O Antagonista

Autoridade trans do governo Biden removeu idade mínima para transição de gênero

avatar
Alexandre Borges
4 minutos de leitura 27.06.2024 05:54 comentários
Sociedade

Autoridade trans do governo Biden removeu idade mínima para transição de gênero

A atitude contrasta com o que pensa sobre a própria vida; o trans confessou em 2019 que estava grato por não ter feito a transição na juventude, o que lhe permitiu ter filhos

avatar
Alexandre Borges
4 minutos de leitura 27.06.2024 05:54 comentários 0
Autoridade trans do governo Biden removeu idade mínima para transição de gênero
Rachel Levine

Documentos revelaram que Rachel Levine, autoridade trans do governo Biden, pressionou a Associação Profissional Mundial para a Saúde Transgênero (WPATH) para remover restrições de idade mínima em tratamentos de transição de gênero. As revelações vieram à tona através de ofícios internos da WPATH que foram divulgados como parte de um processo judicial.

Durante a revisão das diretrizes de tratamento da WPATH, em 2022, a organização surpreendeu ao eliminar praticamente todas as restrições de idade mínima para intervenções médicas e cirúrgicas, que podem incluir procedimentos que tornam os pacientes estéreis.

Segundo documentos internos, revelados agora, Levine, que é pediatra, temia que restrições de idade pudessem resultar em legislações prejudiciais à agenda de troca de sexo de crianças. Representantes da WPATH afirmaram nos documentos que Levine estava diretamente preocupada com o impacto da definição de “idades mínimas específicas para o tratamento”.

O lobby de Levine resultou em mudanças rápidas nas diretrizes, com o objetivo de integrá-las nas políticas de saúde dos EUA sob a administração Biden. Levine, trans que fez a mudança de sexo na meia-idade, acredita que a transição de gênero é “salvadora de vidas” e “medicamente necessária”.

A atuação de Levine pela troca de sexo de crianças contrasta com suas opiniões sobre sua própria vida. O trans admitiu em 2019 que estava grato por não ter feito a transição na juventude, o que lhe permitiu ter filhos.

“Se eu tivesse feito a transição quando era jovem, não teria meus filhos. Não consigo imaginar uma vida sem meus filhos”, disse Levine em um encontro da Sociedade de Saúde e Medicina do Adolescente.

A Associação Profissional Mundial para a Saúde Transgênero (WPATH), uma organização de lobby com grande influência sobre o cuidado médico de jovens em conflito com sua identidade de gênero, lançou suas diretrizes revisadas em 2022, eliminando as restrições de idade mínima. Esse movimento gerou um intenso debate sobre a influência política em recomendações de saúde supostamente baseadas em evidências científicas.

As revelações sobre a interferência de Levine levantam sérias questões sobre a independência das recomendações médicas e o impacto das pressões políticas nas decisões de saúde pública.

Quem é Rachel Levine

Rachel Levine, antes Richard Levine, é uma pediatra e autoridade governamental dos Estados Unidos, conhecida por ser uma das poucas pessoas transgênero em cargos de alto escalão. Nascida em 1957 em Wakefield, Massachusetts, Levine se formou em biologia pela Universidade de Harvard e em medicina pela Universidade Tulane.

Após completar sua formação em pediatria e medicina do adolescente no Mount Sinai Medical Center, em Nova York, Levine mudou-se para a Pensilvânia, onde ocupou posições de destaque no Penn State Hershey Medical Center e na Penn State College of Medicine.

Em 2015, Levine foi nomeada médica geral da Pensilvânia e, dois anos depois, tornou-se secretária de saúde do estado. Durante a pandemia de COVID-19, liderou a resposta de saúde pública do estado, recebendo tanto elogios quanto críticas pela sua gestão, especialmente em relação às políticas para lares de idosos.

Em 2021, foi nomeada Secretária Assistente de Saúde pelo presidente Joe Biden, tornando-se a primeira pessoa trans a ocupar um cargo que exige confirmação pelo Senado. Além disso, Levine foi nomeada almirante no Corpo Comissionado do Serviço de Saúde Pública dos EUA, uma posição de quatro estrelas.

Levine tem sido uma defensora dos direitos LGBTQIA+. Sua nomeação e atuação levantaram debates sobre a influência política em decisões de saúde pública e o papel das identidades pessoais na administração governamental.

Criminoso trans ganha R$ 1,7 milhão por detenção em prisão masculina (oantagonista.com.br)

https://oantagonista.com.br/sociedade/bbc-admite-erro-sobre-homens-que-amamentam/

Mais Lidas

1

Filmes novos vs filmes antigos 

Visualizar notícia
2

Celso Amorim toma invertidas, nos EUA, ao relativizar ditaduras

Visualizar notícia
3

Que tal taxar os memes de Haddad?

Visualizar notícia
4

Michelle Bolsonaro aciona STF contra Gleisi Hoffmann

Visualizar notícia
5

Israel bombardeia porto no Iêmen após ataque em Tel Aviv

Visualizar notícia
6

Trump promete a Zelensky “acabar com a guerra”

Visualizar notícia
7

Atirador usou drone sobre local horas antes de atentado a Trump

Visualizar notícia
8

Zema vê Tarcísio como “nome mais forte” da direita para 2026

Visualizar notícia
9

Memes sobre Haddad e intolerância ao contraditório

Visualizar notícia
10

Idosa é presa por ser stalker de policial

Visualizar notícia

< Notícia Anterior

INSS: surpreende aposentados, reajuste de benefícios e 13º

27.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

FGTS: como consultar seu saldo online em 1 minuto

27.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Alexandre Borges

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Nova lei californiana impede escolas de informar os pais sobre a orientação sexual dos filhos

Nova lei californiana impede escolas de informar os pais sobre a orientação sexual dos filhos

Alexandre Borges
19.07.2024 09:23 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Filha do emir de Dubai anuncia divórcio no Instagram

Filha do emir de Dubai anuncia divórcio no Instagram

19.07.2024 09:07 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
De jogador medíocre a rei do tráfico, a história de Sebastián Marset

De jogador medíocre a rei do tráfico, a história de Sebastián Marset

Alexandre Borges
18.07.2024 10:35 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Bruninho Samudio, filho de Bruno e Eliza, assina com o Botafogo

Bruninho Samudio, filho de Bruno e Eliza, assina com o Botafogo

Alexandre Borges
18.07.2024 07:33 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.