O Antagonista

Morre Paul Auster, autor de ‘Trilogia de Nova York'”

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 01.05.2024 09:27 comentários
Mundo

Morre Paul Auster, autor de ‘Trilogia de Nova York'”

Explore o legado de Paul Auster, desde "Trilogia de Nova York" até sua influência literária global

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 01.05.2024 09:27 comentários 0
Morre Paul Auster, autor de ‘Trilogia de Nova York'”
Fronteiras do Pensamento/Divulgação

O escritor americano Paul Auster morreu na noite desta terça-feira, 30, aos 77 anos. Ele combatia um câncer de pulmão desde 2022.

Auster ganhou notoriedade na segunda metade da década de 1980 com a Trilogia de Nova York, um conjunto de romances que combina a atmosfera da ficção policial noir com recursos literários “pós-modernos” — como a presença do próprio Paulo Auster na trama e extensas referências a outras obras de arte, como o clássico Don Quixote.

Projeto literário

No livro A Life in Words (Uma vida em palavras, 2017), resultante de um diálogo de três anos com o crítico dinamarquês I. B. Siegumfeldt, Auster descreveu assim seu projeto literário:

“A maioria dos escritores se satisfaz com modelos literários tradicionais e se sente feliz ao produzir obras que sentem ser belas, verdadeiras e boas. Eu sempre quis escrever o que para mim é belo, verdadeiro e bom, mas também tive interesse em inventar novas maneiras de contar histórias. Queria virar tudo do avesso.”

Sua carreira foi prolífica, totalizando 34 volumes de ficção, não ficção e poesia. O escritor mantinha uma rígida rotina de trabalho, dedicando seis horas diárias à escrita. Ele não usava computador. Preenchia páginas e páginas de caderno à caneta e passava os manuscritos a limpo em uma máquina de escrever.

Auster também escreveu roteiros como os de Cortina de Fumaça e Sem Fôlego, que dirigiu em parceria com o cineasta sino-americano Wayne Wang.

Último romance

Mas foi mesmo na ficção que Auster deixou sua marca. Entre suas obras mais lembradas estão A Música do Acaso (1990), Desvarios no Brooklyn (2005) e o volumoso 4 3 2 1 (2017), romance mais elogiado de seus últimos anos e que explora quatro versões alternativas da juventude de um mesmo protagonista.

No Brasil, sua obra é edita pela Companhia das Letras, que deve lançar no segundo semestre o último romance publicado por Auster, Baumgartner (2023).

Auster foi casado com a escritora Lydia Davis, com quem teve o filho Daniel (morto em 2022), e com a também escritora Siri Hustvedt, com quem teve a filha Sophie Auster, que é cantora e compositora.

Mais Lidas

1

Astro de Hollywood cancela turnê após "piada" sobre atentado a Trump

Visualizar notícia
2

"Tiros mostram qual é a alternativa à democracia constitucional"

Visualizar notícia
3

PT não acredita que Trump sofreu um atentado?

Visualizar notícia
4

Exclusivo: Após lobby, clã Bolsonaro cria ‘startup’ para explorar grafeno

Visualizar notícia
5

Janones promete seguir "chafurdando na lama"

Visualizar notícia
6

China bane maior aplicativo católico do mundo

Visualizar notícia
7

A receita para denunciar desafetos do STF

Visualizar notícia
8

Mercado repercute Lula e Trump

Visualizar notícia
9

Human Rights Watch finalmente reconhece centenas de crimes de guerra do Hamas

Visualizar notícia
10

Temperaturas vão subir em pleno inverno

Visualizar notícia

Tags relacionadas

morte paul auster
< Notícia Anterior

São Paulo e Santa Catarina enviam suporte ao RS após chuvas

01.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Guia 2024: declare seu IR até 31/05 e evite multas

01.05.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Serviço Secreto identificou o atirador três horas antes do atentado

Serviço Secreto identificou o atirador três horas antes do atentado

Alexandre Borges
17.07.2024 12:59 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Courtney Henning se apaixona novamente pela literatura brasileira

Courtney Henning se apaixona novamente pela literatura brasileira

17.07.2024 12:52 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: As razões para Musk mudar o X e a SpaceX para o Texas

Crusoé: As razões para Musk mudar o X e a SpaceX para o Texas

17.07.2024 12:39 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Mayer Mizrachi convida turistas para uma semana gratuita no Panamá

Mayer Mizrachi convida turistas para uma semana gratuita no Panamá

17.07.2024 12:34 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.