O Antagonista

Haddad quer “abrir os números” de MP da reoneração

avatar
Júlia Schiaffarino
2 minutos de leitura 05.02.2024 12:51 comentários
Brasil

Haddad quer “abrir os números” de MP da reoneração

Fernando Haddad conversou com a imprensa na manhã desta segunda-feira, 5, após agenda no Rio de Janeiro

avatar
Júlia Schiaffarino
2 minutos de leitura 05.02.2024 12:51 comentários 1
Haddad quer “abrir os números” de MP da reoneração
Fernando Haddad - Foto: Washington Costa/MF

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse que pretende conversar com os líderes do Congresso nos próximos dias para apresentar números em defesa da reoneração da folha de pagamentos.

De acordo com ele, a manutenção deste benefício, como defendem deputados e senadores, precisa ser compensada com outras medidas para manter o equilíbrio orçamentário.

“Vamos sentar com os líderes e abrir os números. O importante neste momento é que o Congresso tome consciência dos números aprovados no ano passado. Tem uma coisa chamada Lei de Responsabilidade Fiscal e nós precisamos que o gesto do Congresso na direção de um setor da economia seja compensado por medidas que equilibrem o orçamento. E precisamos ter essa clareza que tem uma lei complementar à qual as leis ordinárias estão subordinadas e é preciso compatibilizar isso para alcançar os rumos traçados no ano passado”, disse.

Haddad conversou com a imprensa na manhã desta segunda-feira, 5, após agenda no Rio de Janeiro.

No final do ano passado, após o Congresso derrubar o veto do presidente Lula ao projeto que estendia até 2027 a desoneração da folha de pagamentos de 17 setores da economia, o governo editou uma medida provisória (MP) reestabelecendo a tributação. Senadores defenderam a devolução da MP.

Em janeiro, o ministro conversou com os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Uma saída proposta é a retirada desta MP pelo governo para apresentação de um projeto de lei revendo o benefício.

Brasil

"Estimativa de público tem caráter técnico", diz PM após ruídos

26.02.2024 15:36 3 minutos de leitura
Visualizar

Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro

Visualizar

Deputado quer proibir a instalação de sessões eleitorais em sedes de sindicatos

Visualizar

Os reféns voluntários da polarização  

Carlos Graieb Visualizar

CEO do Fortaleza revela mais de 1.200 lesões no atentado contra ônibus do time!

Visualizar

Câmara realiza sessão em alusão ao Dia das Doenças Raras

Visualizar

< Notícia Anterior

Opositor de Putin pode ser excluído das eleições

05.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Diniz busca reduzir elenco do Fluminense e avalia saídas

05.02.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Júlia Schiaffarino

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (1)

Clayton De Souza pontes

2024-02-05 13:03:07

Não veja nenhum movimento pra conter gastos, que eles chamam de investimento.


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

"Estimativa de público tem caráter técnico", diz PM após ruídos

"Estimativa de público tem caráter técnico", diz PM após ruídos

26.02.2024 15:36 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro

Mais um candidato à cadeira de Sergio Moro

26.02.2024 15:35 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Deputado quer proibir a instalação de sessões eleitorais em sedes de sindicatos

Deputado quer proibir a instalação de sessões eleitorais em sedes de sindicatos

26.02.2024 15:34 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Câmara realiza sessão em alusão ao Dia das Doenças Raras

Câmara realiza sessão em alusão ao Dia das Doenças Raras

26.02.2024 15:21 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.