O Antagonista

Tesouro secreto é descoberto na Alemanha

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 23.06.2024 09:30 comentários
Mundo

Tesouro secreto é descoberto na Alemanha

Incrível descoberta arqueológica em Wettin, Alemanha: um tesouro de 285 moedas de prata, do século 17, foi desenterrado! Elas revelam segredos comerciais e históricos.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 23.06.2024 09:30 comentários 0
Tesouro secreto é descoberto na Alemanha
Escritório Estatal para a Preservação de Monumentos e Arqueologia da Saxónia-Anhalt/ Juraj Lipták

Em um evento que parece tirado de um livro de histórias, trabalhadores da cidade de Wettin, na Alemanha, se depararam com um achado extraordinário enquanto cavavam uma vala para uma nova rede de esgoto. Centenas de moedas antigas, que remontam ao século 17, emergiram do solo, trazendo consigo mistérios e histórias do passado. O tesouro inclui uma variação impressionante de cunhagens, desde moedas locais até peças de estrangeiras, revelando um pouco mais sobre a época em que foram escondidas.

A descoberta incluiu um total de 285 moedas, forjadas entre os anos de 1499 e 1652. Sem um recipiente para protegê-las, as moedas estavam compactadas na terra, indicando que originalmente poderiam estar guardadas em algum tipo de saco orgânico que se degradou com o tempo. Este achado não apenas destaca a riqueza da região na época mas também aponta laços comerciais extensos, possivelmente com várias partes do mundo então conhecido.

O que as moedas encontradas podem nos contar sobre o passado?

A maioria das moedas descobertas são de origem regional da Saxônia, no entanto, foram encontrados táleres de prata do Sacro Império Romano, além de outras moedas intrigantes como o groschen de Schreckenberg e um escudo italiano de 1630. Notavelmente, um táler cunhado pelo Grão-Duque da Toscana, Cosimo II. de’ Medici, em 1620, também foi partilhado entre os achados. Essa variedade sugere significativas rotas de comércio e uma era de prosperidade econômica, mesmo em meio às turbulências políticas da época.

Quem era o dono do tesouro encontrado?

Os especialistas acreditam que as valiosas moedas podem ter pertencido a Johann Dondorf, um prefeito de Wettin no final dos anos 1660, que era conhecido por sua ampla riqueza. Estima-se que Dondorf possuía cerca de 2.500 táleres e 500 ducados em ouro ao tempo de sua morte. O tesouro encontrado sugere que poderia ser apenas uma parte do dinheiro que ele escondeu durante a Guerra dos Trinta Anos (1618-1648), possivelmente para proteger sua fortuna dos conflitos e saques da época.

Importância arqueológica e histórica do achado

Além de seu óbvio valor monetário, o tesouro descoberto é uma cápsula do tempo que oferece insights inestimáveis sobre a história e cultura da Alemanha do século 17. Fornece detalhes sobre as cunhagens em circulação, preferências econômicas e até mesmo estratégias de sobrevivência durante períodos de guerra. Além disso, sublinha a importância de Wettin como um ponto chave na cartografia histórica e econômica da Europa naquela época.

Para os entusiastas da história e arqueólogos, cada moeda desenterrada é um fragmento de história que, quando reunido às demais, conta a história vibrante de um período rico simultaneamente em cultura e conflitos. Estudos futuros e análises aprofundadas das moedas prometem desvendar ainda mais segredos guardados durante séculos sob a terra de Wettin.

  • 285 moedas de prata descobertas
  • Moedas com datas entre 1499 e 1652
  • Achado inclui táleres de prata do Sacro Império Romano e moedas de várias regiões da Europa

Essa impressionante descoberta não só fascina pelo seu aspecto histórico, mas também reforça a ideia de que ainda há muitos segredos do passado enterrados, aguardando para serem descobertos e, quem sabe, mudar a compreensão atual da história europeia.

Mais Lidas

1

Haddad descobre uma das únicas coisas que funcionam no Brasil, o meme

Visualizar notícia
2

Atirador avisou: "13 de julho será minha estreia"

Visualizar notícia
3

Crusoé: Líderes democratas no Congresso pediram a Biden que desistisse, diz imprensa

Visualizar notícia
4

Bruninho Samudio, filho de Bruno e Eliza, assina com o Botafogo

Visualizar notícia
5

Governo Lula faz as contas para reduzir rombo

Visualizar notícia
6

"Israel deve focar em túneis e quebrar espinha dorsal do Hamas"

Visualizar notícia
7

Em discurso emocional, JD Vance defende trabalhadores americanos

Visualizar notícia
8

Segundo 7 de Setembro de Lula poderá custar até R$ 7,4 milhões

Visualizar notícia
9

Receita intercepta carga de cocaína avaliada em R$ 90 milhões

Visualizar notícia
10

Bolsonaro e Ramagem, juntos pela Prefeitura do Rio de Janeiro

Visualizar notícia

Tags relacionadas

Alemanha
< Notícia Anterior

ATHLETICO-PR X CORINTHIANS: confira o horário e onde assistir ao Brasileirão

23.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Ator indiano é preso por morte de fã

23.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Descoberta de região com Metais Raros impulsiona futuro tecnológico

Descoberta de região com Metais Raros impulsiona futuro tecnológico

18.07.2024 09:12 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Venezuela a 10 dias das "eleições". Fim do chavismo?

Venezuela a 10 dias das "eleições". Fim do chavismo?

18.07.2024 08:36 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Primeira-Ministra Italiana processa jornalista por comentários sobre altura

Primeira-Ministra Italiana processa jornalista por comentários sobre altura

18.07.2024 08:08 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Incêndio em loja na China deixa 16 mortos

Incêndio em loja na China deixa 16 mortos

18.07.2024 08:07 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.