O Antagonista

Secretário de Defesa dos EUA cancela viagem à OTAN

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 12.02.2024 17:08 comentários
Mundo

Secretário de Defesa dos EUA cancela viagem à OTAN

Lloyd Austin, Secretário de Defesa dos EUA, é hospitalizado pela terceira vez e cancela sua viagem à OTAN. Saiba os detalhes sobre seu estado de saúde e as reações políticas.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 12.02.2024 17:08 comentários 0
Secretário de Defesa dos EUA cancela viagem à OTAN
Lloyd Austin (Fonte: Reprodução/ Getty Images)

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Lloyd Austin, cancelou uma viagem ao exterior para a sede da OTAN após ser internado no hospital pela terceira vez em tantos meses. Atualmente, Austin, de 70 anos, está numa unidade de terapia intensiva num hospital da área de Washington DC. O Pentágono informou que ele está enfrentando um “problema de bexiga emergente”.

Os deveres do membro do gabinete foram transferidos para seu vice. Austin tem enfrentado questionamentos sobre o sigilo de suas internações anteriores. Ele não divulgou publicamente seu diagnóstico de câncer de próstata em dezembro nem seu retorno ao hospital em janeiro, para as principais figuras da cadeia de comando dos EUA.

Reunião importante cancelada

Na quarta-feira, Austin deveria liderar uma reunião do Grupo de Contato de Defesa da Ucrânia (UDCG) em Bruxelas, na Bélgica. Essa seria sua primeira viagem ao exterior desde sua internação inicial. Ele também deveria participar de uma reunião do Ministério da Defesa da OTAN, presidida pelo chefe da OTAN, Jens Stoltenberg, na quinta-feira.

Austin participou da última reunião do UDCG virtualmente de sua casa em 23 de janeiro. No domingo à tarde, o Pentágono divulgou um comunicado informando que Austin havia sido levado ao Centro Médico Militar Nacional Walter Reed, em Maryland, para tratamento.

Transparência questionada

O incidente gerou preocupações sobre transparência e segurança e provocou três investigações separadas sobre o manejo de Austin de sua doença e internações. Alguns republicanos proeminentes pediram sua remoção do cargo.

Em uma coletiva de imprensa no início deste mês, Austin disse que estava “profundamente arrependido” por não ter dado aviso apropriado e que havia se desculpado pessoalmente com o presidente Joe Biden. O secretário de defesa deve depor no final do mês sobre sua falha em notificar os líderes do governo.

Brasil

Alerta climático: Previsão de temporais para o Brasil hoje

23.02.2024 07:34 3 minutos de leitura
Visualizar

Textor quer novo treinador com perfil ofensivo para o Botafogo

Visualizar

Jornais destacam silêncio de Bolsonaro em depoimento à PF

Visualizar

Concurso TCE-PR oferta salário de R$22.460: Auditor de controle externo, edital em abril

Visualizar

Censura na Índia: Plataforma X remove conteúdo após protestos agrícolas

Visualizar

Cinco Minutos: Flávio Dino veste a capa do Supremo

Visualizar

Tags relacionadas

Lloyd Austin OTAN Secretário de defesa dos EUA
< Notícia Anterior

Vinicius Júnior brilha no real Madri na goleada contra o vice-líder Girona!

12.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Incêndio consome parque aquático na Suécia e deixa desaparecido

12.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Censura na Índia: Plataforma X remove conteúdo após protestos agrícolas

Censura na Índia: Plataforma X remove conteúdo após protestos agrícolas

23.02.2024 07:19 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Empresa privada dos EUA pousa sonda na Lua

Empresa privada dos EUA pousa sonda na Lua

22.02.2024 21:08 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Porta-voz das FDI lista fatos que desmentem Lula

Porta-voz das FDI lista fatos que desmentem Lula

22.02.2024 20:30 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Biden ameaça Irã com sanções severas se fornecer mísseis à Rússia

Biden ameaça Irã com sanções severas se fornecer mísseis à Rússia

22.02.2024 19:47 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.