O Antagonista

Síria e Iraque respondem após ataque dos EUA, tensão aumenta

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 03.02.2024 08:07 comentários
Mundo

Síria e Iraque respondem após ataque dos EUA, tensão aumenta

Ataques dos EUA aumentam tensões e ameaçam estabilidade na Síria e no Iraque. Conheça as possíveis consequências dessas ações e reflexos no Oriente Médio.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 03.02.2024 08:07 comentários 0
Síria e Iraque respondem após ataque dos EUA, tensão aumenta
Fonte: Divulgação

Na noite de sexta-feira (2), diversos ataques dos Estados Unidos atingiram locais na Síria e no Iraque. Em resposta, a Síria alertou que essas ações estão “alimentando o conflito no Oriente Médio de uma forma muito perigosa“.

Síria condena violação americana e rejeita justificativas

De acordo com um comunicado do Ministério das Relações Exteriores da Síria divulgado neste sábado (3), o país “condena esta flagrante violação americana” e “rejeita categoricamente todos os pretextos e mentiras promovidos pela administração americana para justificar este ataque“.

Militares sírios relatam danos significativos e mortes de civis e militares

Os militares sírios disseram que os ataques dos EUA causaram “danos significativos” e levaram à morte de civis e militares. Essas informações ainda não foram verificadas independentemente. Autoridades de segurança iraquianas reportaram que as instalações atacadas pelos EUA são utilizadas pelo al Hashed al Shabi ou Unidades de Mobilização Popular (PMU).

Iraque alerta para consequências terríveis para a segurança e estabilidade da região

O porta-voz das Forças Armadas do Iraque, Yahya Rasool, também expressou preocupações sobre como esses ataques poderiam desestabilizar e ameaçar a região. “Estes ataques são considerados uma violação da soberania iraquiana e minam os esforços do governo iraquiano, representando uma ameaça que poderá arrastar o Iraque e a região para consequências indesejáveis“, alertou Rasool.

Em meio às tensões crescentes, a segurança e a estabilidade do Oriente Médio continua a ser uma preocupação global. Como a situação se desenrolará após esses ataques é uma incógnita em espera de respostas.

Brasil

Estudantes passam mal após trote com substâncias tóxicas

26.02.2024 14:08 3 minutos de leitura
Visualizar

Mesmo líder, Palmeiras não pode perder clássico contra o São Paulo

Visualizar

Hungria dá sinal verde à entrada da Suécia na Otan

Visualizar

Rayssa Leal e Filipe Toledo são indicados ao Prêmio Laureus 2024

Visualizar

São Paulo tem seis distritos em situação epidêmica de dengue

Visualizar

Jovem promessa "Rubens" luta por titularidade no Atlético-MG!

Visualizar

Tags relacionadas

Estados Unidos Iraque Oriente Médio Pentágono síria
< Notícia Anterior

Emirados Árabes anunciam US$ 5 milhões em ajuda para UNRWA

03.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Antárctica deve receber drone para mapear impactos climáticos

03.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Hungria dá sinal verde à entrada da Suécia na Otan

Hungria dá sinal verde à entrada da Suécia na Otan

26.02.2024 13:57 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Startup aposta em criação de insetos para combater mudanças climáticas

Startup aposta em criação de insetos para combater mudanças climáticas

26.02.2024 13:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ex-ministro Abalos resistente à renúncia em meio a escândalo de corrupção na Espanha

Ex-ministro Abalos resistente à renúncia em meio a escândalo de corrupção na Espanha

26.02.2024 12:33 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Médicos sul-coreanos em greve enfrentam ultimato do governo

Médicos sul-coreanos em greve enfrentam ultimato do governo

26.02.2024 11:29 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.