O Antagonista

Estudante judeu processa Universidade Livre de Berlim

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 25.06.2024 14:55 comentários
Mundo

Estudante judeu processa Universidade Livre de Berlim

A Universidade “não tomou medidas adequadas para prevenir ou eliminar estruturalmente a discriminação antissemita contra o demandante, nem contra outros estudantes judeus”, diz a acusação

avatar
Redação O Antagonista
2 minutos de leitura 25.06.2024 14:55 comentários 2
Estudante judeu processa Universidade Livre de Berlim
Reprodução

Cerca de quatro meses após um ataque antissemita contra ele, o estudante Lahav Shapira entrou com uma ação no Tribunal Administrativo de Berlim contra a Universidade Livre de Berlim.

A universidade permitiu que “a linguagem antissemita se materializasse em ações”, afirma a denúncia. O tribunal confirmou o recebimento da ação mediante solicitação.

O demandante, então com 30 anos, foi atacado no início de fevereiro por um colega estudante sete anos mais novo. Depois de levar socos e chutes, Shapira foi levado ao hospital com ossos quebrados no rosto.

A acusação afirma que a Universidade Livre “não tomou medidas adequadas para prevenir ou eliminar estruturalmente a discriminação antissemita contra o demandante, nem contra outros estudantes judeus”.

Segundo o demandante, a universidade tolerou por muito tempo o sentimento antissemita que levou ao ataque e não cumpriu com seu dever de de garantir um ambiente não discriminatório.

O demandante refere-se à Lei do Ensino Superior de Berlim, que obriga as universidades a prevenir a discriminação, especialmente no que diz respeito à discriminação contra judeus.

A agência policial de segurança do Estado iniciou uma investigação sobre o agressor do aluno judeu, que teria estado anteriormente envolvido na ocupação de um auditório por ativistas pró-palestinos. A universidade o proibiu de entrar no prédio.

Antissemitismo na Alemanha

Ameaças, danos materiais, violência extrema: desde 7 de outubro de 2023 foram registados significativamente mais casos de antissemitismo na Alemanha.

Muitos judeus na Alemanha estão se perguntando novamente “se uma vida livre e segura como judeus na Alemanha será possível no futuro”, diz Daniel Botmann, diretor-gerente do Conselho Central dos Judeus na Alemanha.

O Conselho Central sabe, através de pesquisas nas comunidades judaicas, que muitos dos seus membros têm agora medo de serem reconhecidos como judeus em público. É por isso que menos pessoas participam de eventos comunitários do que antes.

O relatório anual de 2023 da Associação Federal de Centros de Pesquisa e Informação sobre Antissemitismo (Associação Federal RIAS) deixa clara a dimensão do ódio aos judeus. Os especialistas relatam um aumento de mais de 80% nos incidentes antijudaicos em 2023. 4.782 incidentes. Nunca antes a associação federal, fundada em 2018, havia registrado um número semelhante. O “ativismo anti-Israel” é visto como pano de fundo para incidentes antissemitas.

Mais Lidas

1

Trump é retirado de comício após barulhos de supostos tiros

Visualizar notícia
2

Economista alemão critica ajuda financeira de Lula e Bolsonaro a Putin

Visualizar notícia
3

Trump desafia Biden a fazer exame cognitivo

Visualizar notícia
4

Prefeito de Curitiba critica Bolsonaro em cerimônia de homenagem a Doria

Visualizar notícia
5

Bolsonaro mantém agenda com Ramagem no Rio

Visualizar notícia
6

"Nos vemos na posse", diz Bolsonaro em mensagem sobre Trump

Visualizar notícia
7

Elon Musk manifesta apoio a Trump após disparos

Visualizar notícia
8

Serviço secreto dos EUA: “Trump está seguro”

Visualizar notícia

Tags relacionadas

Alemanha antissemitismo
< Notícia Anterior

Corinthians encaminha contratação de Hugo Souza, goleiro do Flamengo

25.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
Próxima notícia >

Governo adia Plano Safra; Frente do Agro não perdoa

25.06.2024 00:00 4 minutos de leitura
avatar

Redação O Antagonista

O Antagonista é um dos principais sites jornalísticos de informação e análise sobre política do Brasil. Sua equipe é composta por jornalistas profissionais, empenhados na divulgação de fatos de interesse público devidamente verificados e no combate às fake news.

Suas redes

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade pelo conteúdo postado é do autor da mensagem.

Comentários (2)

ADONIS SINICIO JUNIOR

2024-06-25 17:12:32

Por onde anda Hitler? Há muita gente criminosa à procura de um líder.


Marcelo Augusto Monteiro Ferraz

2024-06-25 16:43:00

As lições do holocausto não estão sendo suficientes junto às novas gerações, e logo na Alemanha, o país que sediou essa barbárie??!!


Torne-se um assinante para comentar

Notícias relacionadas

Serviço secreto dos EUA: “Trump está seguro”

Serviço secreto dos EUA: “Trump está seguro”

13.07.2024 20:21 1 minuto de leitura
Visualizar notícia
"Nos vemos na posse", diz Bolsonaro em mensagem sobre Trump

"Nos vemos na posse", diz Bolsonaro em mensagem sobre Trump

13.07.2024 20:14 2 minutos de leitura
Visualizar notícia
Turismo de Massa: o que é e os problemas que ele implica

Turismo de Massa: o que é e os problemas que ele implica

13.07.2024 20:08 4 minutos de leitura
Visualizar notícia
Elon Musk manifesta apoio a Trump após disparos

Elon Musk manifesta apoio a Trump após disparos

13.07.2024 20:06 1 minuto de leitura
Visualizar notícia

Seja nosso assinante

E tenha acesso exclusivo aos nossos conteúdos

Apoie o jornalismo independente. Assine O Antagonista e a Revista Crusoé.