates, crescem também os processos judiciais apoiados pelo Estado e pelos consumidores contra as empresas, o que aumenta a pressão para a regulamentação das plataformas, enquanto expõe mais informações sobre os processos internos dessas companhias.

Brasil

Concurso UNIFAL 2024: Oportunidades para níveis técnico e superior com salários de até R$4.556,92

05.03.2024 06:34 2 minutos de leitura
Visualizar

Recorde do Simples Nacional: mais de 650 mil empresas optam pelo regime tributário

Visualizar

Bolsa Família 2024: cronograma de pagamentos em março revelado

Visualizar

Caixa Tem: consulte os benefícios para março, Bolsa Família e PIS/PASEP liberados

Visualizar

Bolsa Família e Imposto de Renda: entenda quando é necessário declarar

Visualizar

Craque Neto detona responsável pela eliminação do Corinthians: "maior culpado"

Visualizar

Tags relacionadas

Discord Mark Zuckerberg meta TikTok
< Notícia Anterior

Homem acusado de matar cachorro a chutes após latido causa revolta em Palestina, SP

31.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Cinco Minutos: Com Lula, percepção da corrupção aumenta

31.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Tesla quer ter o carro mais rápido do mundo

Tesla quer ter o carro mais rápido do mundo

04.03.2024 10:51 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Apple multada em 1,8 bilhão de euros pela UE

Apple multada em 1,8 bilhão de euros pela UE

Alexandre Borges
04.03.2024 09:58 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Musk aciona OpenAI e Altman na justiça por quebra de contrato

Musk aciona OpenAI e Altman na justiça por quebra de contrato

Alexandre Borges
01.03.2024 09:34 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
CEO do Google admite que erros do Gemini são "completamente inaceitáveis"

CEO do Google admite que erros do Gemini são "completamente inaceitáveis"

Alexandre Borges
28.02.2024 08:25 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.