O Antagonista

Hezbollah dispara cerca de 40 foguetes contra Israel

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 13.06.2024 12:31 comentários
Mundo

Hezbollah dispara cerca de 40 foguetes contra Israel

Vários projéteis foram interceptados pelo sistema de defesa aéreo israelense, mas alguns caíram e provocaram incêndios; duas pessoas ficaram feridas

avatar
Redação O Antagonista
3 minutos de leitura 13.06.2024 12:31 comentários 0
Hezbollah dispara cerca de 40 foguetes contra Israel
Reprodução

O Hezbollah disparou nesta quinta-feira, 13, aproximadamente 40 foguetes em direção a Israel, indicando uma nova escalada da violência na fronteira com o Líbano.

Segundo as Forças de Defesa de Israel, vários projéteis foram interceptados pelo sistema de defesa aéreo israelense, mas alguns caíram na Alta Galileia e nas Colinas de Golã, provocando incêndios.

Pelo menos duas pessoas ficaram feridas.

Além disso, foram identificados cinco “alvos aéreos suspeitos” (drones), dos quais três foram interceptados.

Israel está pronto para “remover a ameaça do Hezbollah”

Em vídeo publicado nas redes sociais, o porta-voz das Forças de Defesa de Israel nascido no Brasil, Rafael Rozenszajn, disse que as tropas israelenses estão prontas para remover a ameaça do Hezbollah, que lançou mais de 5 mil projéteis desde 7 outubro, da fronteira.

“As Forças de Defesa de Israel estão operando para defender a nossa fronteira e garantir que o Hezbollah não possa mais representar uma ameaça aos lares e famílias israelenses. O Hezbollah é uma ameaça não somente para Israel e para o Líbano, mas para todo o Oriente Médio”, afirmou.

“Israel está aberto a uma resolução diplomática que permitirá aos residentes do norte regressas às suas casas em paz e segurança. Mas se os esforços diplomáticos falharem, estaremos prontos para agir militarmente a fim de remover a ameaça do Hezbollah à nossa fronteira. Nós não podemos tolerar uma realidade em que os residentes do norte de Israel não se sintam seguros nas suas próprias casas. A realidade da segurança vai ter que mudar”, acrescentou.

O Irã também responsável

Israel afirmou na quinta que o Hezbollah, o Irã e o governo do Líbano têm “total responsabilidade” pela escalada da violência no norte do país.

“O Líbano e o Hezbollah, sob a orientação do Irã, assumem total responsabilidade pela deterioração da situação de segurança no norte”, disse o porta-voz do governo David Mencer.

“Seja através de esforços diplomáticos – ou de outra forma – Israel irá restaurar a segurança na nossa fronteira norte”, acrescentou.

Comandante do Hezbollah é eliminado

A intensificação dos ataques do Hezbollah acontecem após as Forças Aéreas israelenses eliminarem Sami Taleb Abdullah, comandante da Unidade Nasr do Hezbollah.

“Isto fez parte de um ataque a um centro de comando e controle do Hezbollah na área de Jouaiyya, no sul do Líbano, que foi usado para dirigir ataques terroristas contra Israel a partir do sudeste do Líbano nos últimos meses”, informaram as FDI.

“Abdullah foi um dos comandantes mais graduados do Hezbollah no sul do Líbano, que planejou, promoveu e executou um grande número de ataques terroristas contra civis israelenses. Três agentes terroristas adicionais do Hezbollah também foram eliminados no ataque”, completaram.

Mais Lidas

1

FBI identifica atirador de 20 anos que tentou matar Trump

Visualizar notícia
2

Thomas Matthew Crooks: quem era o atirador que tentou matar Trump

Visualizar notícia
3

Xi Jinping manifesta “compaixão” a Trump após atentado

Visualizar notícia
4

“Nunca a violência deveria prevalecer”, diz Zelensky sobre atentado a Trump

Visualizar notícia
5

“Estou horrorizado”, diz premiê britânico sobre atentado a Trump

Visualizar notícia

Tags relacionadas

Forças de Defesa de Israel Hezbollah
< Notícia Anterior

INTERNACIONAL X SÃO PAULO: confira os horários e onde assistir ao Brasileirão

13.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Compensação da desoneração pode custar até R$ 17 bilhões

13.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Os presidentes dos EUA que já foram alvos de ataques

Os presidentes dos EUA que já foram alvos de ataques

14.07.2024 08:41 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
“Estou horrorizado”, diz premiê britânico sobre atentado a Trump

“Estou horrorizado”, diz premiê britânico sobre atentado a Trump

14.07.2024 08:30 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Chevrolet investe em novo estilo para família Onix

Chevrolet investe em novo estilo para família Onix

14.07.2024 08:30 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Thomas Matthew Crooks: quem era o atirador que tentou matar Trump

Thomas Matthew Crooks: quem era o atirador que tentou matar Trump

14.07.2024 08:14 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.