O Antagonista

Surte de gripe aviária aparece na Antártida e já matou 200 filhotes

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 30.01.2024 16:28 comentários
Mundo

Surte de gripe aviária aparece na Antártida e já matou 200 filhotes

Surto mortal de gripe aviária afeta pinguins-gentoo na Antártida pela primeira vez. Descubra como a situação foi identificada e o que isso significa para a população de pinguins.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 30.01.2024 16:28 comentários 0
Surte de gripe aviária aparece na Antártida e já matou 200 filhotes
Fonte: Animalia

Pela primeira vez, um surto grave de gripe aviária foi identificado em pinguins-gentoo na Antártida. A descoberta, feita pelo Comitê Científico para Pesquisa Antártica (Scientific Committee for Antarctic Research – SCAR), levanta preocupações sobre a possibilidade de o vírus se espalhar entre as extensas colônias de pinguins da região.

Como o vírus foi descoberto?

Em 19 de janeiro, pesquisadores encontraram aproximadamente 35 pinguins mortos nas Ilhas Malvinas, localizadas no Atlântico Sul. Dentre estes, duas amostras retiradas testaram positivo para o vírus Influenza Aviária H5N1, conforme informou Ralph Vanstreels, veterinário associado ao SCAR.

Segundo a porta-voz do governo das Ilhas Malvinas, Sally Heathman, outros pinguins-gentoo estão morrendo em circunstâncias semelhantes. Até o dia 30 de janeiro, foram registradas “aproximadamente 200 mortes de filhotes, além de alguns adultos”, disse ela.

O que isso significa para a população de pinguins da Antártida?

Esta notícia confirma que os pinguins-gentoo são suscetíveis à doença fatal que tem dizimado populações aviárias ao redor do mundo nos últimos meses. No entanto, é pouco provável que a doença se espalhe para o continente sul em larga escala, uma vez que os pinguins-gentoo raramente viajam entre as Malvinas, na costa da Argentina, e a península Antártica, com distância de aproximadamente 1.300 kms entre eles.

O principal papel que os pinguins-gentoo podem ter é servir como reservatórios locais de infecção“, explicou Vanstreels, pesquisador afiliado da Universidade da California-Davis. “Ou seja, manter um grupo de hospedeiros suscetíveis que nunca saem das ilhas.

Este cenário enfatiza a importância do monitoramento cuidadoso para entender como tal problema pode afetar a vida selvagem antártica a longo prazo. Até que mais pesquisas sejam realizadas, o impacto total do surto permanece incerto.

Esportes

Corinthians é eliminado do Paulistão após vitória da Inter de Limeira

02.03.2024 23:06 2 minutos de leitura
Visualizar

Navalny: o sopro de liberdade que desafia Putin

Catarina Rochamonte Visualizar

Confira os adversários de Grêmio e Inter nas quartas de final do Gauchão

Visualizar

Augusto Melo confirma que dívida do Corinthians com Rojas é de R$ 8 milhões

Visualizar

Casal preso por vaquinha online falsa para criança com câncer no RJ

Visualizar

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

Visualizar

Tags relacionadas

Antártida gripe aviária
< Notícia Anterior

PF busca elo entre ‘Abin paralela’ e atos de 8 de janeiro

30.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Saiba quais aparelhos eletrônicos você pode levar no avião

30.01.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

Turista brasileira sofre estupro coletivo na Índia

02.03.2024 21:36 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Aquecimento global fecha estações de esqui na Suécia

Aquecimento global fecha estações de esqui na Suécia

02.03.2024 20:48 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Presidente da Irlanda hospitalizado para monitoramento

Presidente da Irlanda hospitalizado para monitoramento

02.03.2024 20:40 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Tempestade de neve na Califórnia fecha estações de esqui

Tempestade de neve na Califórnia fecha estações de esqui

02.03.2024 20:14 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.