O Antagonista

EUA provoca a China ao apoiar Dalai Lama

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 19.06.2024 10:44 comentários
Mundo

EUA provoca a China ao apoiar Dalai Lama

A sucessão do Dalai Lama se torna uma arma nos jogos entre EUA e China. Parlamentares americanos desafiam Pequim ao apoiar o líder tibetano

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 19.06.2024 10:44 comentários 0
EUA provoca a China ao apoiar Dalai Lama
Foto: Luca Galuzzi via Wikimedia Commons

Em uma reunião recente na Índia, um grupo de parlamentares dos EUA expressou firme apoio ao Dalai Lama, afirmando que não permitirão interferência da China na seleção de seu sucessor. Este encontro aconteceu em meio a tentativas de estabilizar as delicadas relações entre Washington e Pequim.

A discussão sobre o sucessor do líder espiritual tibetano surge em um contexto de disputas e tensões. O Dalai Lama, que atualmente tem 88 anos, mantém-se firme em sua postura contra o domínio chinês, apesar dos crescentes desafios à sua saúde. Esta semana, ele viajará para os Estados Unidos para tratamento médico, elevando as discussões sobre sua sucessão.

Por que a escolha do sucessor do Dalai Lama é um ponto de controvérsia internacional?

O Dalai Lama, exilado desde 1959 após um levante fracassado contra o domínio chinês no Tibete, é um símbolo de resistência e espiritualidade. Sua reencarnação, de acordo com as tradições tibetanas, é um evento espiritual, mas Pequim insiste em participar dessa escolha, o que é visto como uma tentativa de consolidar seu controle sobre o Tibete.

Compromisso dos EUA com o Tibete

O líder do grupo parlamentar, Michael McCaul, reiterou o apoio dos EUA ao povo tibetano durante uma recepção pública após a reunião. Ele destacou que um novo projeto de lei em apoio ao Tibete será assinado em breve pelo presidente Joe Biden, marcando uma posição desafiadora perante as pressões chinesas.

As implicações globais da questão tibetana

As implicações da questão tibetana são extensas, afetando não apenas as relações sino-americanas, mas também os equilíbrios regionais na Ásia. A Índia, hospedando o Dalai Lama e seus seguidores, encontra-se em uma posição delicada, pressionada entre suas próprias disputas com a China e o apoio tradicional ao líder tibetano.

Acompanhando de perto os eventos relacionados ao Tibete, o envolvimento da comunidade internacional e especialmente dos EUA pode ser determinante para assegurar que a escolha do próximo Dalai Lama ocorra de forma livre e respeitosa às tradições tibetanas, sem a influência externa de poderes que visam a subjugação política e religiosa do Tibete.

Mais Lidas

1

Astro de Hollywood cancela turnê após "piada" sobre atentado a Trump

Visualizar notícia
2

"Tiros mostram qual é a alternativa à democracia constitucional"

Visualizar notícia
3

PT não acredita que Trump sofreu um atentado?

Visualizar notícia
4

Exclusivo: Após lobby, clã Bolsonaro cria ‘startup’ para explorar grafeno

Visualizar notícia
5

Janones promete seguir "chafurdando na lama"

Visualizar notícia
6

A receita para denunciar desafetos do STF

Visualizar notícia
7

China bane maior aplicativo católico do mundo

Visualizar notícia
8

Mercado repercute Lula e Trump

Visualizar notícia
9

Human Rights Watch finalmente reconhece centenas de crimes de guerra do Hamas

Visualizar notícia
10

Temperaturas vão subir em pleno inverno

Visualizar notícia

Tags relacionadas

China Dalai Lama EUA Pequim
< Notícia Anterior

Foton Tunland V7 e V9 chega no mercado como as primeiras picapes híbridas a diesel

19.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

INTERNACIONAL X CORINTHIANS: confira os horários e onde assistir ao Brasileirão

19.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

Suas redes

Instagram

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (0)

Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Chefe de segurança de Corina Machado é detido pela ditadura

Chefe de segurança de Corina Machado é detido pela ditadura

17.07.2024 13:17 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Serviço Secreto identificou o atirador três horas antes do atentado

Serviço Secreto identificou o atirador três horas antes do atentado

Alexandre Borges
17.07.2024 12:59 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Courtney Henning se apaixona novamente pela literatura brasileira

Courtney Henning se apaixona novamente pela literatura brasileira

17.07.2024 12:52 3 minutos de leitura
Visualizar notícia
Crusoé: As razões para Musk mudar o X e a SpaceX para o Texas

Crusoé: As razões para Musk mudar o X e a SpaceX para o Texas

17.07.2024 12:39 2 minutos de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.