O Antagonista

Putin demite vice-ministros da defesa e põe parente no lugar

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 17.06.2024 12:30 comentários
Mundo

Putin demite vice-ministros da defesa e põe parente no lugar

Uma surpresa sacode o governo russo. Putin remove quatro vice-ministros em um movimento que parece visar a consolidação do poder.

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 17.06.2024 12:30 comentários 0
Putin demite vice-ministros da defesa e põe parente no lugar
Reprodução/Instagram

Em um movimento que está sendo visto como uma estratégia para consolidar sua influência dentro do governo, o presidente russo, Vladimir Putin, realizou mudanças importantes no Ministério da Defesa nesta segunda-feira. A decisão envolveu a exoneração de quatro importantes vice-ministros e a nomeação de novos substitutos, alguns dos quais possuem laços familiares diretos com o presidente.

Dentre os destituídos estão figuras de alto escalão como Nikolai Pankov e Ruslan Tsalikov, que até então desempenhavam papéis cruciais na estrutura de defesa do país. A renovação no ministério também incluiu Tatiana Shevtsova e Pavel Popov, completando a lista de vice-ministros que foram afastados de seus cargos.

O que significa a nomeação de Anna Tsivileva?

A nomeação de Anna Tsivileva para o cargo de vice-ministra chamou particular atenção. Conhecida por ser parente de Putin, Tsivileva entra no Ministério da Defesa em um período de intensa pressão política e militar sobre a Rússia. Sua conexão familiar com Putin levanta questionamentos sobre a influência e o nepotismo dentro do governo russo.

Quem são os novos vice-ministros da Defesa?

Além de Tsivileva, outros nomes foram anunciados para assumir as posições vacantes. Leonid Gornin, anteriormente vice-ministro das Finanças, foi promovido a primeiro vice-ministro da Defesa, posição que sugere um fortalecimento dos aspectos econômicos dentro do ministério. Pavel Fradkov, filho do ex-primeiro-ministro Mikhail Fradkov, e Oleg Savelyev também foram nomeados para compor a equipe como vice-ministros, indicando uma possível preferência por indivíduos com laços políticos e familiares consolidados.

Contexto político das mudanças no Ministério da Defesa

Essas mudanças ocorrem após a nomeação de Andrei Belousov como novo ministro da Defesa, substituindo Sergei Shoigu. Shoigu foi transferido para o Conselho de Segurança da Rússia, em um rearranjo que parece visar a reorganização do poder político nas altas esferas governamentais russas. Este passo de Putin pode ser interpretado como uma tentativa de cercar-se de aliados leais em um momento em que sua administração enfrenta desafios, tanto internos quanto externos.

Em resumo, as recentes mudanças no Ministério da Defesa russo não são apenas um indicativo de uma possível reestruturação política, mas também um reflexo das estratégias de Putin para manter um controle firme sobre o governo. Este cenário continua a enfatizar a complexidade do governo russo e as manobras políticas do presidente em meio a um ambiente global cada vez mais tenso.

  • Nikolai Pankov – Ex vice-ministro da Defesa
  • Ruslan Tsalikov – Ex vice-ministro da Defesa
  • Tatiana Shevtsova – Ex vice-ministra da Defesa
  • Pavel Popov – Ex vice-ministro da Defesa
  • Anna Tsivileva – Nova vice-ministra da Defesa
  • Leonid Gornin – Novo primeiro vice-ministro da Defesa
  • Pavel Fradkov – Novo vice-ministro da Defesa
  • Oleg Savelyev – Novo vice-ministro da Defesa

Mais Lidas

1

De tanto patrulhar humorista, esquerda não consegue mais se defender dos memes

Visualizar notícia
2

Argentina e outros 4 países mostram a Brasil como lidar com Maduro

Visualizar notícia
3

Biden: “De que diabos Trump estava falando?”

Visualizar notícia
4

O apagão mundial explicado

Visualizar notícia
5

Como assessor de Lula traduz ameaças de Maduro

Visualizar notícia
6

Crusoé: Lula e a autodeterminação dos ditadores amigos

Visualizar notícia
7

O circo da eleição americana

Visualizar notícia
8

Brasileira em Israel fala de ataque a Tel Aviv

Visualizar notícia
9

Crusoé: os números atualizados da repressão a 10 dias das eleições na Venezuela

Visualizar notícia

Tags relacionadas

Ministério da Defesa Parente Putin
< Notícia Anterior

14º Salário do INSS: a verdadeira chance de aposentados e pensionistas

17.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Porta-voz brasileiro explica “pausas táticas” em Gaza para ajuda humanitária

17.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Biden: “De que diabos Trump estava falando?”

Biden: “De que diabos Trump estava falando?”

19.07.2024 22:13 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Argentina e outros 4 países mostram a Brasil como lidar com Maduro

Argentina e outros 4 países mostram a Brasil como lidar com Maduro

19.07.2024 21:24 5 minutos de leitura
Visualizar notícia
Apagão cibernética cancela mais de 4 mil voos ao redor do mundo

Apagão cibernética cancela mais de 4 mil voos ao redor do mundo

19.07.2024 21:18 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: os números atualizados da repressão a 10 dias das eleições na Venezuela

Crusoé: os números atualizados da repressão a 10 dias das eleições na Venezuela

19.07.2024 19:02 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.