O Antagonista

Opositor de Putin pode ser excluído das eleições

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 05.02.2024 12:49 comentários
Mundo

Opositor de Putin pode ser excluído das eleições

Candidato antiguerra, Boris Nadezhdin, enfrenta desqualificação nas eleições russas por assinaturas inválidas. Saiba mais sobre o futuro político da Rússia.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 05.02.2024 12:49 comentários 1
Opositor de Putin pode ser excluído das eleições
Fonte: Divulgação

Nas eleições presidenciais russas, surge uma polêmica envolvendo o candidato opositor da guerra, Boris Nadezhdin. O candidato enfrenta a possibilidade de ser desqualificado pelo grupo de trabalho da Comissão Eleitoral Central da Rússia alegando a invalidação de 15% das assinaturas de apoiadores que ele apresentou para sustentar sua candidatura eleitoral.

Assinaturas inválidas acima da taxa permitida

Um aumento considerável se comparado com a taxa de erro permitida, que é de três vezes menor. Se a informação for confirmada pela comissão, Nadezhdin poderá ser desqualificado para concorrer contra o presidente Vladimir Putin nas eleições de março.

Decisão final e possibilidade de apelação

A Comissão Eleitoral Central da Rússia tem até a quarta-feira (7) para tomar uma decisão final sobre o assunto. Por sua vez, Nadezhdin, já afirmou que pretende apelar à Suprema Corte caso a desqualificação se confirme.

O candidato antiguerra declarou suas intenções na rede social Telegram e disse que a luta por sua candidatura continuará até o fim. Na semana passada, Nadezhdin entregou mais de 100.000 assinaturas de apoiadores em toda a Rússia como parte do esforço para ter seu nome na cédula de votação.

Apoiadores “fantasma”

Na sexta-feira (2), a comissão informou, após análise inicial, que algumas das pessoas listadas como apoiadores de Nadezhdin eram, na verdade, pessoas já falecidas.

Nadezhdin: o candidato antiguerra

Apesar do candidato de 60 anos não ser visto como um favorito na eleição, devido à dominação e ao controle prolongado de Putin sobre o Estado, a campanha de Nadezhdin tem chamado atenção. O candidato se opõe diretamente à “operação militar especial” na Ucrânia, designação dada pelo Kremlin.

Nadezhdin acredita que Putin cometeu um “erro fatal” ao iniciar a operação e se compromete a encerrar o conflito por meio de negociações.

Como um dos poucos candidatos abertamente contra a guerra ucraniana, Boris Nadezhdin ganha notoriedade na campanha presidencial russa de 2023 em meio à incerteza sobre suas assinaturas de apoio.

Brasil

São Paulo tem seis distritos em situação epidêmica de dengue

26.02.2024 13:36 3 minutos de leitura
Visualizar

Jovem promessa "Rubens" luta por titularidade no Atlético-MG!

Visualizar

Partidos da base de Lula tentam anular acordos da Lava Jato

Visualizar

Crusoé: Malafaia, o líder das críticas do bolsonarismo

Visualizar

Homem é atropelado e morto por ônibus em Sorocaba

Visualizar

Startup aposta em criação de insetos para combater mudanças climáticas

Visualizar

Tags relacionadas

Rússia Vladimir Putin
< Notícia Anterior

"Mentiroso, dissimulado", diz Nunes sobre Boulos

05.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Haddad quer “abrir os números” de MP da reoneração

05.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Nelson Pereira Cacheta

2024-02-05 14:55:20

Nada diferente da Venezuela.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Startup aposta em criação de insetos para combater mudanças climáticas

Startup aposta em criação de insetos para combater mudanças climáticas

26.02.2024 13:00 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Ex-ministro Abalos resistente à renúncia em meio a escândalo de corrupção na Espanha

Ex-ministro Abalos resistente à renúncia em meio a escândalo de corrupção na Espanha

26.02.2024 12:33 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Médicos sul-coreanos em greve enfrentam ultimato do governo

Médicos sul-coreanos em greve enfrentam ultimato do governo

26.02.2024 11:29 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Satélites detectam barreira flutuante em Mar da China Meridional

Satélites detectam barreira flutuante em Mar da China Meridional

26.02.2024 10:52 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.