Incêndios em delegacias de polícia de Porto Príncipe aumentam tensão no Haiti Incêndios em delegacias de polícia de Porto Príncipe aumentam tensão no Haiti
O Antagonista

Incêndios em delegacias de polícia de Porto Príncipe aumentam tensão no Haiti

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 07.03.2024 09:44 comentários
Mundo

Incêndios em delegacias de polícia de Porto Príncipe aumentam tensão no Haiti

Crise humanitária no Haiti se intensifica com gangues incendiando delegacias e pedindo renúncia do primeiro-ministro Ariel Henry.

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 07.03.2024 09:44 comentários 0
Incêndios em delegacias de polícia de Porto Príncipe aumentam tensão no Haiti
Fonte: REUTERS

Porto Príncipe, a capital do Haiti, está sob barricadas de fogo enquanto gangues pedem a deposição do primeiro-ministro Ariel Henry. De acordo com mídias locais, a mais recente alvo de ataques tem sido a delegacia de polícia localizada no movimentado mercado ao ar livre de Salomon. Estas ações de violência têm comprometido até mesmo o tráfego aéreo da capital haitiana.

Primeiro-ministro Haitiano é impedido de retornar ao país

A escalada de violência coincidiu com a ausência do primeiro-ministro Ariel Henry, que se encontrava em um encontro regional quando os ataques foram intensificados. O líder haitiano tentou o retorno a Port-au-Prince na última terça-feira, mas foi impedido, já que o aeroporto internacional permanecia fechado devido à ação de homens armados que tentavam assumir o controle do local.

Como resultado, Henry desembarcou em território estadunidense, em Puerto Rico. Dias antes, o chefe de governo havia feito uma visita ao Quênia, na tentativa de criar uma força multinacional africana para ajudar na restauração da ordem no Haiti.

Ataques coordenados agravam crise humanitária no Haiti

Na ausência de Henry, gangues locais aumentaram suas ofensivas, realizando uma série de ataques coordenados. Entre os alvos estavam o aeroporto, prédios governamentais, duas prisões – das quais liberaram milhares de presos – além da Academia Nacional de Polícia.

O cenário resultante é de grande preocupação para a população local e organismos internacionais. Em entrevista ao programa Newshour da BBC, Ulrika Richardson, coordenadora humanitária da ONU no Haiti, descreveu a situação no país como “extremamente preocupante e alarmante”.

Gangues exigem renúncia do primeiro-ministro

Apesar da intensificação dos ataques, as gangues não expressaram claramente suas exigências além da renúncia do primeiro-ministro Ariel Henry. O líder da gangue G9, Jimmy “Barbecue” Chérizier, ex-policial, ameaçou que, se Henry não se demitir, haverá uma “guerra civil” que pode culminar em “genocídio”.

Diante da tensão no Haiti, nações do Caribe e os EUA instaram o primeiro-ministro a tomar medidas para “finalizar um acordo político”. Irfaan Ali, presidente da Guiana e atual presidente do organismo regional Caricom, afirma que é necessário “uma solução política para âncorar quaisquer esforços de estabilização de segurança e humanitários”.

Brasil

Megaoperação em SP apreende 85 mil vapes

24.05.2024 19:25 3 minutos de leitura
Visualizar

John Textor planeja vender o time Crystal Palace

Visualizar

Prefeitura de Porto Alegre arranca comporta e usa sacos de areia para barrar enchente

Visualizar

INSS e sindicato unem forças: Novas mudanças para bancários

Visualizar

Deslizamento catastrófico em Papua-Nova Guiné

Visualizar

A. Soares na Crusoé: O espanto das esquerdas ao encontrar alguém que não são eles

Visualizar

Tags relacionadas

gangues incêndio a delegacias tensão no Haiti
< Notícia Anterior

Concurso Câmara de Valinhos oferece mais de 500 vagas! Salário de até R$ 13 mil!

07.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Abin paralela: dois parágrafos para Moraes e Gilmar

07.03.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Deslizamento catastrófico em Papua-Nova Guiné

Deslizamento catastrófico em Papua-Nova Guiné

24.05.2024 18:59 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
EUA restringem importação da Austrália por gripe aviária

EUA restringem importação da Austrália por gripe aviária

24.05.2024 18:39 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Coreia do Sul e Japão sancionam Rússia e Coreia do Norte

Coreia do Sul e Japão sancionam Rússia e Coreia do Norte

24.05.2024 18:33 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Entenda a exclusão de Taiwan na reunião da OMS

Entenda a exclusão de Taiwan na reunião da OMS

24.05.2024 18:23 3 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.