Texto-base de reformas de Milei passa na Câmara Texto-base de reformas de Milei passa na Câmara
O Antagonista

Texto-base de reformas de Milei passa na Câmara

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 30.04.2024 09:23 comentários
Mundo

Texto-base de reformas de Milei passa na Câmara

Plenário ainda votará, pela tarde, os destaques do pacotão; foi nessa fase que o governo Milei abortou o primeiro projeto, em fevereiro

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 30.04.2024 09:23 comentários 0
Texto-base de reformas de Milei passa na Câmara
Foto: Reprodução

O texto-base do pacotão de reformas do governo de Javier Milei, conhecido como projeto de lei ómnibus, passou no plenário da Câmara dos Deputados pela manhã desta terça-feira, 30 de abril.

O projeto foi aprovado com 142 votos a favor contra 106, e 5 abstenções.

O placar é parecido com o do texto-base da primeira tentativa do governo de aprovar o projeto, no início de fevereiro, quando 144 deputados votaram a favor e 109, contra.

Ainda pela tarde, deve ocorrer a votação dos destaques do pacotão no plenário da Câmara.

Foi nessa etapa do processo legislativo que aquele primeiro projeto de Milei foi tão desidratado que o governo preferiu abortá-lo.

O que mudou na estratégia do governo Milei com a nova lei ómnibus?

A maior atenção aos governadores distingue as negociações para este segundo projeto de lei ómnibus.

Governadores são relevantes na política a nível nacional em qualquer democracia, claro, mas têm influência acima da média no Legislativo argentino.

Há blocos formais de legisladores no Congresso da Nação que respondem diretamente às províncias.

Nas negociações do primeiro projeto de lei ómnibus, o governo Milei fez o caminho inverso: centrou-se nas lideranças da “oposição dialoguista” no Congresso, quer dizer os congressistas que não são kirchneristas nem da dita esquerda não peronista.

Essa oposição é composta por partidos e coalizões ligados às províncias, dentre eles desafetos do ex-presidente Mauricio Macri, aliado de Milei.

Como o governo Milei fracassou na primeira lei ómnibus?

O fracasso na estratégia de centrar-se nas lideranças no Congresso se expressou na votação do primeiro projeto de lei ómnibus no plenário da Câmara dos Deputados, na virada de janeiro para fevereiro.

Apesar de garantirem os votos para aprovar o texto base do projeto, aquelas lideranças perderam o controle de seus blocos na votação dos destaques.

O plenário acabou derrubando trechos fundamentais do projeto na área de delegação de poderes extraordinários à Presidência.

A ameaça de revogar também artigos sobre privatizações e eliminação dos fundos fiduciários, espécie de emenda parlamentar, levou a base governista a reenviar o texto à fase de comissões em 6 de fevereiro, matando-o na prática.

Dos 34 deputados radicales, maior bloco da oposição dialoguista, menos de 10 apoiaram o governo na votação dos destaques.

A situação foi ainda mais drástica com o segundo maior bloco, a Coalizão Federal, liderado pelo veterano Miguel Ángel Pichetto, com quem o governo Milei se reuniu nesta segunda, 8.

Apenas Pichetto e mais um dos 22 deputados do bloco votaram com a base governista nos destaques.

Esportes

Segurança impede ataque durante revezamento da tocha em Bordeaux

23.05.2024 12:10 3 minutos de leitura
Visualizar

Crusoé: Mileipalooza

Visualizar

Onde assistir Cagliari x Fiorentina: confira detalhes da partida

Visualizar

13º antecipado para aposentados: impulso na economia

Visualizar

Meio-Dia em Brasília: Após Moro, Deltan tem chances de ir ao Senado?

Visualizar

Onde assistir Al-Riyadh x Al-Nassr: confira detalhes da partida

Visualizar

Tags relacionadas

Argentina Javier Milei
< Notícia Anterior

Tragédia em Londres: Ataque com espada mata menino de 13 anos

30.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Sertanejo in Rio

30.04.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Crusoé: Mileipalooza

Crusoé: Mileipalooza

23.05.2024 12:09 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Obra de Bacon de €5 Milhões roubada em Madrid é recuperada

Obra de Bacon de €5 Milhões roubada em Madrid é recuperada

23.05.2024 10:53 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: Afinal, o que mostram as pesquisas eleitorais na Inglaterra?

Crusoé: Afinal, o que mostram as pesquisas eleitorais na Inglaterra?

23.05.2024 10:29 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Tensão escala: Taiwan responde aos exercícios militares da China

Tensão escala: Taiwan responde aos exercícios militares da China

23.05.2024 10:11 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.